Grupo Privé investirá R$ 811 milhões em quatro novos hotéis

(Edição do DIÁRIO com agências)

O Grupo Privé anuncia detalhes de seu plano de expansão. Com investimentos de R$ 811 milhões, a companhia entregará quatro novos empreendimentos entre 2017 e 2019 na região de Caldas Novas, incluindo três resorts de alto padrão. Com esses projetos serão acrescidos 1.351 apartamentos à atual oferta hoteleira de 2 mil unidades, número que já é o maior na região de águas quentes.

A divisão de hospitalidade responde por 43% do faturamento do grupo, que atua também nas áreas de entretenimento, cotas e loteamentos imobiliários, construção civil e mineração. “A presença cada vez mais constante de Caldas Novas no mapa de férias dos brasileiros, aliada ao crescimento de 37,5% do faturamento da nossa divisão de hotelaria nos últimos três anos, foi determinante para viabilizarmos essa expansão”, reforça Marco Aurélio Palmerston, vice-presidente do grupo.

De 2013 para 2015, a receita hoteleira saltou de R$ 40 milhões para R$ 55 milhões, com projeção de atingir R$ 67 milhões em 2016. No ano passado, mais de 750 mil clientes hospedaram-se em seus seis empreendimentos.

Projetos

Com previsão de entrega no primeiro semestre de 2017 e investimentos de R$ 220 milhões, o Ilhas do Lago Eco Resort será o primeiro resort do Grupo Privé, às margens do Lago de Caldas. Serão 360 apartamentos, distribuídos em uma área de 72,6 mil m², e quatro ilhas de entretenimento.

Para o segundo semestre do próximo ano, está prevista a entrega do Alta Vista Thermas Resort, situado no ponto mais alto de Caldas Novas, com uma vista panorâmica da cidade. Neste empreendimento, o grupo está investindo R$ 125 milhões. São cinco torres com seis andares cada, três piscinas com bordas infinitas, infantil, três ofurôs, spa, fitness center, salas de jogos para adultos e crianças, playground, cinema e uma área gastronômica, construídas em uma área de 29.102 m².

No fim de 2019 será a vez do Praias do Lago Eco Resort, também na região do Lago de Caldas e que reunirá 517 apartamentos configurados com um ou dois quartos, em uma área de 41.095 m². A estrutura, orçada em R$ 321 milhões, contempla ainda parque aquático adulto e infantil, piscina de hidromassagem, decks molhados, área de eventos, kids club, playground, cinema, fitness center e salão de jogos.

O Varandas Thermas Park, por sua vez, será um hotel de lazer para na região central. Abrigará 219 apartamentos, sauna, cinema, sala de jogos, brinquedoteca, piscina com borda infinita, deck molhado e quadra poliesportiva, em uma área de 28.965 m². Neste empreendimento o investimento foi de R$ 145 milhões e a finalização das obras está programada para janeiro de 2019.

Os quatro novos hotéis vão ao encontro da maior projeção de Caldas Novas, que ganhou espaço no top 10 das operadoras nacionais e já recebe uma média de 3,5 milhões de turistas por ano – movimento estimulado pelos visitantes regionais. O destino também conta com 12 voos semanais.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT