Livro conta história da lei que transformou as relações de consumo no Brasil

Há 30 anos, quando entrou em vigor o Código de Defesa do Consumidor (CDC), ou lei nº 8.078, o Brasil vivia um momento de acelerada transição. Depois de consolidar o novo regime democrático, o país passava por grandes mudanças econômicas, como as privatizações e a abertura às importações. Esse contexto, além do amadurecimento das empresas e da sociedade, gerou as condições para a formulação de um código moderno e eficaz para regular as relações entre cidadãos e companhias sob a mediação do poder público.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


Nestas três décadas de vigência, o CDC desenvolveu a consciência dos consumidores e elevou os padrões de qualidade de pequenas e grandes organizações, não sem gerar resistências em setores reativos à modernização dos mercados de serviços e bens de consumo.

Com ampla experiência no tema, a advogada e sócia do escritório PG Advogados, Ellen Cristina Gonçalves Pires, comemora os 30 anos do CDC com o lançamento do livro “Uma lei para todos”, no qual explica seus princípios básicos e revisita os principais aspectos dessa norma. Além de uma coleção de dados históricos, a obra reúne entrevistas com acadêmicos, advogados, representantes de empresas e lideranças do setor público.

Ellen foi testemunha do impacto que a legislação causou no país e atendeu dezenas de companhias que se adaptaram ao longo dos últimos anos para atender às exigências do CDC. No livro, reconstrói o percurso da formulação e da aplicação da lei, contando os bastidores das batalhas travadas por consumidores, empresas e poder público até que fosse possível construir uma relação mais harmônica com diálogo entre as partes.

A autora também explora temas atuais, como a nova Lei Geral de Proteção de Dados, o consumo na era dos aplicativos de serviços e as transformações das relações de consumo pós-pandemia. São novas questões que despontam no horizonte e levantam dúvidas sobre a capacidade de um código criado na década de 1990 seguir relevante nesse novo contexto. Para Ellen, a natureza principiológica continua fazendo do CDC uma legislação atual e um dos documentos mais importantes para o convívio social no Brasil, o que não significa que há avanços a serem discutidos.

Em comemoração ao lançamento do seu novo livro, Ellen Gonçalves estará na próxima quinta-feira, dia 10 de dezembro, às 19h30, reunida com quatro Autoridades em Direito do Consumidor que participaram ativamente dessa história e contribuíram com depoimentos para o livro. Entre eles, André Luiz Lopes dos Santos, ex-diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e professor universitário; José Geraldo Brito Filomeno, advogado, consultor jurídico, professor de Direito e ex-Procurador Geral de Justiça do Estado de São Paulo;  Juliana Pereira, Presidente do IPS Consumo e ex-Secretária da SENACON e Ricardo Morishita Wada, advogado, consultor e professor de Direito do Consumidor na Escola de Direito de Brasília.

O bate-papo será aberto ao público com acesso gratuito. Para participar basta acessar o link https://bit.ly/37AM740.  

O livro “Uma Lei Para Todos” já está disponível em formato e-book da Amazon:  https://amzn.to/3n1idMQ


Live de lançamento do livro “Uma Lei para Todos”

Dia: 10 de dezembro

Horário: 19h30

Link:  https://bit.ly/37AM740


Ellen Gonçalves é sócia-fundadora de PG Advogados e reconhecida na área do Direito do Consumidor. Graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Processo Civil pelo Centro de Extensão Universitária – CEU e Administração Legal para Advogados pela Fundação Getulio Vargas (FGV), LLM em Direito Empresarial pelo IBMEC e Mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Elevada experiência na área de implantação de estratégias preventivas e de encerramento de contencioso e redução de custo financeiro com a aplicação de tecnologia. Responsável pela área estratégica do escritório e pela atuação em Ações Coletivas, Inquéritos Civis e demandas cíveis de alta complexidade. Advogada mais admirada pelo Anuário Advocacia por oito vezes.
Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Empresa de Silvio Santos paga IPTU atrasado de hotel após cobrança da prefeitura

    O empresário e apresentador de TV Silvio Santos, ao tomar conhecimento do assunto relacionado ao IPTU do Hotel Jequitimar/Guarujá, determinou que fosse realizado, de...

    Presidente do Visit Iguassu é contra medidas restritivas em Foz do Iguaçu

    O presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez, é contra as medidas restritivas impostas pelo governo do Estado do Paraná para conter a onda de...

    Duas dezenas de elefantes são afastados dos passeios de Forte Amer, na Índia

    Depois de anos de campanha, a Proteção Animal Mundial comemora o afastamento de elefantes que serviam para transportar turistas até o forte Amer, na...

    Transamerica São Paulo retoma feijoada aos sábados com rígidos protocolos

    Uma das tradições gastronômicas do Hotel Transamerica São Paulo é a feijoada realizada aos sábados. Preparada pelo chef Danilo Brasil, a tradição será retomada...

    Edgony Bezerra: ‘Mulheres que escrevem o turismo do Brasil’

    Conheci Edgony Bezerra em uma coletiva de imprensa, no Riocentro, em uma feira da Associação Brasileira das Agências de Viagens - ABAV-, no Rio...

    Accor aposta em Barretos e anuncia o 1º ibis Styles na cidade

    A Accor acaba de adicionar mais um hotel ao seu portfólio com a assinatura do ibis Styles Barretos, uma parceria com a Construtora Souza...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Open chat