Carlos Jacobina: namoro, noivado e casamento de 28 anos

This Content Is Only For Subscribers

Please subscribe to unlock this content. Enter your email to get access.
Your email address is 100% safe from spam!

Ficamos de queixo caído com os casamentos longevos, relacionamentos duradouros como o aço. Aquelas pessoas que contrariam tudo e todos e desafiam o tempo, varam décadas juntos e comemoram bodas de prata, ouro e até diamante.

Por Paulo Atzingen

O Facebook tem nos ajudado a descobrir essas exceções, admirá-las e (no fundo) ter até um pouco de inveja.

Esta semana um outro relacionamento de aço pipocou no Facebook. O de Carlos Jacobina.

Há exatos 28 anos, Carlos Jacobina começou seu namoro. Noivou, casou e teve filhos.

Jacobina é de Monte Aprazível, extremo oeste do Estado de São Paulo. Essa base interiorana de Carlos, ligada às tradições e às raízes paulistas talvez tenha a ver com sua alicerçada trajetória profissional e fidelidade. Saiu cedo de casa, acompanhando o pai engenheiro da Camargo Corrêa que corria o mundo brasuca com a plantação de grandes obras de infraestrutura.

“Meu pai viajava muito e só fui parar em São Paulo aos 15 anos”, revela nesta entrevista por telefone.

Ainda solteiro, Jacobina mochilou pela Europa. “Passei alguns anos da década de 90 em Londres. Fiz um curso de turismo por lá ao lado de colegas que viviam em meio ao “fog””, brinca ao se referir ao nevoeiro londrino. “Quando voltei, falei para mim mesmo que iria trabalhar com algo que gostasse profundamente”, revelou.

Namoro

No dia dia 1º de janeiro de 1994, Carlos Jacobina é contratado como recepcionista no Novotel Morumbi. “Eu tinha 27 anos e o meu inglês tinindo me ajudou muito”, diz o hoteleiro que em pouco tempo já estava trabalhando no setor de vendas cuidando dos hóspedes da Fórmula 1.

É evidente que Jacobina não deixaria de revelar, na entrevista, o papel de cupido que uma amiga representou para que aquele relacionamento desse certo. “A Vania de Paula, que era ex-funcionária da Transbrasil deu minhas referências ao Sérgio Luppi, que à época era diretor da Accor. O gerente geral (o Angeloni), me contratou”, recorda.

O crachá de recepcionista de Carlos (Arquivo Pessoal)

Jacobina nos conta que a sede da Accor era ao lado do Novotel Morumbi e ele volta e meia esbarrava em diretores como Roland de Bonadona,  Jean Maurice Larcher, José Firmin e outros ícones.   “Um dia encontrei o diretor de operações, na época era o Francisco Esteves, e perguntei, na lata: “Como eu faço para ser gerente geral?”.

A resposta, conta Jacobina era a clássica: “Faça um curso de hotelaria”. Ele assim o fez, na extinta Faculdade Hebraico Brasileira Renascença.

Com o canudo em mãos, mas ainda como  Trainee, Jacobina conta que ficou rodando as unidades acompanhando a abertura dos hotéis ibis.

Noivado

O noivado de Carlos Jacobina foi na Bahia, exatamente na Costa do Sauípe, como gerente-assistente. “Era aquela virada de milênio, anos 1999 – 2000, foi um aprendizado, além de muito emocionante”, conta.

Carlos Jacobina: “um aprendizado emocionante”

Firme no relacionamento, voltou para São Paulo e abriu e gerenciou uma outra penca de ibis, até ir para o Grand Mercure Ibirapuera.

A nossa casa é onde o nosso coração estiver’, escreveu Saint-Exupéry. E foi lá, na rua Joinville, 515 (Ibirapuera), que entre 2007 e 2013 o coração de Jacó ficou. ““Nós fizemos a transição do Grand Mercure Ibirapuera para o Pullman em 2012”, data.

Antes de ser convidado para abrir o Novotel Novotel Itu Terras de São José Golf & Resort, lá em Itu, interior de São Paulo, em 2018, Carlos Jacobina trabalhou com Abel Castro (hoje VP de Desenvolvimento da Accor).

Filhos

“As aberturas dos hotéis são inesquecíveis. Trazer a marca Pullman para o Brasil, abrir os ibis, o ibis em Salvador, contratar equipes, ver uma obra entregue, colocar a coisa para funcionar. Ver o Novotel Itu nascer, tudo isso foi e está sendo muito legal”, contou-me o hoteleiro.

Com essa filharada no mundo, aberturas, conversões, lançamentos e inaugurações, Carlos Jacobina completou no último dia 1º de janeiro seus 28 anos de casamento com a rede de hotéis Accor. São suas bodas de Hematita!!!

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT