Rio de Janeiro reúne a vanguarda do vinho chileno em evento

Responsáveis por uma verdadeira revolução no mundo dos vinhos, produtores do movimento denominado Novo Chile desembarcam em agosto no Rio de Janeiro. Entre os dias 13/08 e 17/08, participam da primeira edição do Novo Chile Wine Week, evento que reunirá representantes de sete vinícolas, classificadas entre as melhores do país latino-americano. Na programação, o Premium Tasting, degustação livre de todos os vinhos participantes servidos por seus próprios enólogos, Degustação Dirigida na ABS-Rio, Master Class no encontro anual do Fórum Enológico mais antigo do Brasil, o VAM, e jantares em diferentes restaurantes da cidade, onde vão ser apresentados rótulos exclusivos, ainda não comercializados no Brasil. Para compra de ingressos (já à venda) e  detalhes sobre a programação, basta acessar o site www.wineweek.com.br .

EDIÇÃO DO DIÁRIO e agências

Novo Chile

O Chile é reconhecido como berço de vinhos de qualidade e acessíveis, e tem no Brasil um de seus maiores importadores. Nos últimos anos, surge um grupo de produtores que vem dando o que falar, e representa o que alguns especialistas já consideram a vanguarda do vinho latino-americano.

O grupo é formado por pequenas vinícolas dedicadas a trabalhar a partir de novos métodos e estilos de vinificação. Além da alta qualidade, elas trabalham em busca de identidade. Para isso, investem em modelos de produção mais livre e sustentável, exploram áreas e terroirs selvagens (latitudes e sistemas de plantação extremos)ou mesmo produzem a partir de videiras centenárias que constituem um patrimônio vitivinícola até então desprezado.

Como resultado, rótulos exclusivos, em quantidades limitadas, com DNA próprio que refletem o clima, a geografia, o solo e a interação de cada um desses produtores com os recursos naturais de suas regiões.

“O brasileiro já é um grande consumidor do vinho chileno e neste evento queremos apresentar uma outra cara da vitivinicultura do País. Somos pequenos produtores, dedicados a produzir de maneira sustentável e estamos convencidos de que a qualidade dos nossos vinhos vai surpreender. Decidimos realizar a primeira edição da Novo Chile Wine Week no Rio de Janeiro porque os cariocas merecem um lugar de maior relevância no âmbito nacional e temos certeza de que irão abraçar esse projeto”, comenta David Giacomini, curador do evento e único brasileiro entre os produtores participantes.

VINÍCOLAS E CATEGORIAS

Novo Chile Wine Week reunirá sete vinícolas premiadas, classificadas entre as 125  melhores do Chile pelo crítico britânico Tim Atkin, Master of Wine e uma das personalidades mais influentes do mundo do vinho. Elas foram divididas em três categorias:

  • Categoria Terroir Extremos – A expressão se refere às diferentes formas e condições mais extremas de produção. As vinícolas classificadas nessa categoria estão em novas fronteiras vitivinícolas, ocupam os terrenos de forma diferenciada, “estressam” as videiras, garantindo vinhos mais concentrados, e têm seus vinhedos plantados em locais onde antes não se pensava plantar.

Vinicola Trapi – Localizada no começo da Patagônia Chilena e no limite geográfico de onde é possível produzir uva, produz o Pinot Noir mais austral do Chile.

Vinho em destaque no evento: Trapi Pinot Noir

Enólogo: Rodrigo Romero

Vinícola Villalobos – Com videiras centenárias criadas soltas no meio do mato, a Vinícola Villalobos se destaca pelo vinhedo mais próximo de seu estado natural, sem intervenção humana e colheita feita com escadas em cima das árvores.

Vinhos em destaque no evento: Villalobos Carignan, Lobo Carménère e Zorrito Salvaje

Enólogo: Martin Villalobos

Vinícola La Recova – A La Recova fica na região mais fria do Vale de Casablanca e tem suas plantações em ladeiras empinadas de tirar o fôlego, com videiras separadas por apenas 80 cm. É o vinhedo de Sauvignon Blanc de maior densidade de plantação do Chile.

Vinhos em destaque no evento: Avid Sauvignon Blanc e Obstinado Rosé Demi-sec

Enólogo: David Giacomini

  • Categoria Clássicos Reinterpretados – As vinícolas incluídas nesta categoria fazem uma leitura diferente dos clássicos Cabernet Sauvignon, Merlot, Carménère e blends de uvas tintas. O formato artesanal de produção, com mínima intervenção, resulta em vinhos de alta qualidade.

Vinícola Laura Hartwig – A vinícola familiar localizada no Valle de Colchagua é uma das mais premiadas da atualidade. Tem 145 hectares plantados de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Carménère, Malbec, Syrah e Petit Verdot, com uma viticultura sustentável e de baixo impacto. Seu vinho Edición de Familia  está classificado entre os 100 melhores vinhos do Chile. Reconhecida por fazer o melhor Cabernet Franc e o melhor Petit Verdot do Chile

Vinhos em destaque no evento: Laura Hartwig Edición de Familia (blend de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Petit Verdot), Selección del Viticultor (Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Petit Verdot, todos com um mínimo de 12 meses de estágio em barricas), Single Vineyard (Cabernet Sauvignon e Carménère)  e Laluca (Malbec e Merlot)

Enólogo: Renato Czischke

Vinícola Alchemy – Eleita a melhor vinícola de pequenas produções do Chile e também o melhor Carménère no Catad´Or de Santiago.

Vinhos em destaque no evento: Alchemy Gran Cuvee e Parroné Syrah

Enólogo: Eduardo Camerati

Vinícola OWM– Esta vinícola de pequeníssima produção está localizada no Vale de Panamá em Colchagua, local  que possui um microclima que a diferencia dos demais vinhedos da mesma região.

Vinhos em destaque no evento: OWM Handmade (blend único de seis castas com estágio de 15 meses em barricas de carvalho) e Pillo de Panamá (blend de Cabernet-Syrah criado em tanques de cimento)

Enólogo: José Antonio Bravo

  • Categoria Castas Patrimoniais – Essa categoria se refere   a um movimento de resgate do patrimônio vitivinícola do Chile, com valorização das videiras antigas e originais do país

Vinícola Bowines – Videiras de Carignan centenárias (do tempo em que o Cabernet Sauvignon e o Merlot não eram moda) estão sendo resgatadas e trabalhadas por esta premiadíssima vinícola de produção em pequena escala.

Vinhos em destaque no evento: Carae (vinho revelação da Guia Descorchados), Malcriado (blend de Cabernet Sauvignon e Carignan), Fillo Carignan, Fillo Malbec

Enólogo: Alvin Miranda

 

De 13/08 a 17/08

Ingressos e programação: www.wineweek.com.br

Informações: (21) 96937-3622

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Ação social: trade turístico de Porto de Galinhas doa 10 toneladas de alimentos

A crise causada pela proliferação do novo coronavírus fez com que todo comércio não essencial de Porto de Galinhas obedecesse as recomendações do Governo...

WZ Hotel Jardins segue determinação do governo de SP e estende pausa nas operações

Localizado na capital paulista, o WZ Hotel Jardins anuncia que vai prorrogar a suspensão temporária de suas operações até o dia 30 de abril....

Presidente executivo da Ubrafe apresenta ao DIÁRIO os prognósticos de perdas do setor

O presidente executivo da União Brasileira dos promotores de Feiras - Ubrafe, Armando Campos Mello, atendeu ao pedido do DIÁRIO e apresentou uma panorâmica...

Iata: declínio de passageiros em fevereiro foi maior que o de 11 de setembro de 2001

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) anunciou os resultados globais do tráfego aéreo de passageiros de fevereiro de 2020, com a demanda (medida...

Governador de São Paulo estende quarentena até dia 22: “respeitamos a ciência, não fazemos achismos”

O governador de São Paulo, João Doria, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (6) no Palácio dos Bandeirantes, estendeu o período de quarentena no...

Vida pós-crise, como será? – por Gaudêncio Torquato

Há muitas questões no ar e qualquer previsão sobre o amanhã será uma precipitação. Mas a cadeia de eventos que se sucedem nesses dias...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias