Brasil e Taiwan estreitam laços para avanço do turismo

Em reunião na sede Embratur, o presidente do Instituto e o Embaixador de Taiwan definiram ações para aumentar o fluxo de turistas entre os dois países. 

Redação do DIÁRIO com agências

O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, recebeu na última terça-feira (21) o embaixador de Taiwan Isaac M. H. Tsai. O encontro, que teve como objetivo discutir ações para aumentar o fluxo de turistas entre os dois países, também foi uma oportunidade para o compartilhamento de informações a respeito do setor turístico de cada mercado.

Na reunião, foi comentado pela representação diplomática taiwanesa que o Brasil é um dos únicos países do mundo que ainda exige visto de entrada para turistas norte-americanos. Em Taiwan, por exemplo, cidadãos estadunidenses não necessitam de visto para entrar no país, mesmo não havendo reciprocidade diplomática. A exigência do Brasil foi comentada pelo embaixador como uma barreira para o aumento do fluxo turístico tanto de norte-americanos quanto taiwaneses.

 

Taiwan tem se destacado cada vez mais no cenário econômico mundial, é um dos países do Pacífico que forma o bloco “Tigres Asiáticos”, recebendo cerca de 11 milhões de turistas internacionais ao ano e emitindo 13 milhões de turistas para o mundo. Cerca de 5 mil taiwaneses visitam o Brasil por ano, que gastam cerca de 15 mil dólares em suas viagens. A maior parte das visitas é motivada por negócios, sendo os principais destinos Foz do Iguaçu, Rio de Janeiro e São Paulo.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial