Otaviano Maroja, do Solar Porto de Galinhas e Vivá Porto de Galinhas, fala ao DIÁRIO na WTM

No 2º dia da WTM, Otaviano Maroja falou com exclusividade ao DIÁRIO sobre o primeiro evento presencial de turismo depois da pandemia e o retorno de turistas para Porto de Galinhas.

Por Caroline Figueiredo – repórter do DT


No 2º dia da WTM (World Travel Market Latin America), o DIÁRIO entrevistou com exclusividade Otaviano Maroja, diretor comercial do Vivá Porto de Galinhas e do Solar Porto de Galinhas, e perguntou à ele quais as expectativas do destino para a WTM 2022.


Muito solícito, Otaviano respondeu que há dois anos não via uma feira normal no “normal” que se conhece.

“Sobre Porto de Galinhas, a gente vai ter crescimento. O mercado nacional, a gente vê um crescimento de 10% ao ano. Foi 1% no ano passado, mas o nosso cliente se locomove mais de avião do que carro, então está excelente. Em janeiro, tivemos cancelamento de voos por motivos de gripe, COVID, e a companhia aérea vai perder um pouco, mas fevereiro e março foram meses fantásticos”, resume o hoteleiro. 

Segundo Maroja está tudo melhorando. “Comparando com 2019, a média (de ocupação e fluxo) está cada vez melhor. “Além disso, o agente de viagens está a fim de vender, o operador de viagens também, o trade está pronto, então, mão na massa”, completou.


Sobre promoções turísticas, Otaviano enfatiza: “Tem muitas. Hoje em dia, o objetivo é vender. Então, o hotel abre promoção: “7 noites, pague 6”; “compre café-da-manhã e ganhe meia pensão”; “ganhe passeio”. Há várias promoções”, finalizou Maroja.

 


Para saber mais sobre Otaviano Maroja e sobre o Solar Porto de Galinhas e o Vivá Porto de Galinhas, acesse os sites dos hotéis.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial