UNESCO inclui Brasília, João Pessoa e Paraty na Rede de Cidades Criativas

Organismo da ONU promove a cooperação entre diferentes municípios do mundo

EDIÇÃO DO DT com agências –

Na lista da Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), foram incluídas recentemente mais três cidades brasileiras: Brasília (DF), João Pessoa (PB) e Paraty. A rede foi criada em 2004 para promover a cooperação entre municípios de todo o mundo que se notabilizem em ter a criatividade como fator estratégico de desenvolvimento urbano sustentável.

Belém (PA) e Florianópolis (SC), na categoria gastronomia; Curitiba (PR), em design; Salvador (BA), música; e Santos (SP), na modalidade cinema, já faziam parte da Rede.

Design, artesanato e gastronomia fizeram a diferença nas três cidades

Brasília está elencada pelo reconhecimento ao design hoje desenvolvido no Distrito Federal; a capital paraibana pela qualidade de seu artesanato e manifestações artísticas populares; e a cidade do litoral fluminense em função da gastronomia criativa.

A candidatura brasiliense, na categoria design, havia sido lançada em junho deste ano. Concebido pelo arquiteto e urbanista Lúcio Costa, o projeto arquitetônico é considerado um marco do urbanismo contemporâneo e levou a capital do Brasil a ser tombada pela entidade da ONU.

A prefeitura de João Pessoa anunciou que a integração da cidade ao órgão dará mais visibilidade, credibilidade e mercado para diversas associações de artesãos que produzem com as próprias mãos uma alternativa de sustento e de manutenção da cultura popular.

A secretaria de Cultura de Paraty informou que o título será importante para o município, pois o colocará em uma rede internacional estimulando, assim, o setor de gastronomia o que incrementará a geração de emprego e renda.

Rede de Cidades Criativas está espalhada pelos cinco continentes

Mais outras 61 localidades de 44 países o título de cidades criativas. Com isso, a rede da UNESCO passa a contar com um total de 180 municípios, de 72 países, distribuídos por sete categorias: artesanato/artes populares; artes digitais; desenho; cinema; gastronomia; literatura e música.

Ao ingressar na rede, as cidades assumem o compromisso de desenvolver e trocar experiências inovadoras de promoção à indústria criativa e de participação popular nas atividades culturais. Além disso, ações de estímulo e preservação das manifestações culturais locais devem integrar às políticas de desenvolvimento urbano sustentável.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

SeaWorld Parks atualiza informações sobre seus parques

O grupo SeaWorld Parks & Entertainment permanecerão fechados temporariamente, informa nota do grupo.DO PLANTÃO DT"Essa decisão faz parte do contínuo comprometimento com a segurança...

Sem ajuda do governo, falência e desemprego irão disparar no turismo, alertam representantes do setor

Linha de crédito flexibilizada e licença remunerada pelo governo são algumas das demandas do setor  Por ZAQUEU RODRIGUES (Jornalista colaborador do DIÁRIO)Uma carta aberta assinada pelas...

Enquanto a próxima viagem não vem, faça álbuns das que você já fez.

Montar álbuns das viagens feitas é uma boa opção para fazer na quarentena REDAÇÃO DO DTQuando viajamos fazemos centenas de fotos que muitas vezes ficam...

Turismo de Natureza depois disso tudo …

Sem dúvida que o momento fez o turismo estremecer e muita coisa vai mudar depois que isso tudo passar. Sou uma otimista incurável, talvez...

GRU Airport começa a medir temperatura de passageiros oriundos de voos internacionais

Iniciativa é mais uma medida em prol do combate e prevenção ao COVID-19 EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências A GRU Aiport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional...

Quando surge uma crise, a embalagem é uma das primeiras a ser convocada!

*Por Fábio Mestriner Crises e catástrofes naturais são frequentes no noticiário. Todos os dias somos bombardeados por notícias de enchentes, terremotos, deslizamentos, vendavais, tornados, incêndios...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias