Bahia se protege do coronavirus no fim de semana, mas sem restrições a resorts e hotéis

As novas medidas restritivas no Estado da Bahia começam a ter validade a partir das 17 horas desta sexta-feira (26) até às 5h da segunda-feira (1º). Ficarão suspensas todas as atividades que não estejam relacionadas à saúde pública, alimentação e segurança em toda a Bahia. O DIÁRIO conversou com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia – ABIH-BA, Luciano Lopes, para saber qual o impacto dessas restrições nos hotéis, pousadas e resorts.

REDAÇÃO DO DIÁRIO


“Esse decreto não atinge diretamente a atividade hoteleira, pois como ficou definido desde o início da pandemia, os hotéis tem uma particularidade de serviço e o poder público sempre teve uma sensibilidade para isso, não restringindo sua atividade”, afirma Luciano ao DIÁRIO. “Os hóspedes que já estão nos hotéis, ou que fizeram reserva permanecem nos hotéis. Não mudou nada”, afirma.

Segundo ele, os hotéis seguem rigorosos protocolos de higiene e limpeza, auditados por empresas de  segurança. “Essas medidas dos nossos hotéis passam uma forte garantia aos clientes, hóspedes, fornecedores e colaboradores. Vai ser um final de semana com restrições à atividades noturnas. Mas o baiano e o soteropolitano já vem se adaptando aos novos tempos”.

Segundo Luciano, as exigências da Secretaria de Saúde do Estado estão sendo seguidas pela população, principalmente porque os efeitos estão nos números de infectados e baixas hospitalares, lamenta. “O decreto de restrição para este fim de semana não foi novidade”, afirma.

Lopes acrescenta que a crise pandêmica deflagrou o turismo horizontal, sol e praia. “De uma forma geral os resorts estão tendo um desempenho muito bom. O verão de uma forma geral já tem um movimento muito bom. Com a pandemia as pessoas procuram locais horizontais. Turismo aberto, muito espaço, o sol e mar”, enumera.

Luciano Lopes, presidente da ABIH-Bahia (Crédito: divulgação)

O executivo ainda lembra que tem viajado pela Bahia e visitado estabelecimentos hoteleiros e o que tem visto é um comprometimento de lideranças e equipes com a saúde e a segurança de seus hóspedes “Durante essa pandemia estive em dois resorts, um na Praia do Forte e outro na Costa do Sauípe e o que se vê é um profissionalismo de alto nível. Desde abril do ano passado estamos trabalhando junto aos hoteleiros, contribuindo com os protocolos de segurança, fazendo a ponte com entidades certificadoras, como o Bureau Veritas, criando uma cultura de segurança muito rápida”, explica.

Luciano ainda não possuía o balanço da hotelaria baiana no mês de fevereiro, mas citou alguns números de janeiro deste ano. “Tivemos um  aumento da Diária Média (R$ 371,79) em relação a janeiro de 2020 (R$349,11). Isso refletiu a reincorporação na amostra dos hotéis de alto padrão e o aumento real da diária de alguns hotéis de lazer que vêm sendo procurados por famílias da cidade. Essas famílias buscam alternativas de descanso em localizações próximas e acessíveis por carro, influenciando na ocupação nos finais de semana (57,85%) que tem sido maior do que a dos dias de semana (52,54%)”, concluiu.

A ABIH-BA possui hoje 280 associados, entre hotéis, pousadas e resorts.

 

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    CNC: volume de receitas do turismo brasileiro encolheu 36,6% em 2020

    Entretanto, segundo a CNC,, a expectativa da vacinação traz a projeção de um avanço de 18,8% Com as medidas restritivas impostas nos estados brasileiros, em...

    Porto de Galinhas lança campanha de incentivo para agentes de viagens

    Nesta quinta-feira (22), Porto de Galinhas lançará uma campanha de incentivo voltada para os agentes de viagens com intuito de ajudar os profissionais do...

    Viação Executiva é alternativa para viagens privadas

    Em momentos de pandemia, poder contar com aeronaves privadas é um privilégio, especialmente se essa possibilidade vem acompanhada de uma oferta de serviço que...

    Hotéis de Floripa personalizam roteiros com foco no turismo de natureza

    Com as mudanças de hábitos e comportamento dos turistas por causa da Covid 19, os destinos turísticos precisaram se adaptar às novas tendências e...

    United Airlines tem prejuízo de US$ 1,357 bi no 1º trimestre

    A United Airlines registrou prejuízo líquido de US$ 1,357 bilhão no primeiro trimestre de 2021, em resultado melhor do que o divulgado no mesmo...

    American Airlines suspende voos para a América do Sul

    A American Airlines anunciou na segunda-feira que reduzirá voos para alguns destinos na América do Sul porque a pandemia Covid-19 diminuiu a demanda. EDIÇÃO DO...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.