Evento da UNESCO de Economia Criativa, em Santos, propõe soluções às cidades

Expo Creative Cities, que acontece em Santos, conta com estandes das secretarias de Cultura e Turismo de 11 cidades brasileiras

Começou nesta segunda-feira (18), em Santos -SP, a Expo Creative Cities, evento da UNESCO que promove a economia criativa e cria uma rede de cidades integradas para o desenvolvimento da criatividade.

por Paulo Atzingen, de Santos*

O evento, que ocorre entre os dias 18 e 22 de julho no Centro de Convenções de Santos, conta com a participação de 11 cidades. São elas: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Campinas Grande (PB), Curitiba (PR),  Florianópolis (SC), Salvador (BA), Santos (SP), Paraty (RJ), João Pessoa (PB), Recife (PE), Fortaleza (CE). Brasília, considerada uma cidade criativa, não participou. 

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, esteve da abertura e foi entrevistado pelo DIÁRIO. Ele também participou de uma entrevista coletiva.

“Estamos hoje recebendo cidades do Brasil e do mundo todo para compartilhar experiências, para poder trocar impressões e principalmente para estabelecer os passos e os pactos para o futuro da economia criativa do Brasil e em todo o mundo. Não tenho dúvida de que todos nós estamos aqui porque reconhecemos a economia criativa como um instrumento de transformação e de empregabilidade para o futuro das nações e também do nosso país”, disse Rodrigo Garcia.

Visão lateral do estande de Santos, no Expo Creative Cities, em Santos-SP.
11 municípios, como Santos, participam da Expo Creative Cities com estande (Crédito: DT)
Criatividade na Prática

Em entrevista ao DT, Rodrigo falou sobre a capacidade que o brasileiro tem de resolver as questões sociais e econômicas com a criatividade: “Capacidade total. Porque além de sermos criativos, nós precisamos ser inovadores, aplicar a criatividade na prática. Procurar, com tentativas de acertos e erros, melhorar a qualidade de vida”, explicou.

Rodrigo Garcia, governador de São Paulo, foi entrevistado por Paulo Atzingen, editor-chefe do Diário do Turismo, e falou sobre a criatividade dos brasileiros.
Rodrigo Garcia, governador de São Paulo, é entrevistado por Paulo Atzingen, do Diário do Turismo (Foto: Paulo Marques).

“Nós temos várias ações no estado para estimular essa inovação, como por exemplo, o programa que a gente apoia startups, e trazer soluções para os problemas que o governo enfrenta. É dessa forma, com criatividade e simplicidade que a gente pode buscar solução para problemas complexos da burocracia brasileira. Então, muito simbólico a realização deste seminário aqui em Santos, chamando a atenção do mundo para o Brasil. Tem a economia criativa cada vez mais forte, cada vez mais preponderante na estrutura econômica nacional”, complementou.

O governador lembrou que o governo de São Paulo tem políticas públicas voltadas à economia criativa, e apoiou a realização deste evento. A Expo Criative Cities também contempla o seminário da Unesco, que acontece pela primeira vez na América Latina, e a cidade escolhida foi Santos.

Redução do ICMS do etanol e economia para a população

Durante a entrevista coletiva, Rodrigo adiantou que o governo de São Paulo reduziu o ICMS do etanol para todo o território paulista: ” A alíquota do ICMS, que era de 13,2%, passou a ser 9,57%. Com isso, nós vamos alcançar dois objetivos: o primeiro deles é reduzir o preço do etanol na bomba dos postos de combustível, diminuindo assim o custo de vida dos paulistas. E o segundo grande objetivo é manter a indústria do etanol competitiva em São Paulo. Nós somos responsáveis por metade da produção de álcool e açúcar do país, portanto, qualquer desequilíbrio na competitividade desse setor ia afetar muito o emprego e renda no nosso estado”, justificou.

Então, houve a redução da alíquota, “reduzindo o preço do etanol e mantendo a produção de etanol e de açúcar competitiva no nosso estado de São Paulo, e com isso mantendo o emprego e gerando renda no interior do estado”, completou.

Segundo Garcia, a mudança deve ocorrer de 3 a 6 dias  e orientou que o consumidor fique atento aos preços praticados anteriormente e aos preços que serão praticados com a nova alíquota, para resguardar seu direito de pagar o preço justo.

Confira o vídeo:

Criatividade para enfrentar os problemas

Por fim, o DIÁRIO também perguntou à Rodrigo a respeito da quantidade de criatividade necessária para enfrentar problemas que afetam a sociedade e também o turismo, como é o caso da Cracolândia.

“Quantidade ilimitada. Quanto mais criatividade e inovação nós pudermos ter, melhor. Na Cracolândia, nós temos um problema focado de dependência química e de polícia para traficante. É essa a perseverança que eu tenho na Prefeitura de São Paulo, nas iniciativas de dar tratamento a quem precisa e prender os traficantes. É perseverança, resiliência, que faz com que a gente possa resolver problemas históricos do nosso país e das nossas cidades”, afirmou.

“Os desafios depois da pandemia aumentaram, no Brasil e no mundo todo: se a gente observar as cidades mais ricas do mundo, nós estamos vendo a volta dos moradores de rua, a volta dessas áreas específicas de dependência química, então nós temos que fazer uma grande aliança, governo e sociedade, para enfrentar esses problemas que depois principalmente do COVID, voltaram a assolar o mundo todo”, finalizou.

Autoridades de Turismo e da Política de São Paulo e Santos-SP participaram da abertura do Expo Creative Cities, em Santos-SP, e posaram para uma foto.
Vinícius Lummertz (Scretário de Turismo e Viagens de São Paulo), Paulo Alexandre (Prefeito de Santos-SP), Rodrigo Garcia, (Governador de São Paulo), Selley Storino (Secretária de Turismo e Economia Criativa), e demais autoridades na abertura do evento. (Foto: Paulo Atzingen / Diário do Turismo).
Estandes e programação variada

No estande da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de SP serão divulgados os programas do Governo de São Paulo que impulsionam as artes, a cultura e a economia criativa no Estado: ProAC, Juntos pela Cultura, Projeto Guri, Oficinas Culturais, Fábricas de Cultura 4.0, CriativeSP, BibliOn, #CulturaEmCasa.

Além do estande, a secretaria irá promover uma série de atividades paralelas, como apresentações de artistas beneficiados pelos equipamentos culturais estaduais. Na quarta-feira (20), das 9h às 11h, haverá a apresentação do Cria SP – Cidades Criativas como estratégia de desenvolvimento.

Hino Nacional das Cidades Criativas executado pelo projeto comunitário Arte no Dique de Santos, CONFIRA:

Essa é uma das linhas do programa Juntos pela Cultura, que busca potencializar o setor cultural e de economia criativa do Estado, por meio de chamadas públicas para os municípios.

*O jornalista viaja convidado pelo Visite Santos e fica hospedado no Bourbon Santos Convention Hotel


Serviço:

EXPO Cidades Criativas Brasileiras
Aberto ao público
De 18 a 22 de julho, de segunda a sexta, das 10h às 19h
Local: Centro de Convenções Blue Med – Praça Almirante Gago Coutinho, 29, Ponta da Praia, Santos-SP.
Para mais informações, acesse o site.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial