São Luís do Maranhão sob o olhar da guia de turismo Zildenice Barros (parte 2)

Na segunda parte da entrevista ao DIÁRIO, Zildenice, que é guia de turismo há 20 anos, falou sobre os incríveis museus de São Luís, a gastronomia maranhense, os melhores locais para fotos do Instagram e também sobre os passeios de barco nas águas que banham a “cidade dos azulejos”. Confira!

Por Caroline Figueiredo – Repórter do DT


Zildenice Barros é guia de turismo há 20 anos e atualmente é presidente do Sindicato de Guias de Turismo do Maranhão. Nessa segunda parte de sua entrevista ao DIÁRIO (confira a primeira parte aqui) ela falou sobre os museus imperdíveis para conhecer a história do Maranhão, a deliciosa gastronomia maranhense e ainda sobre os locais perfeitos para praticar esporte e ainda garantir aquela foto incrível para o Instagram.

Museus imperdíveis

Além de todos os pontos turísticos mencionados na primeira parte da entrevista, Zil mencionou o Museu do Reggae, afinal São Luís é considerada a “Jamaica brasileira”. Zil explica que no momento, o museu está funcionando só no período da tarde depois da reinauguração neste período de pandemia: “Nesse museu a gente conhece a história do reggae, como começou, as lendas do reggae, os paredões, a forma de dançar; esse museu é bem bacana porque mostra toda a cultura jamaicana que desembarcou aqui.”

O Museu do Reggae, no Maranhão, é o primeiro museu dedicado ao ritmo fora da Jamaica. / Créditos: Maurício Alexandre) Vieira

 

Ela lembra também da Casa do Tambor de Crioula, o museu que fala sobre uma das danças típicas do Maranhão: “Lá você conhece tudo a respeito da dança, que começou na senzala, como que elas dançam, qual o santo da dança, o porquê, tudo a gente aprende nesse museu. ”

A Casa do Tambor de Crioula (Crédito: Maurício Alexandre Vieira)

 

Por fim, Zil lembra do Museu Casa do Maranhão: “Este é ainda maior, pois fala de todo o nosso folclore. O Tambor de Crioula, o “Bumba Meu Boi”, a Festa do Divino Espírito Santo, então todo o nosso folclore, todas as nossas danças típicas, a gente conhece dentro desse do Museu da Casa do Maranhão. ”

 

O Museu Casa do Maranhão, um dos espaços destacados pela guia de turismo Zildenice Barros. / (Crédito: Maurício Alexandre Vieira)

Restaurantes para todos “os gostos e bolsos”

Zil também lembrou dos restaurantes: “Dentro do Centro Histórico tem o Senac, restaurante escola que é uma delícia. Tem o restaurante Flor de Vinagreira, tem o Tia Dica, que são mais requintados, com música ao vivo e ar-condicionado; tem restaurante self-service, e dentro do Mercado das Tulhas existem restaurantes para todos os gostos e todos os bolsos. Ali se oferece pratos bem baratos e outros mais requintados, mas dá para todo o tipo de passageiro, desde o operário até o desembargador (risos)”.

O Restaurante Escola do Senac, em São Luís do Maranhão, considerado por Zil como um dos melhores restaurantes da capital maranhense / (Crédito: Maurício Alexandre Vieira)

 

Locais instagramáveis

Sobre os locais “instagramáveis” em São Luís, Zil adiantou: “Aqui em São Luís, cada casarão, cada porta, cada janela, é uma foto de curtida, “instagramável” como o povo fala, né? (risos). E quando você vai à área litorânea, a gente tem um monumento chamado “Arrastão”, que é a representação de três pescadores. É um monumento de aço, bem no início da avenida. Lá no Espigão, que tem o letreiro “Ilha do Amor”, é um local belíssimo, porque lá também tem o Forte Santo Antônio. Inclusive, toda sexta-feira lá tem apresentações com saxofonistas; um local bem gostoso das famílias irem no fim da tarde e até fazerem piquenique no gramado. Tanto para ir no finalzinho da tarde quanto para fotografar o letreiro”, explica.

O letreiro “Ilha do Amor”, um dos locais “instagramáveis” de São Luís. / (Crédito: Maurício Alexandre Vieira)

 

Esportes náuticos

Quanto aos esportes, Zil conta que na Litorânea tem o kitesurf: “Tanto aqui, quanto lá nos Lençóis Maranhenses, no mês de agosto e setembro, período de muito vento, o pessoal pratica o kitesurf.

Zil conta ainda que todo domingo é fechada uma das vias da Litorânea para que as pessoas possam praticar skate, patins, bicicleta e entre outros: “É fechado mesmo a via para lazer, de manhã até às 10h. Temos algumas áreas como a Lagoa da Jansen, tem vários pontos de praça, que são para fazer caminhada…

O Kitesurf é um dos esportes favoritos praticados pelos turistas na área litorânea de São Luís (Crédito: divulgação)

O Kitesurf é um dos esportes favoritos praticados pelos turistas na área litorânea de São Luís e também nos Lençóis Maranhenses, em Barreirinhas, MA. / Créditos: Fabio Piva Red Bull Content Pool.

Passeios de barco

A guia falou também sobre as diversas opções de passeios de barcos para todos os gostos e idades: “Tem três opções de fazer passeio de barco. Uma na cidade de Raposa (próxima a São Luís), o passeio nos Igarapés, onde se vê alguns arquipélagos salgados e um guia fala sobre fauna e flora. Água mesmo salgada, porque lá a maré sobe e adentra os manguezais. A gente para numa ilha de banho, que é a Ilha de Curupu. Nessa ilha, tem muitas dunas que a gente até batizou de “fronhas maranhenses”, em alusão aos Lençóis Maranhenses, na área de Barreirinhas.”

Zildenice Barros, guia de turismo de São Luís do Maranhão (Crédito: arquivo pessoal)

Pela Orla

Além deste, há o passeio de barco na orla de São Luís, onde são feitos os city tours: “Por exemplo, eu tenho um grupo de terceira idade que não pode caminhar pelas ruas porque são de pedra, mas querem ouvir a história, nós fazemos um passeio privativo no barco, parecido com um catamarã, e dá uma volta neste lado oeste de São Luís. Sempre com vista do Centro Histórico. De dentro do barco, a gente aponta as igrejas, os casarões e vamos contando a história da fundação, a chegada francesa, onde que começou, o forte, e vamos contando a história de São Luís de dentro da embarcação”.

 

Passeio de barco pela orla de São Luís (Crédito: Maurício Alexandre Vieira)

Por fim, Zil falou das hospedagens em São Luís e disse que a cidade tem opções para todos os gostos e bolsos. No Centro Histórico, na região Litorânea há várias opções de hostels, hotéis, restaurantes e pousadas.

Para saber mais sobre Zildenice Barros e os serviços de transfer em São Luís, siga-a no Instagram.

VISITE SÃO LUÍS DO MARANHÃO

LEIA TAMBÉM:

Face a face com os rostos de São Luís do Maranhão

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial