Secretário de Turismo de São Luís (MA), Saulo Santos: “Somos também um destino de praia e sol, de esportes náuticos e de aventura”

Prestes a completar um ano à frente da Secretaria Municipal de Turismo de São Luís, Saulo Santos recebeu o DIÁRIO DO TURISMO em seu gabinete, na capital do Maranhão. Nesta entrevista, concedida à jornalista Patrícia de Campos, Saulo falou das principais ações à frente da pasta, como a transformação do Museu de Gastronomia e a Campanha ‘Eu Amo São Luís”. “Queremos mostrar que São Luís é também um destino de praia e sol, de esportes náuticos e de aventura, sem nos esquecermos, é claro, da nossa riqueza cultural e histórica”, disse à reportagem.

REDAÇÃO DO DIÁRIO (com reportagem de Patrícia de Campos)


Em menos de um ano no cargo, o secretário se destaca como realizador e já acumula algumas premiações. Uma delas é o prêmio de “Melhor Secretário Municipal de Turismo do Brasil”, concedido pela ABBTUR (Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo). “Receber esse prêmio tem um significado muito importante, já que é o reconhecimento de um histórico profissional, de uma trajetória, e da obtenção de resultados com compromisso e como base a honestidade, ética responsabilidade junto ao serviço público, que tem visto o meu trabalho desenvolvido em São Luís. Esse prêmio é uma motivação para que nosso trabalho sirva como exemplo”, disse Saulo.

Além dessa distinção, o secretário recebeu o Prêmio Nobre, oferecido pela colunista maranhense Maddalena Nobre; o The Best, do Jornalista Nedilson Machado e o Prêmio Carpedim, concedido a empresários, artistas e  personalidades que contribuem para o desenvolvimento do país e que se destacam nas áreas de responsabilidade social, cultural, empresarial e promoção de serviços para a sociedade.

Saulo Santos: “várias parcerias foram feitas para o aprimoramento dos resultados”

Ênfase na Identidade cultural

Esses prêmios se devem, obviamente, a realizações palpáveis à frente da pasta.

Sua secretaria de turismo foi uma das oito primeiras premiadas do Desafio Turistech Brasil, competição realizada pelo Ministério do Turismo em parceria com a Wakalua Innovation Hub, e OMT , que tem como objetivo revelar projetos inovadores. Na prática, a prefeitura de São Luís implantou o QR Codes em  hotéis, restaurantes e equipamentos turísticos, facilitando a localização e oferecendo informações precisas sobre a cidade para os turistas e moradores.

“Fizemos uma nova formatação do roteiro da cidade, levando os visitantes para os “segredos históricos”, percorrendo ruas do centro antigo, onde encontram personagens, lendas, música e dança. Há também o roteiro “Quilombo Urbano”, apresentando um resgate cultural e histórico, com ênfase na identidade cultural e história dos habitantes da ilha”, enumera o executivo.

“Todo nosso trabalho está baseado em quatro pilares: cultura, patrimônio histórico, gastronomia e pessoas”, comenta Saulo.

Saulo lembra que várias parcerias foram feitas para o aprimoramento dos resultados, como a Cooperação técnica da startup “UP” na área de pesquisas; com o Instituto Federal de Santa Catarina, para aplicação de uma metodologia premiada de turismo, a “Tour Qual” e com a Universidade Estadual do Maranhão, que abriu cinco vagas de mestrado em geografia para os servidores da secretaria.

Confira as imagens:

Museu Acessível

“Uma das nossas principais ações foi a transformação do Museu de Gastronomia Local em um museu acessível, com tour em libras e áudio guia, e também o projeto “São Luís Pôr do Sol”, que acontece na área do Espigão Costeiro, com música, entretenimento e lazer. Lá o turista pode assistir ao pôr do sol, ao som da Banda da Guarda Municipal, sempre com a apresentação posterior de um artista local, além da exposição de artesanato”, conta o secretário.

Saulo Santos explica que a Campanha ‘Eu Amo São Luís”, objetiva alcançar o sentimento de pertencimento dos moradores. Ele aponta como fundamental a capacitação de atores do turismo local que interagem diretamente com os turistas como os GCMs (guardas civis municipais), os motoristas, os vendedores ambulantes, entre outros, por meio do projeto “Multiplicadores da Hospitalidade”, relata. “São várias ações realizadas pela secretaria, além da participação em 11 feiras do trade turístico no ano de 2021”, revela.

Pôr do Sol Musical, no Espigão Costeiro da Ponta D’Areia (Crédito: Kayo Souza)

“Queremos mostrar que São Luís é também um destino de praia e sol, de esportes náuticos e de aventura, sem nos esquecermos é claro, da nossa riqueza cultural e histórica e nosso título de Patrimônio Mundial”, comenta o secretário.

“Em menos de um ano conseguimos realizar 70% do que prometemos em nosso plano de governo, certamente muitas novidades virão pela frente”, conclui.


Quem é Saulo Santos?

 

Saulo Santos é Doutor em Gestão Urbana (PUCPR) e Geografia (UFPR). Professor do Departamento de Turismo e Hotelaria na Universidade Federal do Maranhão. Professor Permanente do Programa de Mestrado em Geografia, Natureza e Dinâmica do Espaço da Universidade Estadual do Maranhão. Professor da Universidad San Buenaventura (Cali – Colômbia). Coordenador do Observatório do Turismo da cidade de São Luís. Líder do Grupo de Pesquisa Turismo, Cidades e Patrimônio. Editor Chefe da Revista Turismo e Cidades. Finalista no Prêmio Nacional do Turismo 2019 (categoria Academia).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT