Galeão realiza terceiro teste de acessibilidade antes de Paralimpíadas

(Edição do DT com agências)

O RIOgaleão realizou na terça-feira (14), o terceiro simulado de acessibilidade para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. Com o objetivo de assegurar a preparação do aeroporto para os dias de embarque e desembarque de atletas com deficiência, o teste reuniu 23 voluntários cegos e em cadeiras de rodas. Estiveram presentes representantes de entidades como Rio 2016, Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Secretaria de Aviação Civil (SAC) e Ministério da Justiça e Cidadania, além de integrantes de diversas companhias aéreas e da concessionária.

O evento possibilitou medir, mais uma vez, o tempo de embarque e desembarque dos passageiros desde o check-in até a entrada e saída da aeronave. Para a simulação, foram utilizadas ilhas de check-in e uma aeronave da companhia Air France, e integrantes de diversas companhias aéreas ajudaram nos trâmites entre a entrada no saguão e o embarque no avião, bem como no desembarque e saída.

“Quando começamos a realizar esses testes, em junho do ano passado, tínhamos um desafio muito maior pela frente. Hoje, podemos perceber que todos já estão cada dia mais familiarizados com os procedimentos, o que nos garante que os atletas que embarcarem ou desembarcarem no RIOgaleão terão um atendimento à altura do que eles esperam e precisam”, afirma Herlichy Bastos, diretor de operações da concessionária.

O investimento total nos projetos de acessibilidade do RIOgaleão é de R$ 5,5 milhões. Logo ao assumir a administração do Aeroporto Internacional Tom Jobim, em agosto de 2014, o RIOgaleão realizou um diagnóstico detalhado para identificar e melhorar o acesso de pessoas com deficiência em toda estrutura aeroportuária. Até as Olimpíadas, o aeroporto contará com mais elevadores com corrimãos, rampas de acesso, novas pontes de embarque climatizadas, pisos táteis de alerta nas rampas, nos elevadores e pelos terminais, assim como placas de braile, textos em relevo, pictogramas e avisos sonoros, dentre outras intervenções para atender aos quesitos de acessibilidade.

O RIOgaleão conta com equipes capacitadas para se comunicar e atender passageiros com necessidades especiais, incluindo comunicação em Libras, dois ambulifts, além de cadeiras de rodas.

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Alemanha e França preparam novos bloqueios enquanto COVID varre a Europa

BERLIM / PARIS (Reuters) - A Alemanha e a França se preparam para anunciar restrições que se aproximam do lockdown considerando as mortes de...

CEO da Buser fala ao DIÁRIO sobre ato contra Artesp e o futuro da startup

Empresas de fretamento de viagens de ônibus farão uma manifestação nesta quarta-feira (28), às 11h, em frente ao Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo,...

A viagem e o viajar na obra de Guimarães Rosa

(por Sylvia Leite – autora do blog ‘lugares de memória’*) No dia 19 de maio de 1952, o escritor Guimarães Rosa, ainda no início da...

Turismo Ético e Sustentável na Amazônia – por Joaquim Magno de Souza*

Falar de ética e sustentabilidade para quem opera na maior e mais complexa área de selva, a nossa Amazônia brasileira, pode até parecer fácil,...

Mal conservado e em dificuldades financeiras Fundo Financeiro requer falência da Braston Hotéis

O Summit Fundo de Investimento em Direitos Creditórios - Vara/Comarca: 1a Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo/SP requereu na última semana...

RECEPT, Associação Brasileira de Turismo Receptivo é lançada

Ser uma Entidade reconhecida por fomentar a excelência das empresas de Turismo Receptivo do Brasil. Esse é o principal objetivo da RECEPT, Associação Brasileira de...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat