Brasileiros com cidadania portuguesa podem empreender nos EUA

De acordo com uma proposta de legislação aprovada pela Comissão Judiciária da Câmara dos Representantes do congresso norte-americano, brasileiros com cidadania portuguesa têm a chance de poder empreender e residir nos Estados Unidos com o visto E-2. A iniciativa, chamada de “Advancing Mutual Interests and Growing Our Sucess Act” (AMIGOS Act) formaliza a abertura de duas categorias de vistos de negócios para cidadãos portugueses nos EUA.

Agências com EDIÇÃO DO DIÁRIO

————————-

Para o advogado Vinícius Bicalho, Mestre em Direito no Brasil e nos Estados Unidos e CEO da Bicalho Consultoria Legal – empresa especializada em migração, internacionalização de negócios e franquias – apesar do visto E-2 conceder residência apenas temporária no exterior, abre portas para que o requerente estenda o visto periodicamente, atuando de fato como um visto permanente.
“A oportunidade é um ótimo recurso para empresários e investidores que querem apostar no mercado estadunidense. Com a eventual promulgação da legislação, quem é cidadão português passará a ter acesso aos vistos E-1 e E-2. Vale explicar que a categoria “E” de vistos americanos é voltada para pessoas de países com os quais os Estados Unidos mantêm tratados de comércio e navegação e até o momento Portugal não fazia parte da lista”, conta.
Após ser aprovada pela Comissão Judiciária da Câmara dos Representantes do congresso norte-americano, a proposta deve seguir para o Senado e – sem for bem-sucedida – enviada para o Presidente Donald Trump para promulgação.

A importância da dupla cidadania:

Para Rafael Gianesini, CEO da Cidadania4u, primeira empresa brasileira criada com o objetivo de auxiliar usuários a obter a cidadania italiana de forma transparente e prática e em um ambiente 100% online, possuir uma dupla cidadania – principalmente no caso de países da União Europeia – pode abrir muitas portas para quem deseja empreender.
“Os passaportes europeus são, em geral, ‘mais poderosos’ do que o brasileiro, e por isso, concedem entrada facilitada em um número maior de países, mas também tem uma questão de economia importante. Isso porque na maioria do casos, é preciso investir um valor muito maior como brasileiro do que como cidadão da União Europeia, para iniciar um negócio”, detalha.
Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Bolsa qualificação beneficia turismo de Foz do Iguaçu e preserva 4,5 mil empregos

Foz do Iguaçu vem adotando diversas medidas para preservar empregos e amenizar o impacto social provocado pela pandemia no novo coronavírus (Covid-19). Uma delas...

Portugal recebe o Selo ‘Safe Travels’ do World Travel & Tourism Council

Este selo visa reconhecer destinos que cumprem protocolos de saúde e higiene alinhados com os Protocolos de Viagens Seguras emanados pelo WTTC, ajudando, sobretudo,...

Os  Embaixadores do Rio e a retomada do turismo fluminense

Bayard Do Coutto Boiteux*O Rio  de Janeiro com a pandemia causada pelo Covid-19 passa o pior momento de sua história turística nas últimas décadas....

Prefeito de São Sebastião oficializa Área de Proteção Ambiental Baleia Sahy

Nesta sexta-feira (5), o prefeito do município de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou o decreto que regulamenta o Plano de Manejo da Área de...

União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho

A União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho e começará a suspender as restrições a viagens fora do bloco...

Accor amplia programa Plant for the Planet agora para a Colômbia

Para reforçar seu objetivo com a preservação ambiental e preocupação com os insumos que utiliza em seus hotéis, a Accor anuncia no Dia Internacional...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias