Tour House recebe certificado por neutralizar emissão de carbono

Das agências com edição do DT

O Grupo Tour House, especializado em gestão de viagens corporativas, neutralizou a emissão de Gases do Efeito Estufa (GEEs) por meio da compra de créditos de carbono, em apoio a um projeto no Agreste pernambucano. A agência compensou as 220 toneladas de CO2 geradas internamente ao longo de 2017. “Mais do que preservar o meio ambiente, contribuímos para desenvolver de forma sustentável regiões mais carentes do país”, avalia o presidenteCarlos Prado.

certificado que reconhece a conquista foi entregue pela Sustainable Carbon, líder na América Latina no fomento de projetos desse segmento. A empresa é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) – Rede Brasil. Empresa se compromete com a sustentabilidade e o combate às mudanças climáticas em parceria com outras 12 mil instituições ao redor do mundo.

Com a compra de créditos, a Tour House colabora com o projeto Maguari, nome da fabricante de tijolos e cerâmicas, localizada no município de Nazaré da Mata. A empresa atua no desenvolvimento da comunidade, investindo em tecnologia, meio ambiente e ações socioculturais. Promove o reflorestamento de 150 hectares de terras com eucalipto para uso da biomassa como combustível, além de apoiar a cultura regional com patrocínio de blocos carnavalescos de maracatu.

Até 2008, a indústria retirava lenha da Caatinga para utilizá-la como combustível na queima dos produtos. Ao integrar o programa de compensação de carbono, passou a substituir o combustível não renovável por alternativas como algaroba, briquete de cana de açúcar, madeira de manejo sustentável e resíduos de madeira.

Tradição e comprometimento sustentável

Tour House é pioneira em processos de compensação de gás carbônico (CO2) em seu segmento. Desde 2008, mantém parceria com a Max Ambiental, responsável por elaborar um relatório sobre a quantidade de COconsumido nas viagens e deslocamentos de clientes da agência. Além disso, indica o número de árvores que devem ser plantadas para compensar essa emissão.

Em dez anos, a agência já plantou 4.275 árvores, o que equivale a uma área de dois campos de futebol e corresponde à emissão de 921,18 toneladas de gás carbônico.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Guia de Gastronomia e Hospedagem de Teresópolis chega ao seu 20º aniversário

A escritora e jornalista Christiane Michelin, que presidiu a Academia Petropolitana de Letras por quatro anos, é autora do Guia de Gastronomia, Hospedagem e...

Delta Air Lines anuncia os resultados financeiros do segundo trimestre

A Delta Air Lines (NYSE: DAL) divulgou nesta terça-feira (14) os resultados financeiros do segundo trimestre de 2020 e destacou sua resposta contínua à...

Hoteleiros questionam altas cifras do Ecad em tempos de pandemia

Pleito antigo da hotelaria, a revisão das cobranças das altas taxas do Ecad ganhou destaque na agenda de debates da hotelaria em tempos de...

Organização Mundial de Enoturismo é criada com sede na Espanha

REDAÇÃO E TRADUÇÃO DO DIÁRIO com agências internacionais Acaba de ser anunciada na Espanha a criação da Organização Mundial de Enoturismo (GWTO) que nasce junto...

Accor anuncia Romulo Silva como novo diretor de Desenvolvimento para Franquias

A Accor acaba de anunciar Romulo Silva como novo diretor de Desenvolvimento para Franquias Accor Brasil. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O executivo, que teve importante...

Movimento de Viracopos (SP) apresenta recuperação gradual em junho

A recuperação no setor de passageiros apresenta tendência de crescimento após uma queda brusca registrada a partir de março EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Em nota,...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias