Suíça não exigirá testagem para entrada no país

Pais Europeu anuncia que não será mais necessário teste para entrada e reduz prazo de validade do certificado COVID

Edição DIÁRIO com agências

A partir de sábado (22), não haverá mais a obrigatoriedade do teste RT PCR ou antígeno para os brasileiros completamente vacinados para entrar na Suíça.

Será prorrogada até 31 de março as medidas de proteção, mantendo obrigatório o uso de máscaras em alguns ambientes e distanciamento social. Veja as regras e sinalizações espalhadas pela cidades suíças:

2G: Permitido somente vacinados ou recuperados com uso de máscara. Não é aplicável para menores de 16 anos.

2G+: Permitido somente vacinados ou recuperados nos últimos 4 meses ou vacinados ou recuperados apresentando um teste negativo. Não é aplicável para menores de 16 anos.

3G: Vacinados, recuperados ou testados.

Resumindo as informações importantes aos brasileiros com destino à Suíça

●   Após a segunda dose da vacina é permitida a entrada no país no mesmo dia.

  Os imunizados com a vacina do laboratório Janssen precisam aguardar 22 diasapós a data da vacinação para embarcar.

●  Necessário que a última dose da vacina (ou dose única) tenha sido nos últimos 12 meses.

●  Caso o viajante tenha a intenção de seguir a partir da Suíça para outros países, serão válidas as regras do país de destino.

●   Ao entrar na Suíça os contatos dos viajantes serão solicitados para controle de dados.

●  Crianças de até 16 anos acompanhada pelos pais são isentas de comprovação de vacinação.

● Passageiros entre 16 e 18 anos não precisam apresentar o certificado de imunização, somente teste PCR negativo válido dentro das 72 horas. Menores de 18 anos não vacinados ainda não estão autorizados a entrar no país desacompanhados.  

●  Para passageiros em trânsito/ conexão é necessário verificar as regras com a cia aérea.

●  Para entrada no país: para a comprovação de vacinados brasileiros, basta apresentar o comprovante de vacinação juntamente com o passaporte. Necessário conter as informações:  nome, data de nascimento, data da vacina, nome da vacina administrada e nome e endereço do local de vacinação. Qualquer documento válido em território nacional é aceito. 

●  Para retornar ao Brasil é necessário sempre apresentar o teste PCR negativo emitido em menos de 72 horas ou antígeno em menos de 24 horas.

● Brasileiros completamente imunizados com as vacinas aprovadas pela  Agência Europeia de Medicamentos: providenciar um certificado COVID  digital, disponível para estrangeiros vacinados com uma vacina aprovada  pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

●    Brasileiros vacinados com a Coronavac: solicitar o certificado COVID, porém será válido por 30 dias de permanência na Suíça, a partir do trigésimo primeiro dia será necessário testagem para a aquisição do certificado – teste PCR negativo emitido em menos de 72 horas ou antígeno em menos de 48 horas.

O governo suíço desenvolveu uma página com informações dedicadas de acordo com nacionalidade de cada turista: https://travelcheck.admin.ch.

Importante: o governo suíço também reduziu a quarentena aos positivados de 10 para 5 dias, porém lembrando que é necessário o teste negativo para deixar o isolamento.

PC

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial