Centro de neve na Patagônia Chilena abre temporada em julho

(Edição do DT com agências)

No próximo dia 1º de julho estará aberta a temporada do Centro de Neve Bosque Nevado da Reserva Biológica Huilo Huilo, para aqueles que dão seus primeiros passos nos esportes de inverno ou que querem, simplesmente, ver neve pela primeira vez, caso de muitos brasileiros. De julho a setembro, o Centro de Neve oferece atividades como esqui, randonée (caminhada que permite descobrir as belezas de inverno da Reserva), snowboard, tubbing (um “tobogã de neve” de 250 metros) e percursos feitos em motos de neve.

As opções de lazer em neve são para todos os gostos, passando por caminhadas pelos bosques até atividades mais radicais. Um dos passeios mais indicados é andar com raquetes de neve na montanha do Vulcão Mocho-Choshuenco, localizado dentro da Reserva. A saída é em uma van 4×4 e, ao chegarem à base da montanha, os turistas encaixam as raquetes de neve nos sapatos e iniciam uma bela caminhada entre um bosque centenário de coihues e lengas (árvores típicas da região) até chegarem ao mirante coberto de neve e com vistas incríveis de outros três vulcões.

O Trekking pelos Vulcões tem como principal atrativo conhecer o complexo vulcânico Los Volcancitos e, no caminho, passa por cachoeiras e pelo Lago Pirehueico. O “carro chefe” da Reserva é o Salto Huilo-Huilo, alcançado por uma trilha que acompanha o curso do Rio Fuy onde é possível checar de perto a famosa cachoeira com 40 metros de altura.

O percurso do Portal Huilo Huilo até o Bosque Nevado dura em média uma hora e é feito por um traslado da reserva. Durante a temporada, o Centro de Neve fica aberto diariamente, das 9h às 17h, de acordo com as condições climáticas.

Acesso à reserva

Para chegar até Huilo Huilo, o acesso mais fácil é pelo aeroporto de Temuco, que possui uma média de cinco voos diários partindo de Santiago. A partir daí, o trajeto até a reserva pode ser feito por transfer em um percurso que dura cerca de 3 horas (190 Km). Outra opção, para quem está na Argentina, é pegar um transporte saindo de San Martin de Los Andes (próximo a Bariloche), cidade que fica a 86 km de distância, onde a reserva também mantém um hotel. No caminho da Argentina até a reserva é preciso fazer a travessia pelo Lago Pirehueico, que dura aproximadamente uma hora e meia, o que torna a viagem ainda mais bela.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

O fim da crise e o novo normal. Mas nem tão novo assim. (LEIA ou OUÇA!)

por Otávio Novo* No turismo , ou em qualquer atividade, a gestão de riscos e crises se apresenta como uma organização ampla e contínua, com...

Rede Blue Tree oficializa sua cooperação com profissionais da Saúde

A rede Blue Tree Hotels oficializou nesta quinta-feira (9) sua participação na guerra contra o coronavírus e abre seus hotéis no Brasil para receber...

Costa Cruzeiros amplia a pausa voluntária de cruzeiros até 30 de maio

A Costa Cruzeiros amplia a pausa voluntária de seus cruzeiros até o dia 30 de maio. Devido à prolongada situação de emergência ligada à...

Novotel Itu apoia órgão de Saúde e assistenciais do município de Itu (SP)

Na manhã da última quarta-feira (8) o Novotel Itu Golf & Resort localizado em Itu, realizou um café da manhã especial para profissionais de...

15 filmes relacionados ao tempo para ver na quarentena

Diante da pandemia do novo coronavírus, o isolamento social já é realidade de muitos países, inclusive do Brasil. Para lidar com esta situação, é...

Palavra da Presidente do GCVB: Pleitos da hotelaria em defesa do setor de turismo em Guarujá

Em razão do novo coronavírus (Covid-19), por determinação do Governo do Estado de São Paulo, o período de quarentena foi prorrogado até o próximo...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias