França endurecerá regras para viajantes do Reino Unido

A França reforçará os controles sobre os viajantes que chegam da Grã-Bretanha após um aumento acentuado nas infecções ligadas à variante do coronavírus Omicron, disse o governo nesta quinta-feira (16).

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


As medidas incluem a redução da validade dos testes de antígeno e PCR para 24 horas a partir de 48 horas para os viajantes que chegam e limitar as razões para viajar da Grã-Bretanha para a França.

“Vamos colocar em prática um controle…” ainda mais drástico do que o que está em vigor atualmente”, disse o porta-voz do governo Gabriel Attal à televisão BFM.

“Turismo e viagens de negócios para pessoas que não são franceses nem europeus, pessoas que não são residentes franceses serão limitadas”, disse ele.

Essas restrições até agora se aplicavam apenas a viajantes não vacinados da Grã-Bretanha.

“Nosso objetivo é limitar o máximo possível a disseminação do Omicron em nosso território”, disse Attal, acrescentando que atualmente houve 240 casos confirmados de Omicron na França.

Os últimos números divulgados na quarta-feira mostraram que novas infecções pelo COVID-19 no Reino Unido atingiram o maior nível diário desde o início de 2020 da pandemia, com mais de 78.000 relatados.

A França reportou nesta quarta-feira 65.713 novas infecções por coronavírus ao longo de 24 horas, elevando o total de casos desde o início da epidemia para 8,4 milhões. O total de mortes na França desde o início da epidemia chegou a 120.983

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial