- Publicidade -
Início BAHIA DE TODOS OS CANTOS Você já foi à Pratinha? Então, vá!

Você já foi à Pratinha? Então, vá!

0
2425
O Pratinha é um rio subterrâneo que faz parte da Bacia Sedimentar de Irecê, vindo da região do Morro do Chapéu, que emerge na Gruta Azul e na Pratinha e segue descoberto (Crédito: fazendapratinha)
- Publicidade -

por Reginaldo Marinho*


O atrativo mais visitado da Chapada Diamantina é a Fazenda Pratinha, no Município de Iraquara, com 230 hectares – dos quais 30 há são dedicados às atividades turísticas –situada a 47 km de Lençóis, que fechou 2019 com a média diária de 250 turistas. O plano de manejo, que está sendo concluído, prevê a capacidade de acolhimento até 800 turistas/dia.

O conjunto é formado pelo balneário às margens do rio Pratinha, com dois quiosques, Gruta Azul, Gruta da Pratinha, Pousada Recanto do Major, cafeteria e dois restaurantes na parte superior. O atrativo oferece flutuação pelo interior da gruta, cavalgada, caiaque, stand up e tirolesa com 80m de extensão e 12m de altura.

- Publicidade -

O apogeu da visualização da Gruta Azul se dá entre 14h30 e 15h30 de abril a setembro, quando o sol atinge o ângulo espetacular. Os cenários são de tirar o fôlego.

Quando você mergulha nas águas cristalinas da Pratinha, você penetra nas páginas da História do Brasil, que esse pedaço de paraíso preserva no Sertão, a memória do comércio de gado bovino entre Goiás e Bahia.

Desde a primeira metade do século XX, a Pratinha era importante ponto de apoio para o pouso de gado que transitava entre as pastagens de Goiás e o mercado florescente de Feira de Santana. Era na Pratinha que os tropeiros estacionavam para restaurar a integridade dos animais em viagem tão longa, reduzir os danos à boiada para poder seguir viagem.

O conjunto é formado pelo balneário às margens do rio Pratinha, com dois quiosques, Gruta Azul, Gruta da Pratinha, Pousada Recanto do Major, cafeteria e dois restaurantes na parte superior (Crédito: fazendapratinha)

O Pratinha é um rio subterrâneo que faz parte da Bacia Sedimentar de Irecê, vindo da região do Morro do Chapéu, que emerge na Gruta Azul e na Pratinha e segue descoberto. Em seu percurso subterrâneo, o rio atravessa subsolo rochoso rico em magnésio e conta com a filtragem das rochas calcárias que asseguram a limpidez de suas águas.

Ériton Oliveira, gerente administrativo do atrativo, fala com entusiasmo de seus planos para a reestruturação da Pratinha. O foco dele é á história do lugar e projeta, finalizado o plano de manejo, aproveitando a vocação agropecuária, começar a estruturar o processo de fabricação de queijos e cachaça artesanais.

Ele irá ampliar o negócio da família e incorporar outras áreas que ainda não foram abertas à visitação. Esperamos que a paisagem cênica a ser oferecida promova o deslumbramento que a gente encontra nas condições atuais.

o rio atravessa subsolo rochoso rico em magnésio e conta com a filtragem das rochas calcárias que asseguram a limpidez de suas águas (Crédito: fazendapratinha)

Carro de boi

Ériton pretende substituir o transporte de turistas com dificuldade de locomoção, que hoje é feito por um quadriciclo com reboque adequado, por um carro de boi com carroça adaptada para transportar cadeirantes. “Aquele som nostálgico do carro-de-boi nos transportará para o tempo das boiadas e de meu bisavô Major Simpliciano, que preservou esse paraíso para a nossa família”, completa Ériton.

Contato:

(75)992504164 / (75)998145806

contato@fazendapratinha.com.br

http://www.fazendapratinha.com.br/

 

 

 


*Reginaldo Marinho é jornalista e colaborador do DIÁRIO no Estado da Bahia

Compartilhe com um amigo:
- Publicidade -

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pautas e Marketing