Victoria Altez, representante do Turismo do Chile no Brasil: “O pisco também atrai turistas”

REDAÇÃO DO DT

Victoria Altez aponta a divulgação de destinos pouco conhecidos dos brasileiros no Chile como um dos principais focos de seu trabalho que, a partir dos números divulgados no ano passado, tem apresentado bons resultados. A uruguaia que representa o turismo do Chile no Brasil cedeu entrevista ao DIÁRIO DO TURISMO falando sobre a relação com operadoras, novos produtos, a relação da famosa bebida com o turismo no destino, entre outros assuntos. Confira:

DIÁRIO – Vitória, o Chile reivindica a paternidade do Pisco. Como você analisa isto?

VICTORIA ALTEZ – Isso tem mais a ver com uma questão de patrimônio, trabalhada a nível de governo. Como um patrimônio cultural do Chile, o pisco atrai turistas também, com regiões produtoras e nós exploramos isso do lado turístico, mas a parte da reivindicação é uma questão trabalhada pelo governo diretamente, não tem a ver com o escritório de turismo.

DIÁRIO – Qual a expectativa de entradas de brasileiros este ano (ou primeiro semestre) no Chile?

VICTORIA ALTEZ – Ainda não temos meta definida e não temos números para divulgar das metas desse ano, porém lhe conto que 2015 foi muito bom!

O ano passado foi um dos melhores anos para a industria turística chilena. Durante os 12 meses chegaram 4,4 milhões de turistas estrangeiros no país, 21,9% a mais que na temporada anterior, posicionando o Chile entre os 10 países com maior crescimento turístico do mundo.

Durante 2015 mais de 153 mil brasileiros foram ao Chile para vivenciar uma experiência na neve e na Cordilheira dos Andes.

DIÁRIO – Quais são as ações do Turismo Chile para promover o país? Alguma campanha, alguma nova estratégia?

VICTORIA ALTEZ – Para este ano, em relação ao que foi feito no ano passado, trabalhamos campanhas cooperadas com algumas operadoras de turismo, que, para nós, é um tipo de parceria e aliança para alinhar a promoção do destino com a possibilidade de converter isso para vendas, com as operadoras aliadas.

Fazemos bastantes campanhas, desde o ano passado ao consumidor final, que envolvem ações em shopping centers, por exemplo, com promoções que davam ao ganhador o direito a uma viagem ao Chile, ações que atingem diretamente este público têm sido uma prioridade para nós.

DIÁRIO – O Chile tem destinos bastante conhecidos dos brasileiros, como Santiago, Atacama, Região dos Lagos, Ilha de Páscoa e Valparaiso. Vocês trabalham na divulgação de destinos alternativos dentro do país?

VICTORIA ALTEZ – Este é um dos objetivos e uma das missões que o Turismo do Chile tem para o mercado brasileiro e trata-se de fazer o brasileiro descobrir outros lugares dentro do Chile. Há locais que o brasileiro não conhece tanto, como o arquipélago de Chiloé. Temos também algumas campanhas que trabalham e incentivam os brasileiros a conhecerem outros destinos. Além de Chiloé, temos lugares como uma reserva biológica, chamada Huilo Huilo, Pucón é um destino que já está bem posicionado, tem algumas novidades, alguns hotéis novos, está se renovando. Na região Sul do Chile, principalmente, há muitos locais que o brasileiro ainda não conhece, e temos como missão explorar estes destinos. No Norte temos como exemplo a região de La Serena, um local que além de produzir Pisco, as pessoas vão praticar a meditação.

Aos poucos incentivamos os operadores a ter estes produtos na prateleira para oferecerem, e junto com isso trabalhamos a parte de campanhas e anúncios.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Ronaldo Albertino, da Hotel Care, faz prognósticos do setor: “a regra vai ser fechar as contas no zero a zero”

Quando iremos retomar a normalidade da atividade econômica, em especial as atividades hoteleiras? por Paulo Atzingen*Uma recente enquete do Bradesco BBI (Banco de Investimento da...

Decidido: ABIH-SC transfere 33ª edição do Encatho & Exprotel para agosto de 2021

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina ABIH-SC, informou na tarde desta terça-feira sua decisão de transferir a 33ª edição do...

Jornalista: um escritor que navega pelas correntezas do verossímil

Por Paulo Stucchi*Recordo-me de um professor – daqueles que marcam a vida da gente numa época em que queremos abraçar o mundo, mas não...

Vila Galé apoia MP 936/2020 que preserva empregos e renda de colaboradores

Em comunicado emitido na manhã desta terça-feira (7), o grupo português Vila Galé congratula-se com as primeiras medidas aprovadas pelo Governo Federal brasileiro de...

Cabe negociação coletiva se houver suspensão contratual durante pandemia

As empresas deverão notificar os sindicatos da intenção de suspender temporariamente contratos e de realizar corte salarial. É o que determina o ministro Ricardo Lewandowski, do...

Obras no Largo do Boticário do JO&JOE são iniciadas

As obras de revitalização e transformação das cinco casas que constituem o histórico Largo do Boticário, no Cosme Velho, zona Sul do Rio de...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias