Aeroporto de Natal (RN) retoma voos internacionais

“O Brasil é o nosso principal e mais estratégico mercado fora de Portugal”, ressalta a CEO da TAP Christine Ourmières-Widener

Edição DIÁRIO com agências

A companhia aérea portuguesa TAP retoma os voos regulares do Aeroporto de Natal (RN) nesta quarta-feira (3) após quase 2 anos de suspensão devido à pandemia de covid-19.

Serão 3 frequências semanais, chegando ao terminal potiguar às quartas, sextas e sábados às 21h30 e partindo para Lisboa às quartas, sextas e sábados , às 23h30.

Vice-presidente da Inframerica, Juan Djedjeian afirma que o retorno da operação é mais um sinal de que a população está mais confiante para retomar as viagens.

Companhia aérea portuguesa TAP retomada rota Natal-Lisboa (Foto: divulgação)

“Com a população vacinada, os profissionais do aeroporto imunizados, as pessoas vão criando uma confiança maior para viajar. Receber novamente os voos da TAP é uma alegria imensa para nós, que estamos trabalhando incansavelmente para trazer tranquilidade para aqueles que precisam e querem viajar”, diz Juan.

A CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, esteve no Brasil na semana passada para conhecer o mercado brasileiro e reafirmar o compromisso da companhia com o país. “O Brasil é o nosso principal e mais estratégico mercado fora de Portugal”, enfatiza a executiva. “Tive o prazer de conhecer pessoalmente a governadora Fátima Bezerra e conversamos sobre o potencial de Natal para o turismo Internacional”.

O Aeroporto de Natal está seguindo todas as recomendações da Anvisa e protocolos sanitários determinados. Para receber o voo nesta quarta-feira, os bombeiros de aeródromo realizaram uma limpeza minuciosa nas áreas internacionais com os mesmos produtos usados para limpeza de UTIs de hospitais.

Desde o início da pandemia no país, em março de 2020, o Aeroporto de Natal não operava voos internacionais. A TAP é a primeira companhia a retomar voos para fora do país partindo do aeroporto. Além da companhia aérea portuguesa, a GOL tinha voos regulares para Buenos Aires na Argentina, sem previsão de regresso da operação.

A Inframerica lembra que o uso da máscara é obrigatório e indispensável. O passageiro pode ser impedido de embarcar se não estiver usando o acessório. A concessionária ainda recomenda que o usuário busque informações com a companhia aérea antes da sua viagem para entender quais são as exigências feitas pela empresa e os protocolos adotados em cada país.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT