Senado confirma programa de crédito com R$ 5 bi que socorrerá Turismo

Os senadores aprovaram em votação simbólica nesta quarta-feira (2) a medida provisória (MP) que reservou R$ 5 bilhões para socorrer o setor de turismo, como forma de reduzir os impactos causados pelo novo coronavírus. A MPV 963/2020, que abriu o crédito extraordinário no Orçamento deste ano, segue agora para promulgação.

— A MP 963/2020 é dotada de justificativas de relevância e urgência condizentes com a programação orçamentária que contempla, uma vez que as perdas consideráveis no setor do turismo ocasionadas pela pandemia impõe a necessidade de alocar recursos com a finalidade de amenizar os impactos econômicos dela decorrentes — afirmou o relator, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), que recomendou a aprovação da MP sem modificações.

O texto determina que os recursos devem ser destinados a empréstimos para financiar a infraestrutura turística nacional. Segundo o Ministério do Turismo, o dinheiro deve compor o capital de giro de micros, pequenas, médias e grandes empresas.

Em abril, uma portaria ministerial alterou as regras de empréstimos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) para operadores cadastrados. Houve redução dos juros para capital de giro, de 7% para 5% ao ano, e ampliação da carência do início de pagamento. O programa de empréstimos é feito pelo Fungetur, do Ministério do Turismo.

De acordo com estudo do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês), publicado em março de 2019, o setor é responsável por 8,1% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Além de empregar cerca de 6,9 milhões de pessoas, o equivalente a 7,5% do número total de vagas no país.

Segundo comenta o relator em seu voto, o governo federal alegou que o crédito extraordinário é necessário porque o setor do turismo vem registrando perdas consideráveis, pois houve inúmeros cancelamentos na realização de feiras, congressos e convenções que concentram os maiores orçamentos do turismo de negócios, além das perdas significativas provocadas pelo isolamento social, causando forte impacto no fluxo de viagens.

Fernando Bezerra Coelho explica ainda que os recursos serão aplicados para financiamento de capital de giro emergencial; financiamento para investimentos em capital fixo, tais como bens e equipamentos; obras civis para implantação, ampliação, modernização e reforma de empreendimentos turísticos.

Gasto efetivo

Até agora, dos R$ 5 bilhões autorizados, apenas cerca de R$ 1,4 bilhão estão empenhados. E o total efetivamente pago é de R$ 418,4 milhões.

Os dados são da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados, que acompanha os gastos voltados ao combate à covid-19. O levantamento mostra que a MP 963/2020 é a que apresenta a menor execução entre as medidas provisórias: apenas 8,37% do total previsto foram gastos.

A MP 963 tem validade até a sexta-feira (4). Agora, a medida será promulgada pelo Congresso para virar lei em definitivo.

Com informações da Agência Câmara Notícias

Fonte: Agência Senado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro são anunciados

    Foram anunciados na tarde desta sexta-feira (22) o nome dos 26 novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro. O evento vem ano a...

    Operadoras não vendem 50% do que venderam no mesmo mês de dezembro, em 2019

    Um balanço apresentado na tarde desta sexta-feira (22) pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo - Braztoa - aponta que o faturamento referente às...

    Turismo Sustentável começam a ser gerados na Grande Reserva Mata Atlântica

    Negócios de turismo sustentável e produção de natureza localizados nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo serão impactados pelo primeiro Centro de...

    Pierfrancesco Vago nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association (CLIA)

    Uma nota da MSC Cruzeiros acaba de informar que seu presidente honorário Pierfrancesco Vago foi nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association...

    GOL e LATAM fazem juntas voos da colaboração e da solidariedade

    A GOL e a LATAM demonstram espírito de cooperação e solidariedade no momento da distribuição das vacinas contra a Covid-19. A GOL levou 500...

    Japão nega que as Olimpíadas sejam canceladas

    TÓQUIO (Reuters) - O Japão se manteve firme na sexta-feira em seu compromisso de sediar as Olimpíadas de Tóquio este ano e negou um...

    Relacionadas

    Open chat