Jujuy é a nova aposta do turismo argentino

RETRÔ 2018 – publicado dia 8 de janeiro

O voo funcionará até dia 24 de fevereiro com possibilidade de manter-se regular

Por Paulo Atzingen*

O voo inaugural para a província de Jujuy (pronuncia-se Rurrui) ao norte da Argentina  que aconteceu no último sábado (6) foi recheado de surpresas, em sua maioria agradáveis. A aposta no destino,  inicialmente, é a partir da união de forças de três províncias regionais (Jujuy, Salta e Tucumán) e do governo federal da Argentina, que subsidiarão por dois meses o  voo semanal, que partirá de Guarulhos (SP) direto para Jujuy, em aeronaves Boeing 737-800 da Aerolíneas Argentinas. O voo funcionará até dia 24 de fevereiro com possibilidade de manter-se regular.

“Trata-se de uma grande aposta no destino realizado por empresas e instituições que descobriram o potencial da região, além do cultura do tabaco e da mineração”, afirmou Bebe Badino, Ceo da VidaLatam, empresa responsável pela promoção de alguns destinos da Argentina.

governador da província de Jujuy, Gerardo Morales: "São Paulo é porta para o mundo" (Crédito: Paulo Atzingen)
Governador da Província de Jujuy, Gerardo Morales: “São Paulo é porta para o mundo” (Crédito: Paulo Atzingen)

Patrimônio Cultural

De acordo com o governador da província de Jujuy, Gerardo Morales, em entrevista exclusiva ao DIÁRIO, a ideia de implantar essa conexão direta – o voo dura em média três horas e ocorre  aos sábados – é fundamental para o turismo da região, considerando que São Paulo é a porta para o mundo. “Aqui temos um Patrimônio Cultural da Humanidade (se referindo ao Vale de Humahuaca), uma cultura reconhecida como autóctone, uma grande conexão com o norte do Chile, com a Bolívia e somos a província mais andina da Argentina, tudo e muito mais interessa aos brasileiros”, afirmou o governador.

Equipe de operadores da Interpoint participaram do voo inaugural (Crédito: Paulo Atzingen)
Equipe de operadores da Interpoint participaram do voo inaugural (Crédito: Paulo Atzingen)

Subsídio

Morales acrescentou que seu governo com participação das províncias (não especificou as cotas) fará o subsídio do voo pelo menos nos dois primeiros meses (janeiro e fevereiro). “Estamos apoiando os primeiros voos para instalar o destino. A ideia é fazer um acerto periódico, já que nos parece que contatar com São Paulo é contatar o mundo. A região de São Paulo (se referindo ao estado) é uma porta dos 50% dos turistas que chegam a Argentina”, frisou. O DIÁRIO apurou que o custo inicial de cada voo de ida e volta sai por US$ 60 mil. Todos os voos estão garantidos até o fim de fevereiro.

Fábio Vazzi: "Nosso trabalho agora é ver como o mercado vai reagir" (Crédito: Paulo Atzingen)
Fábio Vazzi: “Nosso trabalho agora é ver como o mercado vai reagir” (Crédito: Paulo Atzingen)

Operadores de viagem

A organização do voo inaugural (leia-se Aerolíneas Argentinas e Nina Marciano Comunicação) convidou 16 operadoras e 15 jornalistas para participarem e conhecerem o novo destino argentino. O DIÁRIO conversou com Fábio Vazzi, especialista em grupos da operadora Soul Travel. “Me surpreendi com o lugar, muito bonito, para perfil de passageiro que gosta de cultura, de ecoturismo e aventura com natureza. Dá para casar o próprio destino com outros destinos próximos, como Bolívia, Chile, destinos mais consagrados como Atacama. Só o tempo vai dizer”, afirmou ao DIÁRIO. Vazzi citou Bariloche, Patagônia e Buenos Aires como destinos consagrados e muito conhecidos pelos brasileiros e lamentou que até agora poucos conhecem Jujuy. “Nosso trabalho agora é ver como o mercado vai reagir. E depois ver o retorno e ver o que o pessoal está achando, o que podemos melhorar. O importante é começar”, afirmou.

Com seu olho clínico de agente e  operador de viagens, Vazzi arriscou dizer que o destino é ideal para amigos, casais, e para grupos de incentivo de empresas.  “Não vi crianças”, disse. As operadoras convidadas foram: Ancoradouro, Ambiental, Agaxtur, BWT, CVC, Flot, Flytour, Interpoint, MMTGapnet, New Age, Soultraveler, TGK, Uneworld, Venturas, Visual e Ylha Bela Operadora.

Serviço de imigração: apenas dois agentes federais no atendimento (Crédito: Paulo Atzingen)
Serviço de imigração: apenas dois agentes federais no atendimento (Crédito: Paulo Atzingen)

Estrutura

No pouco tempo em território argentino – apenas oito horas –  foi possível verificar a grande vontade de seus dirigentes em implantar no local um nova forma de produção para o aumento do emprego e da renda de sua população.  Os voos regulares que já existem via Aerolíneas Argentinas partem de Buenos Aires, Cordoba e Mendoza caracterizando um turismo essencialmente interno. As estradas são boas, a população é receptiva, a gastronomia é saborosa com pratos genuínos e existe uma gama de atividades relacionadas ao receptivo.

Com essa primeira aposta internacional é urgente e necessário a ampliação dos serviços do aeroporto. Atualmente o serviço de imigração (verificar e escanear passaporte, carimbar, fotografar e pegar a impressão digital do turista) é feito por apenas dois agentes federais do país. Atender aeronaves como o Boeing 737-800, com capacidade máxima para até 189 passageiros pode tornar a experiência desalentadora, tanto na chegada, como na saída.

Potencial

A província de Jujuy está encravada entre a Cordilheira dos Andes que tem por trás o Chile e no lado leste e nordeste, a Bolívia. Amantes de turismo de aventura como cavalgadas, trekking e escaladas, turismo cultural e histórico encontram aqui um paraíso de possibilidades.  “Estamos nos organizando. Temos uma boa gastronomia, ótimos hotéis regionais, cerca de 60 de até quatro estrelas, um calendário repleto de festejos culturais. E tudo isso pode ser vivenciado por meio de nossas operadoras receptivas”, afirmou ao DIÁRIO Inês Graciela Millán,  presidente da Câmara de Turismo de Jujuy.

PAULO ATZINGEN 160mesmo*O jornalista Paulo Atzingen viajou a Jujuy a convite da Secretaria de Turismo do Município de Jujuy

 

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Delta Air Lines anuncia os resultados financeiros do segundo trimestre

A Delta Air Lines (NYSE: DAL) divulgou nesta terça-feira (14) os resultados financeiros do segundo trimestre de 2020 e destacou sua resposta contínua à...

Hoteleiros questionam altas cifras do Ecad em tempos de pandemia

Pleito antigo da hotelaria, a revisão das cobranças das altas taxas do Ecad ganhou destaque na agenda de debates da hotelaria em tempos de...

Organização Mundial de Enoturismo é criada com sede na Espanha

REDAÇÃO E TRADUÇÃO DO DIÁRIO com agências internacionais Acaba de ser anunciada na Espanha a criação da Organização Mundial de Enoturismo (GWTO) que nasce junto...

Accor anuncia Romulo Silva como novo diretor de Desenvolvimento para Franquias

A Accor acaba de anunciar Romulo Silva como novo diretor de Desenvolvimento para Franquias Accor Brasil. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O executivo, que teve importante...

Movimento de Viracopos (SP) apresenta recuperação gradual em junho

A recuperação no setor de passageiros apresenta tendência de crescimento após uma queda brusca registrada a partir de março EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Em nota,...

Califórnia retrocede na reabertura com expansão do coronavírus nos EUA

SACRAMENTO, Estados Unidos (Reuters) - O governador da Califórnia decretou nesta segunda-feira um recuo no plano de reabertura da economia do Estado norte-americano, após...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias