Rock in Rio movimenta economia, hotelaria e turismo no Rio de Janeiro

O balanço do Rock in Rio 2019 acaba de ser anunciado pela organização: 457 mil turistas de 73 países, 25 mil empregos gerados e 1,7 bilhão de impacto para a economia. O número total de pessoas girou em torno das 700 mil.

Neste mesma quarta-feira (9), o Hotéis Rio (Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município) divulgou balanço da ocupação hoteleira durante o evento.

por André Tanabe (com REDAÇÃO)

ECONOMIA

No decorrer dos 7 dias do festival 700 mil espectadores (457 mil sendo turistas) foram ao Rock in Rio (segundo os organizadores), alavancando a economia do Estado em R$ 1,7 bilhão, segundo a Secretaria de Turismo.

OCUPAÇÃO HOTELEIRA

Na primeira semana (de 27 a 29/09), a ocupação hoteleira registrou média em torno 78% de ocupação, sendo que a região de Ipanema/ Leblon foi a preferida pelos turistas, com 87%; seguida por Barra da Tijuca/ São Conrado, com 83%; e Copacabana/ Leme, com 81% de ocupação. Já na segunda semana, os bairros mais procurados foram Flamengo/ Botafogo (94%), Ipanema/ Leblon (87%), Barra/ São Conrado (87%) e Leme/ Copacabana (87%).

“É uma onda de energia positiva e autoestima para o carioca. É por isso que receber, a cada dois anos, um evento como o Rock In Rio, é um motivo de enorme orgulho. Seria extremamente positivo termos um evento deste porte por ano”, comemora o presidente da ABIH-RJ e do Hotéis Rio, Alfredo Lopes.

Alfredo Lopes, presidenge da ABIH, Rio de Janeiro (Foto: DT)

 TURISTAS

A maioria dos turistas que compareceram para curtir as 300 horas de música que o festival proporciona tiveram também a oportunidade de se divertir em um parque com montanha russa, roda gigante, tirolesa e outros brinquedos. Os visitantes vieram principalmente dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Bahia. Os turistas de origem estrangeira, que mais marcaram presença foram de origem norte-americana, francesa e argentinos.

TRANSPORTE

O transporte público do Rio de Janeiro registrou números elevadíssimos de passageiros durante os dias do festival, o metrô registrou média 389 mil pessoas utilizando os trens. A BRT registrou 300 mil pessoas usando os ônibus para o transporte até a Cidade do Rock pelo percurso Jardim Oceânico – Parque Olímpico, o trajeto leva um tempo médio de aproximadamente 20 minutos.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Os  Embaixadores do Rio e a retomada do turismo fluminense

Bayard Do Coutto Boiteux*O Rio  de Janeiro com a pandemia causada pelo Covid-19 passa o pior momento de sua história turística nas últimas décadas....

Prefeito de São Sebastião oficializa Área de Proteção Ambiental Baleia Sahy

Nesta sexta-feira (5), o prefeito do município de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou o decreto que regulamenta o Plano de Manejo da Área de...

União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho

A União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho e começará a suspender as restrições a viagens fora do bloco...

Accor amplia programa Plant for the Planet agora para a Colômbia

Para reforçar seu objetivo com a preservação ambiental e preocupação com os insumos que utiliza em seus hotéis, a Accor anuncia no Dia Internacional...

Grupo Iberostar inicia reabertura de hotéis e reforça segurança sanitária

De forma escalonada, a reabertura de uma seleção de hotéis do Grupo Iberostar acontece a partir da segunda quinzena de junho garantindo protocolos de...

GOL aprova acordo coletivo em prol da preservação de empregos e caixa da Companhia

A GOL Linhas Aéreas acaba de aprovar um acordo coletivo inédito com o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), cujos objetivos primordiais são a manutenção...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias