Lufthansa investe em aumento de capital: 2,14 bilhões de euros

 A maior companhia aérea europeia, a Lufthansa, vai aumentar o capital em 2,14 bilhões de euros

Edição DIÁRIO com agências


O objetivo é captar financiamento junto aos acionistas para reforçar o balanço e antecipar o reembolso ao Estado do resgate que recebeu durante a crise pandêmica.
Parte deste valor será utilizado para reembolsar a Participação do Fundo de Estabilização Econômica da Alemanha, no valor de 1,5 bilhões, que detém anualmente quase 16% do capital social da empresa.
O CEO da Lufthansa, Carsten Spohr, destaca que o pacote de estabilização acordado com o Fundo permitiu à empresa “proteger os empregos de mais de 100 mil funcionários”, mas lembra que se sente orgulhoso pela empresa poder pagar as medidas mais rapidamente do que o esperado”.
A empresa está passando por uma reestruturação dolorosa para reduzir custos, como o corte de 30 mil postos de trabalho desde o início da pandemia e a redução da frota de 800 aviões para 650 até 2023.
A Lufthansa ainda espera operar 40% da sua capacidade pré-crise este ano.
O grupo apresentou um prejuízo líquido de 756 milhões de euros no segundo trimestre deste ano, em comparação com 1,5 Bilhões de euros no ano passado.
PC

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial