Tecpar e Unioeste firmam acordo para pesquisa em energias renováveis

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) vai fornecer equipamentos que serão usados para pesquisas na área de biocombustíveis na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em Cascavel. O termo que formaliza a cessão foi assinado nesta quinta-feira (21) pelo diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, e o reitor da Unioeste, Paulo Sergio Wolff. Serão transferidos para a Unioeste 58 equipamentos para produção de biodiesel em pequena escala, que faziam parte da usina-piloto de biodiesel do instituto.
EDIÇÃO DO DIÁRIO
O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, ressalta a importância da proximidade entre instituto de pesquisa e universidades. “É fundamental que institutos de pesquisa e academia trabalhem juntos para desenvolver pesquisas nas mais diversas áreas, com o objetivo de fomentar a inovação no Estado. Essa aliança promove o desenvolvimento do Paraná, com foco na geração de emprego e renda em todas as regiões”, pontua.
ESTRUTURA – Os equipamentos serão usados pelo Centro de Desenvolvimento e Difusão de Tecnologia em Energias Renováveis, que fica na sede da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec). Também será beneficiado o Laboratório de Biocombustível, utilizado por alunos da graduação em Engenharia Agrícola e pós-graduação em Energia da Agricultura, no Campus de Cascavel.
Atualmente, o Laboratório de Biodiesel da Unioeste conta com dois barracões, um para análises e fabricação de biodiesel em escala didática e outro com uma pequena usina de biodiesel com capacidade de produzir mil litros por dia.
Segundo o reitor da Unioeste, os equipamentos cedidos pelo Tecpar à vão contribuir para capacitar tecnicamente os alunos a atuarem na área de fabricação de biodiesel, atendendo a necessidade do mercado e também devolvendo para a sociedade profissionais qualificados e experientes.
“Na área de pesquisa poderemos avaliar o processo industrial e suas perdas e gastos energéticos na produção de biodiesel. Com isso, a universidade espera realizar parcerias com as empresas locais e de nossa região, que podem aproveitar esse laboratório para atender as suas demandas”, disse o reitor.
O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, destaca que a aproximação do Tecpar e as universidades mostra o compromisso em utilizar os ativos do Estado de maneira otimizada. “Parcerias como a do Tecpar com a Unioeste são fundamentais para fazer mais com os recursos disponíveis. Os equipamentos da usina de biodiesel apoiarão o desenvolvimento de pesquisas na universidade”, salienta.
Participaram do encontro para a assinatura do acordo o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unioeste, Reginaldo Ferreira Santos, e os diretores do Tecpar, Rafael Rodrigues (Indústria e Inovação), Arnaldo da Fonseca (Administração e Finanças), e Adrianne Correia Pereira, da Diretoria Jurídica.
ENERGIAS RENOVÁVEIS – A área de energias renováveis é estratégica para o Tecpar, uma vez que o instituto é responsável pela secretaria-executiva do Smart Energy, que mobiliza as competências que o Estado e a sociedade têm e busca desenvolver o setor energético do ponto de vista econômico, ambiental e social.
Para fomentar novas parcerias na área, o Tecpar lançou o programa de Living Lab, que vai transformar o Campus CIC em um ecossistema de inovação aberto. O objetivo é usar o espaço como um laboratório a céu aberto para testar ideias de serviços ou produtos tecnológicos e avaliar a sua eficiência.
O Living Lab Tecpar integra a estrutura de Parques Tecnológicos do Paraná e será uma plataforma para empresas testarem novas tecnologias nas áreas de energia, agricultura, pecuária, indústria, saúde e smart cities (cidades inteligentes).
O edital está aberto até janeiro e é voltado para instituições públicas, privadas e organizações da sociedade civil.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Radisson Blu São Paulo tem protocolos auditados e aprovados

Se já não bastassem as portarias e exigências dos órgãos oficiais de saúde (Organização Mundial da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária) o...

Guias e monitores de Turismo da Bahia cobram aprovação de PL 23845

SALVADOR (BA) - Cerca de 30 guias de turismo e monitores  realizaram um manifesto em frente à Assembléia Legislativa do Estado da Bahia nesta...

Parque Nacional do Itatiaia (PNI) reabre nesta quarta-feira (5)

Avanços na retomada do Turismo na região das Agulhas Negras. Nesta quarta-feira (5), o Parque Nacional do Itatiaia (PNI), uma das mais importantes Unidades...

Emirates usa seu A380 em voo para Guangzhou, Cidade do Kuwait e Lisboa

A Emirates acaba de anunciar que usará sua icônica aeronave A380 nos voos para Guangzhou a partir de 8 de agosto de 2020. A...

Foz do Iguaçu retoma atividades agora em definitivo, acreditam empresários do turismo

Dia 10 de junho foi anunciado pelo DIÁRIO DO TURISMO a volta das atividades turísticas em Foz do Iguaçu, porém infelizmente por determinação das...

Organizações pedem liberação de R$ 2 bi de fundos socioambientais

Carta aberta ao BNDES lançada nesta terça-feira (4) exige medidas concretas para evitar financiamento a desmatadores e a revisão da política socioambiental do Banco EDIÇÃO...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat