São Paulo é uma das sete cidades no mundo que manterá voos intercontinentais da Lufthansa  

As companhias aéreas do Lufthansa Group acabam de anunciar uma programação especial de voos a fim de atender repatriados que desejem retornar aos seus países de origem. Inicialmente, tal operação estará vigente até o dia 19 abril de 2020.  

 EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências 


São Paulo, principal destino do Lufthansa Group na América do Sul, será uma das sete cidades no mundo que continuará sendo servida por voos de repatriamento operados pela Lufthansa. No período entre 30 de Março e 19 de Abril de 2020, serão três frequências semanais (as partidas de São Paulo acontecerão às segundas-feiras, quintas-feiras e sábados) com destino à Frankfurt  

Entre o presente momento e o dia 29 de Março de 2020, a Lufthansa confirma sua operação regular de voos diários entre São Paulo e Frankfurt. Ainda assim, pedimos que passageiros sempre consultem o estado atualizado de seus voos antes de se dirigirem ao aeroporto através do site lufthansa.com ou do aplicativo da Lufthansa. É importante ressaltar que os voos estão sujeitos à demanda e às determinações governamentais.  

 Além de São Paulo, a Lufthansa servirá os seguintes destinos intercontinentais em uma frequência de três vezes por semana, todos eles partindo de Frankfurt: Newark e Chicago (ambos nos EUA), Montreal (Canadá), Bangkok (Tailândia), Tóquio (Japão) e Joanesburgo (África do Sul). No que concerne aos voos dentro da Europa, a Lufthansa manterá cerca de 40 voos diários partindo de seus hubs em Frankfurt e Munique. 

 Já a Swiss International Air Lines irá oferecer voos de repatriamento entre Newark (EUA) e Zurique (Suíça) três vezes por semana, além de uma rede reduzida de voos intraeuropeus 

Aquisição de bilhetes e restrições de viagem vigentes 

Passageiros que desejem retornar aos seus países de origem podem adquirir seus bilhetes através do site www.lufthansa.com, do aplicativo da Lufthansa ou em sua agência de viagens de preferência. Para compras feitas através do site e do aplicativo, é necessária uma antecedência mínima de 72 horas em relação à partida do voo pretendido.  

A Lufthansa destaca que não realiza a venda de bilhetes aéreos nos aeroportos em que opera no Brasil; sendo assim pedimos encarecidamente que apenas se dirijam ao aeroporto passageiros que já possuam bilhetes aéreos com a Lufthansa.Nossas Centrais de Atendimento, por sua vez, encontram-se trabalhando acima de sua capacidade no momento e, portanto, os tempos de espera na linha podem ser mais longos do que o usual”. 

Solicita também que s passageiros verifiquem com atenção as restrições de viagem em vigor impostas por autoridades governamentais em todo o mundo. Cidadãos e residentes na União Europeia, Reino Unido, Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, bem como seus familiares, estão autorizados a voar via Alemanha rumo a seu destino final contanto que comprovem possuir voos ou outros meios para chegarem até lá. Cidadãos provenientes de outros países poderão ingressar na Alemanha tão somente mediante a apresentação de uma prova cabível de que necessitam adentrar as fronteiras com urgência. Para mais esclarecimentos, pedimos que entre em contato com a embaixada de seu país de origem. 

 Por fim, a empresa lembra que os passageiros podem utilizar as funcionalidades de autoatendimento disponíveis nos sites www.lufthansa.com e www.swiss.com para consultar o estado de seus voos, remarcá-los ou ainda para solicitar o reembolso de seus bilhetes.   

 Voos especiais para governos e empresas de turismo 

Visando trazer o maior número possível de pessoas de volta às suas casas rapidamente, as companhias aéreas do Lufthansa Group estão atualmente operando voos especiais ao redor do mundo em cooperação com os governos de seus respetivos países de origem e empresas de turismo. Com os mais de 130 voos adicionais operados até o momento pela Lufthansa, Eurowings, SWISS, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Edelweiss, cerca de 25.000 pessoas foram levadas de volta aos seus lares até agora. Aproximadamente 100 voos adicionais ainda estão sendo planejados para as próximas semanas 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais recentes

    Tecnologia e sustentabilidade devem ser as prioridades para o setor do turismo nos próximos 20 anos

    A crise que afetou o mundo em 2020 fez o setor do turismo sofrer com alguns dos piores números desde a década de 50....

    Dubrovnik, na Croácia, uma pérola lapidada e visitada pelo DIÁRIO

    A terceira cidade visitada pelo DIÁRIO em tempos de pandemia e de forma virtual é Dubrovnik, a pérola do Adriático, na Croácia. Por Paulo Atzingen* Dubrovnik...

    LATAM aceitou decisão do caso das juízas, por respeito ao Poder Judiciário

    O site Consultor Jurídico desta quinta-feira (26) publicou uma decisão do 2º Juizado Especial Cível de Niterói que condenou a companhia aérea Latam a pagar...

    Estados Unidos exigirá fiança de até $15 mil para concessão de vistos, Brasil está fora

    A partir do dia 24 de dezembro, quem quiser viajar para os Estados Unidos além de preencher o DS-160 e  recolher as taxas usuais...

    Ilhabela inaugura novo receptivo turístico, junto à balsa

    Para estruturar ainda mais o turismo em Ilhabela, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município inaugurou nesta sexta-feira (27) o receptivo turístico...

    Hopi Hari anuncia retorno de sua torre no dia que completa 21 anos

    O Parque Temático Hopi Hari confirmou, esta semana, o retorno de uma de suas atrações mais conhecidas: a torre de queda livre. Esta decisão se baseou...

    Relacionadas

    Open chat