Polícia Federal realiza simulado de sequestro em aeronave com 40 reféns em Viracopos

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos e Polícia Federal realizaram na última quinta-feira (22) no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), o Exercício Simulado de Apoderamento Ilícito de Aeronave (ESAIA), exercício obrigatório previsto pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em aeroportos com grande movimentação de passageiros.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

Pelo menos 80 pessoas participaram do simulado de sequestro de uma aeronave estacionada em um dos pátios do aeroporto. O princípio básico das ações visou garantir a segurança dos passageiros e da tripulação, além de demais pessoas envolvidas na operação do lado de fora da aeronave.

Sequestradores armados

De acordo com a programação do exercício, três sequestradores armados, sendo dois homens e uma mulher, invadiram o aeroporto e tomaram uma aeronave estacionada no pátio. O voo faria do trajeto entre os aeroportos de Confins (BH) e Porto Alegre, com conexão em Viracopos.

O comandante do avião informou a Torre de Controle às 10h04, que por sua vez comunicou o fato imediatamente à CAMES (Central de Acionamento e Monitoramento Eletrônico de Segurança) de Viracopos.

A CAMES acionou todas as organizações envolvidas. A partir deste momento foi ativado o COE (Centro de Operações de Emergência) e constituídos cinco grupos: de Decisão, Operacional, Tático, de Apoio e Negociador.

Gerenciamento de crise

Dentro do COE foi constituído um Centro de Gerenciamento de Crise, que foi coordenado pelo delegado Alex Haiti, da Delegacia da PF em Viracopos. Os Grupos de Decisão e Operacional foram formados por Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Diretoria de Viracopos, ANAC, representantes de companhias aéreas, Anvisa, Receita Federal, Gerência de Segurança, Gerência de Operações e Assessoria de Imprensa de Viracopos.

 Ao final do exercício, os sequestradores se entregaram e libertaram os 40 reféns, entres passageiros e tripulantes. Durante o treinamento, foi simulado ainda que um dos passageiros passou mal e precisou de socorro médico, tornando a situação ainda mais realista. O exercício teve duração total de quase três horas e meia. Agora, um relatório será elaborado e ficará à disposição da ANAC.

Planejamento

O ESAIA 2018 foi planejado e executado pela Assessoria de Gestão de Qualidade e Pesquisa de Mercado de Viracopos, responsável pelo setor de Controle de Qualidade de Segurança da Aviação Civil (CQ-AVSEC).

O diretor de Operações de Viracopos, Marcelo Mota, considerou que o Simulado permitiu analisar os pontos positivos e negativos a serem melhorados pelo aeroporto. “A realização do ESAIA 2018, além de atender aos requisitos da legislação vigente, entre os quais o RBAC nº 111 [Regulamento Brasileiro da Aviação Civil], é de grande importância para a verificação da eficácia dos procedimentos de segurança definidos no Plano de Contingência do aeroporto. Foi um ótimo simulado, comprovando a prontidão operacional de Viracopos em eventos dessa natureza”, disse Mota.

O ESAIA deve ser realizado a cada um ano em aeroportos que atendem 10 milhões de passageiros por ano, e a cada dois anos em aeroportos com fluxo menor de 10 milhões de passageiros.

O Exercício teve a participação da companhia aérea Azul, que cedeu uma aeronave Embraer 190, e de 40 voluntários das escolas de aviação Pro Flight e Edapa, que participaram como passageiros do voo.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Associação Brasileira de Enologia faz nota de repúdio à coluna de Hélio Shwartsman

Uma nota assinada pelo presidente da Associação Brasileira de Enologia,  Daniel Salvador e pelo presidente da Organização Internacional do Vinho e do Vinho, Regina...

Mal conservado e em dificuldades financeiras Fundo Financeiro requer falência da Braston Hotéis

O Summit Fundo de Investimento em Direitos Creditórios - Vara/Comarca: 1a Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo/SP requereu na última semana...

Booking.com apresenta as tendências de viagens pós pandemia (ou enquanto ela não acabar)

Sonhos para as próximas viagens, novos valores para a vida de viajante, cuidados que serão tomados a partir de agora e a importância em...

Maria Fumaça para Morretes volta a funcionar em novembro

Conhecida dos curitibanos por circular na cidade durante o período que antecede o Natal, a Maria Fumaça despertou o carinho do público e se...

Companhias aéreas enfrentam teste de sobrevivência com demora em retomada

A segunda onda de covid-19 atrasa a recuperação das viagens aéreas, o que torna o inverno no hemisfério norte um teste de sobrevivência para...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat