Japão nega que as Olimpíadas sejam canceladas

TÓQUIO (Reuters) – O Japão se manteve firme na sexta-feira em seu compromisso de sediar as Olimpíadas de Tóquio este ano e negou um relatório de um possível cancelamento, mas a promessa parece improvável de diminuir a preocupação pública sobre a realização do evento durante uma pandemia.

Embora grande parte do Japão esteja em estado de emergência devido a uma terceira onda de infecções por COVID-19, os organizadores das Olimpíadas de Tóquio prometeram prosseguir com os Jogos reprogramados, que devem começar em 23 de julho após terem sido adiados por um ano por causa do coronavírus.

Um porta-voz do governo disse que “não há verdade” em uma reportagem do jornal britânico Times de que o governo concluiu que os Jogos teriam de ser cancelados.

O Times, citando um membro sênior não identificado da coalizão governante, disse que o foco do governo agora está em garantir os Jogos de Tóquio no próximo ano disponível, 2032.

“Vamos negar claramente o relatório”, disse o vice-chefe do gabinete, Manabu Sakai, em entrevista coletiva.

Mais tarde, o chefe do Comitê Olímpico do Japão, Yasuhiro Yamashita, disse à Reuters que o relatório era falso e “uma invenção”.

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse que não houve conversa sobre o cancelamento ou adiamento das Olimpíadas e que um protesto deveria ser feito contra a reportagem do Times.

O comitê organizador dos Jogos também negou o relatório, dizendo em um comunicado que seus parceiros, incluindo o governo e o Comitê Olímpico Internacional (COI), estavam “totalmente focados” em sediar os jogos conforme programado.

“É muito decepcionante ver que o Times está desenvolvendo uma história semelhante a um tablóide com uma fonte não confiável”, disse uma fonte do comitê organizador à Reuters.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial