Ritmo de mortes por novo coronavírus na Espanha se mantém em queda

O número de mortes pelo novo coronavírus na Espanha diminuiu pelo quarto dia no domingo, quando o governo vislumbrou uma redução gradual da quarentena, em vigor desde meados de março.

REUTERS

Assim como na Itália, os dados espanhóis dão esperança de que o pico do contágio possa ter passado. Nesta segunda-feira, o país ibérico registrou 637 mortes nas 24 horas anteriores, um aumento de 5% no total e cerca de metade do ritmo da semana anterior.

“Estamos observando que a taxa de crescimento da pandemia está diminuindo em quase todas as regiões”, disse a diretora adjunta do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias do Ministério da Saúde, Maria José Sierra, a repórteres em uma entrevista coletiva virtual.

A ministra das Relações Exteriores, Arancha González, afirmou que é crucial continuar ampliando os testes para permitir a suspensão das restrições.

“Estamos nos preparando para uma redução de escala, para a qual é importante saber quem está contaminado para poder gradualmente suspender o confinamento dos cidadãos espanhóis”, disse ela à emissora Antena 3.

Enquanto até agora apenas os infectados ou suspeitos de ter o Covid-19 foram testados, as novas verificações vão se concentrar na população em geral para tentar encontrar portadores que podem não estar apresentando sintomas, disse González.

As empresas espanholas estão fabricando 240 mil kits de teste por semana e aumentando a capacidade, afirmou a ministra, enquanto equipamentos também são comprados do exterior.

A Espanha está em quarentena desde 14 de março, com ruas e famosos locais turísticos assustadoramente silenciosos, medida que, segundo o premiê Pedro Sánchez, permaneceria em vigor até 26 de abril.

Os dados desta segunda-feira mostraram que o total de casos na Espanha subiu para 135.032, o mais alto da Europa e o segundo no mundo depois dos Estados Unidos.

No entanto, em outro sinal positivo, os postos de controle foram suspensos nesta segunda-feira em Igualada e em outras três cidades na região da Catalunha, onde houve mais de 100 mortes, informou o Ministério da Saúde.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Portugal recebe o Selo ‘Safe Travels’ do World Travel & Tourism Council

Este selo visa reconhecer destinos que cumprem protocolos de saúde e higiene alinhados com os Protocolos de Viagens Seguras emanados pelo WTTC, ajudando, sobretudo,...

Três perguntas para Sanfo Boubakar, diretor da ClassTraining, sobre treinamento na retomada

Engenheiro químico com mais de 23 anos de experiência profissional e acadêmica, Sanfo Boubakar é marfinense naturalizado brasileiro. REDAÇÃO DO DIÁRIO Há quase 35 anos no...

Bolsa qualificação beneficia turismo de Foz do Iguaçu e preserva 4,5 mil empregos

Foz do Iguaçu vem adotando diversas medidas para preservar empregos e amenizar o impacto social provocado pela pandemia no novo coronavírus (Covid-19). Uma delas...

Os  Embaixadores do Rio e a retomada do turismo fluminense

Bayard Do Coutto Boiteux*O Rio  de Janeiro com a pandemia causada pelo Covid-19 passa o pior momento de sua história turística nas últimas décadas....

Prefeito de São Sebastião oficializa Área de Proteção Ambiental Baleia Sahy

Nesta sexta-feira (5), o prefeito do município de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou o decreto que regulamenta o Plano de Manejo da Área de...

União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho

A União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho e começará a suspender as restrições a viagens fora do bloco...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias