França vota certificado de vacinação e Itália torna vacina obrigatória

Deputados franceses votam a favor do certificado de vacinação

Edição DIÁRIO com agências

Conforme publicação no Euronews na quinta feira (6), os deputados franceses votaram o projeto de lei, que transforma o certificado de saúde obrigatório para todas as pessoas acima de 12 anos, para que tenham acesso as atividades de lazer em locais fechados, restaurantes, hotéis e transportes públicos.

A medida foi anunciada  no mês de dezembro pelo executivo, devido a propagação da pandemia de Covid-19, e aprovado agora por 214 votos a favor, 93 votos contra e 27 abstinências. O projeto de lei segue agora para o Senado, entrando em vigor assim que aprovada.

O país conta com mais de 332 mil novos casos diários e cinco milhões de pessoas ainda não se vacinaram, conforme noticiado pelo Euronews.

Já a Itália tornou a vacina obrigatória aos cidadãos residentes no país e estrangeiros, a partir dos cinquenta anos, a partir de 1 de fevereiro. Os que se recusarem a ser vacinados, estarão sujeito a serem multados.

PC

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial