Década da Ciência Oceânica: DIÁRIO participa e divulga iniciativas sustentáveis

Neste ano de 2021 tem início a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas a fim de cumprir um dos compromissos firmados na Agenda 2030, com foco no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 14.

REDAÇÃO DO DIÁRIO


Até 2030, diversos países pretendem unir esforços para colocar em prática ações que realcem a importância do oceano para a sociedade e contribuam com a saúde do ambiente costeiro-marinho. Embora muitas ações de proteção possam e devam ser feitas em nível global, uma vez que existe um único oceano que conecta todos os continentes, outras medidas podem ser feitas em nível local, a partir de boas ações realizadas por qualquer pessoa e por empresas. O DIÁRIO mapeou algumas empresas de turismo e hotelaria no Brasil e no mundo e divulga aqui suas principais ações. A primeira empresa ouvida é o grupo espanhol Iberostar onde entrevistamos Julieta Ruiz, coordenadora de Sustentabilidade para as Américas. Acompanhe:

DIÁRIO – Julieta, de que forma o grupo Iberostar participa da proteção dos oceanos?

JULIETA RUIZ: Através do movimento “Onda de Mudança”, desde 2017 a rede atua em três pilares principais nos destinos onde atua: redução de plásticos de uso único; consumo responsável de peixes e mariscos; saúde costeira.

DIÁRIO – Pode especificar algum destino especificamente, dando exemplos?

JULIETA RUIZ: A eliminação de plásticos de uso único já é uma realidade em todos os quartos dos hotéis, através da mudança de embalagens de amenidades e substituição de garrafas PET por vidro, além da instalação de filtros de água em pontos estratégicos.

Estima-se termos evitado o uso de mais de 600 toneladas de plástico na rede devido a estas ações. Quanto ao consumo de peixes e mariscos, a oferta gastronômica dos restaurantes internos obedece aos períodos de defeso das espécies locais. Se eliminaram do portfólio global todas as espécies que apareciam nas listas vermelhas (ameaçadas de extinção), correspondendo a 2,5% do volume total de consumo de pescados e mariscos. Para colaborar com a Saúde Costeira, foram retirados todos os filtros solares cuja composição continha substâncias prejudiciais aos corais.

DIÁRIO – Como tem sido a participação de hóspedes, população e colaboradores?

JULIETA RUIZ: Através de campanhas de sensibilização ambiental e de placas indicativas, hóspedes e colaboradores são convidados a participar de atividades como a Hora do Planeta, Dia dos Oceanos, Dia Mundial do Meio Ambiente, dentre outras. Anualmente realizamos uma campanha de limpeza de praias, com a participação da comunidade. Estudantes participam do Projeto Calendário, onde são tratados temas relacionados à importância dos Oceanos.

Julieta Ruiz coordena os assuntos de sustentabilidade em todas as unidades do Iberostar nas Américas

DIÁRIO – Qual objetivo final do projeto ?

JULIETA RUIZ: O primeiro é dizer que Wave of Change não é um projeto e nosso compromisso permanente para liderar um turismo responsável. O Objetivo WOC é contribuir para a proteção dos oceanos, com os projetos de restauração de recifes de corais, manguezais e pastos marinhos, que no momento estão em andamento na República Dominicana, México e Jamaica. Através da Cátedra Iberostar do Mar, um convênio entre a Universidade das Ilhas Baleares e o Iberostar, 10 bolsas de estudos são proporcionadas a estudantes de pós-graduação para o aprofundamento científico em biologia marinha.

A empresa recrutou a Dra Megan Morikawa, bióloga marinha formada pela Universidade de Stanford, com o objetivo de desenvolver estudos sobre a resiliência de ecossistemas marinhos. Atualmente a Dra. Megan ocupa o cargo de Direção do Departamento de Sustentabilidade da companhia, e juntamente com a Presidência e equipe de Sustentabilidade, desenvolve projetos que vêm sendo difundidos nos mais de 120 hotéis da rede pelo mundo. A médio prazo, a rede pretende eliminar a destinação de resíduos a aterros sanitários até 2025, e zerar as emissões de carbono até 2030.

Por ser uma rede onde 80% dos hotéis encontram-se no litoral, a parceria do Iberostar e a conservação marinha é vital para a continuidade do negócio e consolidação de um turismo responsável e comprometido com alguns dos destinos mais belos do mundo.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Empresa de Silvio Santos paga IPTU atrasado de hotel após cobrança da prefeitura

    O empresário e apresentador de TV Silvio Santos, ao tomar conhecimento do assunto relacionado ao IPTU do Hotel Jequitimar/Guarujá, determinou que fosse realizado, de...

    Presidente do Visit Iguassu é contra medidas restritivas em Foz do Iguaçu

    O presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez, é contra as medidas restritivas impostas pelo governo do Estado do Paraná para conter a onda de...

    Duas dezenas de elefantes são afastados dos passeios de Forte Amer, na Índia

    Depois de anos de campanha, a Proteção Animal Mundial comemora o afastamento de elefantes que serviam para transportar turistas até o forte Amer, na...

    Transamerica São Paulo retoma feijoada aos sábados com rígidos protocolos

    Uma das tradições gastronômicas do Hotel Transamerica São Paulo é a feijoada realizada aos sábados. Preparada pelo chef Danilo Brasil, a tradição será retomada...

    Edgony Bezerra: ‘Mulheres que escrevem o turismo do Brasil’

    Conheci Edgony Bezerra em uma coletiva de imprensa, no Riocentro, em uma feira da Associação Brasileira das Agências de Viagens - ABAV-, no Rio...

    Accor aposta em Barretos e anuncia o 1º ibis Styles na cidade

    A Accor acaba de adicionar mais um hotel ao seu portfólio com a assinatura do ibis Styles Barretos, uma parceria com a Construtora Souza...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Open chat