Adonai Aires de Arruda, da Serra Verde Express: “Turismo  Ferroviário é um universo sem fronteiras”

Senado Federal deverá votar ainda no primeiro semestre deste ano o PLS 216/2018, que trata do Novo Marco Legal das Ferrovias. Esse assunto tem relação direta com o Turismo Ferroviário Brasileiro e com as empresas que desenvolvem atividades ligadas ao segmento. Uma dessas empresas é a Serra Verde Express, que tem como presidente Adonai Aires de Arruda.

REDAÇÃO DO DIÁRIO


Nesta entrevista exclusiva concedida ao editor do DIÁRIO, jornalista Paulo Atzingen, Adonai fala que além do problema de infraestrutura, os equipamentos ferroviários são muito caros, o que faz a diferença entre sonho e realidade “Hoje temos problemas de qualidade de nossas vias permanentes, tudo é muito caro em ferrovia. A diferença entre o sonho e a realidade promove o arquivamento de muitos projetos”, diz na entrevista.

Mesmo com todos esses entraves, Adonai adianta que a Serra Verde acredita no turismo ferroviário e continuará investindo e buscando oportunidades neste setor. “Hoje, após 24 anos, construímos credibilidade e padrão internacional e com nossa Operadora BWT, deixamos nosso universo sem fronteiras”, afirma. Confira abaixo a entrevista completa:

DIÁRIO – Adonai, ainda no primeiro semestre deste ano o Senado Federal deve votar o PLS 216/2018, que trata do Novo Marco Legal das Ferrovias. Em que esse Novo Marco pode auxiliar no segmento dos Trens Turísticos no Brasil?

Este PLS tem muito foco no transporte de cargas, obviamente que no futuro reflexos positivos ou negativos poderão ser decorrentes da postura da concessionária, já que até então passageiros e turismo foram tratados em segundo plano. O setor enfrenta uma falta de ambiente regulatório que poderá ser melhorado com o PLS garantindo o compartilhamento de via com cargas em valores de contraprestação, que sejam viáveis economicamente para o turismo ou até mesmo acompanhados pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre).

DIÁRIO – Em 2019, segundo informações da Associação Brasileira das Operadoras de Trens Turísticos e Culturais (Abottc), cerca de 3 milhões de passageiros fizeram viagens de trem pelo Brasil. Em 2020, os números reduziram devido à pandemia do Covid-19. Qual sua expectativa para 2021?

A pandemia continua e já afetou significativamente a alta temporada.

DIÁRIO – Vocês anunciaram recentemente o retorno do Trem Caiçara, a histórica Maria Fumaça que circula entre as cidades de Morretes e Antonina, no litoral paranaense. Como foi essa união entre a  Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e Serra Verde Express? Quais foram as ações de cada uma?

O entendimento vem de uma união de expertises. A Serra Verde tem muita experiência comercial e na elaboração de pacotes turísticos. A ABPPF com seu excelente trabalho especialista em restauro, manutenção e preservação, propicia a garantia de um produto tecnicamente e historicamente interessante. Montamos pacotes com os trens inseridos, sacudimos os operadores e agentes de viagem, ampliamos a divulgação dos pacotes ferroviários e conquistamos aumento de nosso portfolio e propiciando receita garantida à ABPPF, excelente parceria.

DIÁRIO – Adiante aos leitores do DIÁRIO sobre esse novo trecho entre Itu e Salto, no interior de São Paulo? É uma concessão? Quais as etapas para entrar em operação? Já existem equipamentos? Conte-nos os detalhes.

O consórcio intermunicipal CITREM, criado pelos dois municípios efetuou um procedimento licitatório, acreditando na região e nas possibilidades de desenvolvimento. Disputamos essa licitação e vencemos. Inauguramos a operação em 19 de dezembro de 2020.

Efetuamos uma ação social na região entre os dias 20 e 22 e iniciamos a operação dia 23 com sucesso, principalmente no carro Pet Friendly. Face a pandemia, reiniciamos e já paramos três vezes e, agora, esperamos poder continuar pelo menos de sexta a domingo, até as coisas normalizarem.

São três vagões um homenageando Prudente de Morais, um Dona Olimpia e outro Anselmo Duarte, sendo com tarifas e serviço  diferenciados  e os moradores tem 50% de desconto.

Um carro tem acessibilidade, um é pet friendly. A capacidade total é de 140 lugares, mas face a pandemia, vimos atuando com 40% de lotação, obviamente com todos cuidados protocolares e um sistema muito importante e eficaz de desinfecção. A concessão é por 15 anos renováveis e, também, procedemos a manutenção da via.

A empresa Serra Verde Express opera no trecho Curitiba-Morretes (Crédito: divulgação)

DIÁRIO – Quais os gargalos que impedem que o Brasil seja uma potência no turismo ferroviário? O senhor pode apontar algumas soluções?

São vários, mas o problema maior é a infraestrutura como um todo. Hoje temos problemas de qualidade de nossas vias permanentes. Tudo é muito caro em ferrovia. A diferença entre sonho e realidade, promove o arquivamento de muitos projetos. A capacitação no turismo é outra luta constante.

A pandemia está trazendo a oportunidade da regionalização e, quando devidamente sedimentada ficará enraizada.

Entre as dificuldades do setor existe uma falta de ambiente regulatório que poderia ser melhorado com esse PLS (PLS PLS 216/2018)  garantindo o compartilhamento de via com cargas em valores de contraprestação, que sejam viáveis economicamente para o turismo ou até mesmo acompanhados pela ANTT.

DIÁRIO – Quais são suas perspectivas para o turismo ferroviário no Brasil? 

A Serra Verde com todas as dificuldades burocráticas, que travam a iniciativa privada, acredita no turismo ferroviário e continuará investindo e buscando oportunidades neste setor.

Após 24 anos, construímos credibilidade e padrão internacional e com nossa Operadora BWT deixamos nosso universo sem fronteiras.

Temos vários planos, temos processos, temos profissionalização e capacitação frequente. Isto nos impulsa a continuar a trajetória pois em nossa história e em nossa gestão já transportamos 4 milhões de passageiros.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Tive a felicidade de viajar no vagão pet friendly da Serra Verde Express, de Curitiba a Morretes, a viagem é sensacional! Atendimento da equipe e estrutura impecáveis, além claro, da paisagem maravilhosa da Serra do Mar. Uma experiência inesquecível!

Comments are closed.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial