Nem todos os hotéis pet friendly entregam o que prometem

Viajar com nossos pets é uma delícia, não é mesmo? Mas escolher a hospedagem perfeita pode não ser tão simples assim.

por Sharlene Irente (Textos e fotos)*


A maioria dos brasileiros possuem animal de estimação, o IBGE já confirmou que a quantidade de cães nas famílias brasileiras supera a de crianças, e cada vez mais eles são considerados parte da família.

Frente a essa demanda é crescente a quantidade de hotéis e pousadas que passam a ser pet friendly, ou seja, aceitam pets. Mas é importante pesquisar e avaliar bem na hora de programar sua viagem.

Hotel pet friendly não é tudo igual, e receber é muito diferente de aceitar, por isso procure saber sobre a política pet friendly do hotel antes de fazer sua reserva.  trouxemos algumas dicas para te ajudar a fazer uma boa escolha e ter uma viagem incrível com seu pet.

- Advertisement -

Bom, antes de escolher a hospedagem escolhemos o destino, e será que este destino é adequado ao pet?

Algumas perguntas para se fazer antes de definir um destino para viajar com pets:

  • A intenção é ficar apenas no hotel/pousada, ou sair e conhecer a cidade? Se for sair para conhecer a região é preciso avaliar se os demais lugares também aceitam pets, como passeios, atrações turísticas e restaurantes.
  • O hotel permite que o animal fique sozinho no quarto? Alguns hotéis não permitem que os animais fiquem sozinhos nos quartos, neste caso é importante assegurar que sua toda sua programação será adequada para ele.

Possíveis restrições

Muitos hotéis tem restrição de tamanho e aceitam apenas pets de pequeno ou médio porte, alguns só permitem que circulem no colo. Também podem existir limitações de raças, então certifique-se antes de fazer a reserva.

Se você, assim como eu, possui mais de um pet, confirme se há restrições para quantidade de animais, a maioria dos hotéis possui restrições neste sentido.

Bob curtindo o que ele mais gosta, trilha e cachoeira, na na Pousada Pegada da Onça

 

Atenção aos procedimentos de higiene e segurança. Em tempos de Covid se tornou normal a preocupação com os protocolos de higiene, mas isso deve se estender aos pets também. Os hotéis costumam exigir carteira de vacinação atualizada, e isso é bem importante, assim como a utilização de antiparasitários e repelentes. Faça sua parte, ok?

Procure saber sobre a estrutura física do hotel e se ela se adequa a sua necessidade e do seu pet. Detalhes como escadas podem ser complicados se você tem um animal idoso e com restrição de mobilidade, por exemplo. Meus pets não têm problemas em subir ou descer escadas, mas já me hospedei em uma casa onde a escada não tinha corrimão ou proteção, e uma das minhas filhas de quatro patas é bastante atrapalhada. Resultado, acabei passando o final de semana inteiro subindo e descendo a escada com ela (que tem 19kg) no colo, nada que tenha atrapalhado a viagem, mas minhas costas poderiam ter sido poupadas se eu tivesse tido mais atenção.

Alguns hotéis cobram taxas extras para os pets, esteja atento e evite surpresas.

Verifique se há local para fazer as refeições junto do seu pet. A maioria dos hotéis não permite a entrada de animais nos restaurantes, mas alguns possuem mesas em áreas externas, ou locais separados onde é possível fazer as refeições ao lado do seu melhor amigo. Em outros locais é preciso deixar o pet no quarto enquanto faz as refeições, neste caso analise se o seu peludo é tranquilo e acostumado a ficar sozinho em lugares desconhecidos. Cuidado com hotéis onde não há lugar para fazer as refeições com seu pet, e também não é permitido deixá-lo sozinho no quarto. Pode parecer contraditório, mas isso acontece, e você corre o risco de acabar ficando sem o café da manhã.

Procure por locais que sejam adequados a rotina do seu pet. Aqui os meus filhos de quatro patas dormem no meu quarto, e por isso só vamos a hotéis onde eles fiquem conosco. Enquanto que cães que estejam acostumados a dormir no quintal, longe dos tutores, podem ficar bem dormindo em um canil. Cada caso é um caso, avalie o que é o ideal para você e para seu pet.

Cindy em um tour no Hotel Fazenda Areia que Canta

Não acredite apenas nas fotos que vê nas redes sociais

Uma das críticas mais comuns que recebo é de pessoas que veem fotos do hotel no Instagram, com cachorros soltos pelo espaço, goldens lindos e enormes correndo, pulando na piscina, e quando chegam não é bem assim. Não podem circular com os cães soltos, não podem usar a piscina, ou mesmo não recebem cães acima de determinado tamanho. Isso infelizmente acontece e muito, por isso é importante ler sempre a política pet friendly do hotel, se tiver dúvidas, consulte antes.

Tenha bom senso e ajude a ganharmos cada vez mais espaços pet friendly. Ter cães educados e bom senso durante as viagens com pets é fundamental para que tenhamos cada vez mais opções pet friendly. Tome cuidado com as instalações do hotel, não deixe nenhum tipo de sujeira, evite barulhos excessivos, impeça qualquer dano aos materiais do hotel e respeite a equipe e demais hóspedes. É nossa responsabilidade como tutores mantermos um bom convívio em todos os locais que frequentamos, para que possamos ser bem recebidos sempre.

Alguns hotéis e pousadas possuem atrações especiais para os pets, como trilhas, pet play, e até mesmo piscinas. Não é demais?

Bella curtindo a piscina da Pousada Gaia Viva

 

 

 

Compartilhe com um amigo:

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sharlene Irentehttps://www.caomigo.com.br/
Apaixonada por animais, por viagens e pela natureza, Sharlene é mãe dedicada de quatro vira-latas lindos e bagunceiros. É bacharel em Psicologia pela Universidade Braz Cubas, pós-graduada em Psicologia Organizacional pela Universidade Mogi das Cruzes e MBA em Gestão de Negócios pela ESAMC. Sharlene já traz em sua bagagem uma boa experiência. Montou há três anos a Cãomigo, empresa de eventos e viagens pet friendly

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Exclusivo: Lemontech da Maringá Turismo abre vagas para 14 desenvolvedores de TI

    A Lemontech, empresa responsável pela gestão de viagens corporativas da Maringá Turismo abre vagas para 14 desenvolvedores de TI. REDAÇÃO DO DIÁRIO Essa informação, exclusiva, foi...

    Sim ou Não?: um basta à procrastinação!

    CONSELHO EDITORIAL DO DT O dia a dia de cada um de nós, não importa o ramo em que se atua, pede decisões. O modus...

    Brasileiros irão viajar na primeira oportunidade, mostra pesquisa

    “Mais de 150 milhões de brasileiros já foram imunizados com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19", lembra o ministro do Turismo...

    Recife abre inscrições para o 9º Ciclo de Atualização dos Guias de Turismo

    A atualização é exclusiva para Guias de Turismo e é necessário comprovação com número de registro no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) Edição...

    Hotel Rio Othon Palace é palco de Festival Português

    Evento acontece até o dia 2 de novembro de 2021 de quinta a domingo, das 19h às 23h Edição DIÁRIO com agências A culinária portuguesa é...

    Canela (RS) realiza Festival de Gastronomia & Vinhos

    O evento faz parte da programação paralela do 34º Sonho de Natal e é uma realização da Blue Show e da Abrasel - Associação...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing