Ministério do Turismo anuncia repasses da Cultura para Estados e DF

Recursos integram os R$ 3 bilhões definidos pela Lei Aldir Blanc para ajudar o setor durante a pandemia
EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

O Ministério do Turismo anunciou na sexta-feira (31) os valores que serão repassados aos estados e Distrito Federal para construir ações emergenciais de apoio ao setor cultural e seus trabalhadores durante a pandemia de coronavírus. O recurso, no valor de R$ 3 bilhões, foi estabelecido pela Lei 14.017/2020, mais conhecida como Lei Aldir Blanc, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em 29 de junho. O dinheiro será repassado aos estados e municípios que têm a responsabilidade de fazer a distribuição.


De acordo com a lei, metade dos R$ 3 bilhões é destinada aos estados e Distrito Federal. O valor foi definido por uma equação que considerou: 20% dos critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE) e 80% em relação à proporção da população. Já o cálculo dos valores que serão passados aos municípios considerou: 20% de acordo com os critérios de rateio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e 80% em relação à proporção da população.

O recurso poderá ser usado para pagamento de renda emergencial mensal aos trabalhadores da cultura – R$ 600 pelo período de três meses -, subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais – entre R$ 3 mil e R$ 10 mil – e iniciativas de fomento cultural, como: editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural e outros instrumentos destinados à manutenção de agentes, espaços, iniciativas, cursos, produções, entre outros. Para as ações de fomento foi definido um percentual mínimo de 20%, o equivalente a R$ 600 mil.

“Essa é uma resposta clara às críticas injustas, com o viés político-partidário, que o governo vem sofrendo desde o início da pandemia. Como o presidente Bolsonaro orientou, estamos trabalhando dia e noite para garantir que nenhum brasileiro fique para trás e essa é uma realidade também na Cultura”, comentou o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio.

Os valores serão transferidos do Fundo Nacional da Cultura, administrado pelo Ministério do Turismo, preferencialmente para os fundos estaduais, municipais e distritais de cultura. No caso de não haver fundo para a realização da transferência, o dinheiro poderá ser repassado para outros órgãos responsáveis pela gestão desses recursos.

“É de amplo conhecimento de todos que o setor cultural foi um dos mais afetados pela situação da pandemia e a lei é um compromisso do governo em socorrer o setor e os seus profissionais neste momento delicado. Tenho absoluta convicção de que o conjunto de ações que estamos desenvolvendo terá uma resposta positiva de todo o setor”, afirmou o secretário especial da Cultura, Mário Frias.

CADASTRO – Toda a operacionalização dos repasses será feita por meio da Plataforma + Brasil. Por isso, é importante que os gestores estaduais e municipais detectem os usuários que possuem o perfil de gestor de convênios. O gestor deve estar atento para em breve entrar na Plataforma, cadastrar o plano de ação e indicar a agência de relacionamento no Banco do Brasil para onde será feita a transferência. O estado/município deverá enviar um relatório de gestão e recolher os recursos não aplicados em um prazo de até 180 dias.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Projeta Rocinha, no Rio, tem cinema projetado no Morro Dois Irmãos

    A maior favela da América Latina está sendo palco de uma iniciativa cultural inédita: o Projeta Rocinha. Em tempos de #FiqueEmCasa, a iniciativa que...

    Nova Lei de Falências e Recuperações Judiciais entra em vigor neste domingo

    Legislação, que entrará em vigor no país a partir de 24 de janeiro, dará mais fôlego às empresas, torna mais viável o pedido de empréstimos...

    Novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro são anunciados

    Foram anunciados na tarde desta sexta-feira (22) o nome dos 26 novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro. O evento vem ano a...

    Turismo Sustentável começam a ser gerados na Grande Reserva Mata Atlântica

    Negócios de turismo sustentável e produção de natureza localizados nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo serão impactados pelo primeiro Centro de...

    Operadoras não vendem 50% do que venderam no mesmo mês de dezembro, em 2019

    Um balanço apresentado na tarde desta sexta-feira (22) pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo - Braztoa - aponta que o faturamento referente às...

    Pierfrancesco Vago nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association (CLIA)

    Uma nota da MSC Cruzeiros acaba de informar que seu presidente honorário Pierfrancesco Vago foi nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association...

    Relacionadas

    Open chat