Airbnb cria sistema para compartilhar dados sobre o turismo local

Para auxiliar o poder público a ter uma compreensão mais aprofundada do turismo em sua região, com a prefeitura e os governos estaduais, o Airbnb criou o sistema de compartilhamento de dados sobre o turismo local.

Esse processo de comunicação entre a plataforma e os governos, que é feito de modo digital, inclui informações sobre o perfil de cada mercado.

“O Airbnb tem estabelecido parcerias com centenas de cidades, estados e países em todo o mundo, e a ideia é que possa ser cada vez mais colaborativo em destinos nacionais e internacionais”, conta Daniela Teixeira, gerente sênior de Relações Institucionais e Governamentais do Airbnb no Brasil.

Não há dispêndio de recursos financeiros nessas parcerias, nem por parte do Airbnb nem do poder público, apenas o compartilhamento de informações agregadas que são de grande valia para a identificação de tendências e comportamento dos viajantes, possibilitando a adoção de estratégias mais assertivas.

Daniela Teixeira avalia que as parcerias propiciam uma melhor construção de políticas públicas voltadas ao turismo, por meio de inteligência de mercado, “contribuindo para que os destinos conheçam o perfil do turista e avaliem as melhores práticas para se manterem relevantes na rota turística. Isto se torna cada vez mais importante para estes destinos, principalmente no contexto do pós-vacinação, em que houve uma mudança no comportamento do viajante”.

Plataformas como o Airbnb desempenham um papel potente de fomento tanto para comunidades quanto para indivíduos. Fazer negócios por meio da plataforma pode trazer às pessoas que moram em destinos turísticos um incremento de renda ou até mesmo fazer com que o aluguel por temporada se torne a principal fonte de recursos delas.

Para se ter uma ideia, em 2019, o Airbnb movimentou R$ 10,5 bilhões no Brasil, e isso não envolve apenas as hospedagens, mas todos os gastos que estão correlacionados aos turistas.

“Atualmente, conforme enxergamos a retomada das viagens, essas parcerias têm colaborado para que governos municipais e estaduais possam investir no turismo com base em dados relacionados ao setor”, explica Daniela.

Benefícios e experiência

Mais do que as acomodações, o Airbnb propicia algo intangível: a experiência. Viajar para outras localidades pode ir muito além do trivial. Pensando nisso, a plataforma divulga acomodações fora do circuito tradicional de cada ponto turístico, fazendo com que bairros antes “invisibilizados” estejam no leque de opções na hora do viajante decidir sua viagem.

Geralmente os anfitriões no Airbnb dão recomendações sobre o comércio local para visitar, muitos dos quais situados no mesmo bairro onde está localizada a acomodação. Esse tipo de recomendação de viagem contribui para que os hóspedes possam ter a experiência de viver como os locais. E também faz com que as economias de bairros menos favorecidos possam prosperar, aumentando o fluxo

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial