WTTC defende retomada de viagens internacionais seguras em junho deste ano

O Relatório Anual de Impacto Econômico (EIR) do World Travel and Tourism Council (WTTC), revelou que a contribuição do setor de viagens para o PIB global caiu 49,1% no ano passado, em comparação com a economia global, que caiu apenas 3,7% durante o mesmo período.

EDIÇÃO DO DIÁRIO – com agências internacionais (do original em Espanhol)


O impacto devastador que a crise da saúde teve no setor global de viagens e turismo no ano passado também refletiu em uma perda massiva de quase US $ 4,5 trilhões.
A EIR anual do WTTC, representando o setor privado global de viagens e turismo, mostra que, no total, a contribuição do setor para o PIB global despencou para $ 4,7 trilhões em 2020 (5,5% da economia mundial), em 2019 era quase $ 9,2 trilhões que a indústria contribuiu para o PIB (10,4% da economia mundial).

As enormes perdas mostram um setor lutando para sobreviver diante de restrições de viagens e quarentenas, que continuam a ameaçar a recuperação da economia global. Em 2019, o setor de viagens e turismo conseguiu mostrar sua prosperidade, gerando um em cada quatro novos empregos e contribuindo com 334 milhões de empregos, 10,6% do total mundial.

O Impacto nas Viagens e Turismo na tabela (inglês)

No ano passado, quando a pandemia afetou as viagens e o turismo, mais de 62 milhões de empregos foram perdidos, o que representa uma queda de 18,5%, deixando apenas 272 milhões de funcionários em toda a indústria em todo o mundo.

Estas perdas de postos de trabalho têm sido verificadas em todo o ecossistema do setor, especialmente nas PME, que representam 80% do total das empresas da atividade. Além disso, como um dos setores mais diversos do mundo, o impacto sobre as mulheres, os jovens e as minorias foi significativo.

- Advertisement -

O relatório também revela uma perda significativa nos gastos com viagens internacionais, que caíram 69,4% em relação ao ano anterior. Os gastos com viagens domésticas caíram 45%, uma pequena redução devido a algumas viagens internas em vários países.

Manutenção de empregos

“Devemos reconhecer a pronta ação de muitos governos para salvar um grande número de empregos, graças a vários esquemas de retenção, sem os quais os números atuais seriam piores”, afirmou Gloria Guevara Manzo, presidente e CEO do WTTC no comunicado. “O relatório anual de impacto econômico do WTTC mostra toda a extensão do impacto negativo que nosso setor teve que suportar nos últimos 12 meses e que devastou tantas vidas e negócios, grandes e pequenos ”, completou.

Ela afirma que a pesquisa do WTTC mostra que apenas o setor global de viagens e turismo foi devastado, com uma perda sem precedentes de quase US $ 4,5 trilhões. “Com a contribuição do setor para o PIB caindo quase pela metade, é mais importante do que nunca que as viagens e o turismo recebam o apoio necessário para que possam ajudar a impulsionar a recuperação econômica global”, disse ele.

O caminho para a recuperação

Embora 2020 e o inverno de 2021 tenham sido difíceis para viagens e turismo, a pesquisa do WTTC mostra que, se as viagens internacionais e a mobilidade forem retomadas em junho deste ano, isso aumentará significativamente o PIB global e doméstico, bem como a recuperação de empregos.

De acordo com a pesquisa, a contribuição do setor para o PIB mundial pode aumentar significativamente neste ano, 48,5% ano a ano. Além disso, mostra que a sua contribuição poderá atingir quase os mesmos níveis de 2019 em 2022, com um novo aumento homólogo de 25,3%.

Por outro lado, se o lançamento global de vacinas continuar no mesmo ritmo e as restrições a viagens forem relaxadas pouco antes da temporada de verão, 62 milhões de empregos perdidos em 2020 podem retornar até 2022.

O WTTC defende fortemente a retomada de viagens internacionais seguras em junho deste ano, se os governos seguirem seus quatro princípios de recuperação, que incluem um regime de teste de embarque internacional para todos os viajantes não vacinados, para eliminar a quarentena. Também inclui protocolos de saúde e higiene aprimorados e uso de máscara obrigatória, mudança para avaliações de risco de viajantes individuais em vez de avaliações de risco do país e apoio contínuo para o setor, incluindo impostos, liquidez e proteção do trabalhador.

O WTTC garante que a introdução de passes digitais de saúde, como o “Certificado Verde Digital” na União Europeia, apoiará a recuperação do setor.

O órgão mundial de turismo também apela aos governos de todo o mundo para fornecer um roteiro claro e decisivo, dando às empresas tempo para acelerar suas operações, a fim de se recuperar da devastação da pandemia.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Intercâmbio: tudo o que você precisa saber em 2021

    Mesmo em tempos de pandemia é possível realizar o sonho do intercâmbio EDIÇÃO DO DIÁRIO COM agências A pandemia da covid-19 afetou o mundo todo. Os...

    “Guias de turismo em breve mostrarão sua força, o pior já passou”, diz presidente da Fenagtur

    Nesta segunda-feira (10), se comemora o dia do Guia de Turismo no Brasil. A data serve para ressaltar a vital importância deste profissional no...

    Sky Samuara Hotel diversifica o público e tem expectativas positivas para a retomada do turismo

    O Sky Samuara Hotel integra a diversificada rede de hotéis do grupo Sky, na Serra Gaúcha. O Samuara fica em Caxias do Sul (RS),...

    Bertioga realiza evento “Maio Náutico” nos próximos dias 21 e 22

    Gratuito, evento em Bertioga acontece nos dias 21 e 22 de maio, das 10h00 às 18h00 e das 14h00 às 18h00, respectivamente. A pandemia C-19,...

    No Dia do Guia de Turismo Liguia realiza evento online

    O Dia do Guia de Turismo é celebrado nesta segunda-feira (10) e, para prestigiar esses profissionais tão importantes para o setor do Turismo, a...

    Turistas latino-americanos vacinados na praia de Miami Beach, Flórida

    Um posto de vacinação temporária aplicou neste domingo em Miami Beach, Flórida, 175 vacinas da Johnson & Johnson, a marca preferida dos turistas por...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing