Companhias aéreas cancelam quase 700 voos nos EUA: falta de funcionários

As companhias aéreas dos Estados Unidos cancelaram quase 700 voos nesta segunda-feira (27), enquanto lutam para acompanhar o aumento na demanda de viagens em meio à falta de funcionários, de pilotos a tripulantes.

O total de cancelamentos de voos às 07h07 (horário de Brasília) era de 669, de acordo com o site de rastreamento de voos Flightaware.com. Quase 860 voos foram cancelados no domingo.

Delta Air Lines, United Airlines e Republic Airlines tiveram mais de 100 cancelamentos cada, enquanto o American Airlines cancelou 51 voos no início de segunda-feira.

As empresas não responderam imediatamente a um pedido de comentário.

Na Europa, os recentes problemas nos aeroportos foram atribuídos à falta de trabalhadores, já que muitos deles foram demitidos durante a pandemia e abandonaram o setor ao optarem por esquemas de trabalho flexíveis e outras ocupações.

Até mesmo a agência de aviação dos Estados Unidos, a FAA, enfrenta escassez de mão de obra.

A FAA aceitou na semana passada pedido da United para temporariamente reduzir voos no aeroporto de Newark. A companhia aérea citou no pedido obras no aeroporto e problemas com pessoal de controle de tráfego aéreo.

A Airlines for America, um grupo comercial, disse na sexta-feira que a FAA precisa garantir uma equipe adequada de controle de tráfego aéreo para evitar mais interrupções nas viagens de verão. (Agências Internacionais)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial