Entidades da Sociedade Civil que arrecadam doações – veja como ajudar!

O DIÁRIO integra os veículos de imprensa que participam desta guerra contra o coronavírus. Abaixo, uma lista de entidades da sociedade civil que arrecadam doações para ajudar no combate ao coronavírus. Veja como ajudar.

Fogão na Rua: projeto que atende moradores de rua de São Paulo desde 2016. Uma vez por mês, voluntários do grupo distribuem refeições, produtos de higiene (escova e pasta de dentes, sabonete, papel higiênico e absorvente), cobertores e roupas para pessoas de rua. Neste mês, o projeto começou a distribuir álcool em gel. Saiba como participar aqui.

UNICEF: no Brasil, o fundo está fazendo a ponte entre empresas que querem doar itens de saúde e higiene e as comunidades mais vulneráveis em todo o país. O fundo também está focando esforços na disseminação de informações confiáveis para a população, em especial famílias com crianças. E está trabalhando com governos, empresas e sociedade civil para mitigar o impacto da crise e garantir a continuidade dos serviços – saúde, educação, assistência social e proteção contra a violência – adaptados à nova realidade. Pessoas físicas e empresas que quiserem doar podem entrar em contato pelo site ou pelo telefone 0800 605 2020.

Fundo Emergencial para a Saúde: o Fundo Emergencial para a Saúde recebe doações em dinheiro que serão repassadas aos seguintes hospitais públicos e instituições de ciência e tecnologia envolvidas com o combate ao coronavírus: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Fundação Faculdade de Medicina e Comunitas. Saiba como doar.

Ação da Cidadania: o movimento social faz arrecadações de comida e produtos de higiene que devem ir para 4 mil família de comunidades pobres do Rio e da Baixada Fluminense – vindas de empresas e pessoas, as doações somam 40 toneladas. Na quarta-feira (25), a doação virou jantar na casa de muitas famílias da Ilha do Governador, Zona Norte do Rio. Saiba como doar.

Fundo emergencial da Gerando Falcões: a Rede Gerando Falcões abriu um fundo emergencial para garantir a alimentação de pessoas pobres. A organização atua em periferias e favelas de São Paulo com projetos de esporte e cultura para crianças e adolescentes, e de qualificação profissional para jovens e adultos. O dinheiro poderá ser usado por famílias que receberão um cartão para a compra de alimento. Saiba como doar.

Central Única das Favelas: a Central Única das Favelas busca apoio para moradores de comunidades. As doações podem ser feitas em dinheiro por meio de contas bancárias e/ou vaquinha online. Os recursos serão usados para comprar alimentos e itens de higiene, como sabão em pó, sabonete e papel higiênico. Saiba como doar.

Hospital São Paulo: o Hospital São Paulo pede doações de materiais como máscara, álcool gel, aventais e óculos de proteção. O objetivo é atender os profissionais da instituição, que também solicita ajuda com dinheiro. Materiais devem ser encaminhados para o seguinte endereço: Rua Borges Lagoa, 570. O funcionamento é das 7h às 18h. Informações para as doações são encontradas neste link.

Unicamp: a universidade criou o Núcleo de Voluntariado para que os interessados possam ajudar em tarefas que incluem desde atendimentos telefônicos a pessoas isoladas até forças tarefas para buscar doações financeiras, de bens e produtos para a área de saúde da Unicamp. Saiba como ajudar.

#juntostransformamos: campanha criada pela corretora XP para arrecadar recursos para a compra de alimentos. As arrecadações serão encaminhadas para famílias prejudicadas por falta de trabalho durante o período de isolamento. Saiba como doar aqui.

UFMG: A UFMG, junto com o Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG) e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), faz campanha de financiamento coletivo para arrecadar recursos para aquisição de medicamentos, insumos, equipamentos e serviços destinados aos hospitais de Clínicas da UFMG, Risoleta Tolentino Neves e UPA Centro-Sul, os dois últimos gerenciados pela Universidade e pela Fundep. Saiba como doar.

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo: residentes e profissionais de outras áreas criaram o movimento #VemPraGuerra, que tem o objetivo de arrecadar até R$ 10 milhões para a instituição. O dinheiro será usado para adquirir insumos necessários para a proteção de funcionários e pacientes. Informações para as doações são encontradas neste link.

Espalhe Cestas: iniciativa do Movimento Maisha e que atende a região da Grande Belo Horizonte. Através de uma “vaquinha” online, o grupo pede doações, em dinheiro. O montante arrecadado é destinado à compra de cestas básicas que são distribuídas em comunidades da região. Segundo o grupo, em média, cada cesta básica ao custo de R$ 100,00 reais atende uma família de 4 pessoas durante um mês. Saiba mais aqui.

Movimento de Luta nos Bairros Vilas e Favelas: a organização lançou uma campanha nacional para arrecadar produtos de higiene, alimentos e dinheiro para ajudar quem vive em comunidades e bairros periféricos. Em Belo Horizonte, as doações devem ser feitas em dois postos: na Ocupação Carolina Maria de Jesus (rua Rio de Janeiro, 109, centro) e Creche Tia Carminha (Avenida Perimetral, 154, Barreiro).

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Bolsa qualificação beneficia turismo de Foz do Iguaçu e preserva 4,5 mil empregos

Foz do Iguaçu vem adotando diversas medidas para preservar empregos e amenizar o impacto social provocado pela pandemia no novo coronavírus (Covid-19). Uma delas...

Portugal recebe o Selo ‘Safe Travels’ do World Travel & Tourism Council

Este selo visa reconhecer destinos que cumprem protocolos de saúde e higiene alinhados com os Protocolos de Viagens Seguras emanados pelo WTTC, ajudando, sobretudo,...

Os  Embaixadores do Rio e a retomada do turismo fluminense

Bayard Do Coutto Boiteux*O Rio  de Janeiro com a pandemia causada pelo Covid-19 passa o pior momento de sua história turística nas últimas décadas....

Prefeito de São Sebastião oficializa Área de Proteção Ambiental Baleia Sahy

Nesta sexta-feira (5), o prefeito do município de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou o decreto que regulamenta o Plano de Manejo da Área de...

União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho

A União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho e começará a suspender as restrições a viagens fora do bloco...

Accor amplia programa Plant for the Planet agora para a Colômbia

Para reforçar seu objetivo com a preservação ambiental e preocupação com os insumos que utiliza em seus hotéis, a Accor anuncia no Dia Internacional...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias