Sucesso do Invino Wine Travel Summit mostra potencial do segmento de enoturismo

A segunda edição do Invino Wine Travel Summit reuniu ontem em São Paulo cerca de 150 agentes selecionados e fornecedores de vários países.


Por Amadeu Castanho*


Aconteceu na última segunda-feira (11), no Hotel Unique em São Paulo a edição de 2022 do Invino Wine Travel Summit, evento que durante o dia todo reuniu mais de uma centena de agentes e operadores de turismo para uma nutrida agenda de palestras, workshops, reuniões e degustações tendo como tema o enoturismo.


O evento foi aberto por Jean-Philippe Pérol, sócio da Cap Amazon e idealizador do evento, Manuel Flahault, diretor da Air France / KLM, e Davide Marcovitch, presidente do grupo Chandon LVMH, que destacaram o potencial do segmento que associa viagens e vinho.


Na primeira conferência do dia, Sylvie Cazes, presidente da Fundação para a Cultura e as Civilizações do Vinho, apresentou o complexo Cité du Vin, localizado na cidade francesa de Bordeaux, na afamada região vinícola da Borgonha.


A seguir, Nicolas Kovalenco, diretor de hospitalidade da Vinícola Garzón, localizada em Maldonado, no Uruguai, detalhou as inúmeras oportunidades que o empreendimento oferece de experiências oferecidas para os visitantes e relacionadas ao cultivo de uvas e oliveiras para a produção de vinhos e azeites.


Uma ampla programação abrangendo 18 workshops permitiu entender mais sobre as oportunidades da associação de viagens e vinhos, a cultura relacionada à bebida e suas inúmeras curiosidades, como no caso de uma palestra inteiramente dedicada apenas à cortiça e a sua importância para a preservação das qualidades dos vinhos.


Além disso, os agentes puderam ter reuniões individuais com dezenas de destinos e empresas da França, Espanha, Uruguai, Argentina, Chile e Brasil, podendo conhecer melhor a ampla oferta do segmento e entender as oportunidades e experiências que podem oferecer para os seus passageiros.


A profunda ligação entre o mundo do vinho e a alta gastronomia, pôde ser entendida na prática durante o almoço de quatro passos especialmente preparado pelo chef Emmanuel Bassoleil e harmonizado com cinco vinhos da região da Borgonha.


No final da tarde, uma interessante Master Class apresentada pela Giordani Turismo apresentou na prática alguns dos produtos da Região Uva e Vinho da Serra Gaúcha, com a presença de enólogos representando os produtores apresentados, entre grandes empresas como Salton e Miolo e produtores artesanais como Cristofoli, Caineli e Lovara.


A degustação de bebidas marcou diversos outros momentos do evento, começando pelos “Chandon Breaks” regados a champagne e terminando um coquetel com vinhos da Vinícola Garzon, do Uruguai harmonizados com queijos da França, que encerrou a programação.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial