Ministério do Turismo lança 1º Desafio de Inovação em Turismo

Projetos finalistas se classificam para competição global e podem ganhar viagem a Madri. Inscrições estão abertas até 2 de setembro

Agências com EDIÇÃO DO DIÁRIO


O Ministério do Turismo (MTur) lançou, nesta quarta-feira (15.07), o 1º Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo, em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Wakalua Innovation Hub – primeiro polo global de inovação em turismo, e com a Organização Mundial do Turismo (OMT), agência da ONU dedicada ao setor. A competição inédita busca soluções para a retomada do turismo brasileiro através de projetos de base tecnológica que respondam tanto a necessidades imediatas do contexto pós-pandemia, quanto a desafios gerais do turismo brasileiro. As inscrições já estão abertas no site da competição e se encerram em 2 de setembro.

Os melhores projetos brasileiros serão classificados para as semifinais da terceira edição da UNWTO Tourism Startup Competition, desafio global promovido pela OMT em parceria com o Wakalua, e disputam uma viagem a Madri (Espanha) para um programa de treinamento e participação na FITUR 2021, a maior feira de turismo do mundo. A competição será realizada totalmente online e os detalhes sobre o evento final serão anunciados no site.

A competição é parte de uma colaboração entre MTur e Wakalua para estimular a inovação em turismo no Brasil, melhorando a competitividade do turismo brasileiro através da transformação digital de organizações públicas e privadas. O projeto prevê a instalação de um hub dedicado ao setor no país. Desde janeiro foram realizados um mapeamento do ecossistema e uma proposta de estratégia plurianual para a área, que será submetida a consulta ao setor.                                             

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destacou a importância do desafio e ressaltou o trabalho desenvolvido em parceria com a Wakalua, especialmente no processo de retomada das atividades turísticas no Brasil. “As soluções tecnológicas e de inovação serão essenciais para ajudar o setor na  retomada pós-pandemia e irão se somar às ações já desenvolvidas pelo governo federal”, disse. “Estamos certos de que o Brasil terá sucesso neste caminho”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Roberto Silva, CEO da SanchatTour: “A Copa Airlines está salvando todo o Caribe”

    Roberto Silva tem praticado a resiliência. Seja na maneira que tem reorganizado sua operadora de turismo no centro de São Paulo, cortando gastos, investindo...

    Nasa libera primeiro vídeo de pouso em Marte (assista!)

    As viagens interplanetárias estão apenas começando!  A Nasa liberou, na noite da última segunda-feira (22), os primeiros registros em áudio feitos pelo rover Perseverance, que...

    GOL continua levando vacinas para o Norte, Nordeste e Centro-Oeste

    A GOL Linhas Aéreas realiza nesta quarta-feira (24) o transporte gratuito de mais lotes de vacinas contra a Covid-19. Atendendo a mais uma solicitação...

    Aviação e Turismo da UE exigem medidas coordenadas para salvar empregos

    Os setores de aviação e a indústria do turismo reclamam da falta de alinhamento nas medidas contra o coronavírus A atual colcha de retalhos de...

    Cuba é retratada pela lente de dois grandes cineastas em documentários na MUBI

    Dois documentários em cartaz na MUBI, plataforma de streaming de filmes com curadoria, trazem visões diferentes sobre Cuba e sua rica cultura, com um intervalo...

    GRU Airport opera abaixo da capacidade e registra 46% de queda em janeiro de 2021

    A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, informa aos leitores do DIÁRIO que registrou no primeiro mês...

    Relacionadas

    Open chat