Seguro contra cancelamento de viagem cresce no mercado

A empresa de seguros Ifaseg afirma que em 2014 o mercado triplicou a procura por apólices que oferecem proteção contra cancelamentos de viagem. Segundo Mário Gasparini, diretor da empresa, os prejuízos com este tipo de evento já são maiores do que a soma das perdas com extravios de bagagem e acidentes pessoais com passageiros, “que constituem episódios mais conhecidos e tradicionalmente cobertos por apólices de seguro”.

De acordo com a Ifaseg, a expansão dos cancelamentos decorre do fato de que o consumidor passou a adquirir viagens com antecedência cada vez maior. “Inúmeros imprevistos podem acontecer entre o momento da compra da passagem e a data de embarque”, observa Gasparini.

O que o mercado de seguros já oferece

Waldir de Menezes, também diretor da Ifaseg, diz que as apólices mais tradicionais de seguro contra cancelamento contemplam apenas casos de morte, invalidez ou internação hospitalar por três dias ou mais. “Contudo, a própria Ifaseg desenhou uma nova proteção que contempla vários tipos de causas, desde pequenos eventos como gripes e resfriados. As coberturas também abrangem o companheiro de viagem, ainda que não haja grau de parentesco”, conta.

O executivo também informa que, na ocorrência do cancelamento, a apólice não apenas garante o reembolso do viajante como também evita desgastes entre a empresa e o consumidor, em função da aplicação de multas. Conforme Waldir, o seguro apresenta excelente relação entre custos e benefícios. “Representa cerca de 2% do valor de uma viagem de 8 dias para a Disney, por exemplo”.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial