Itália se deleita com a glória do futebol e espera que isso ajude a curar feridas nacionais

ROMA, 12 de julho (Reuters) – Após 18 meses de pandemia, a Itália se divertiu no paraíso do futebol nesta segunda-feira (12), depois que sua seleção trouxe de volta a Eurocopa pela primeira vez desde 1968, após a vitória sobre a Inglaterra em Londres.

Liderados pelo técnico Roberto Mancini, os jogadores pousaram em Roma logo após o amanhecer para encontrar muitos torcedores ainda festejavam no frio da madrugada, com o cheiro de fogos de artifício pairando nas ruas e bandeiras batendo nas janelas dos carros.

“Nós realmente precisávamos nos reunir novamente, para comemorar, para sermos felizes, para ter um momento compartilhado. Nós realmente precisávamos disso”, disse Sara Giudice, moradora de Roma.

A Itália foi o primeiro país ocidental a ser atacado pelo coronavírus no ano passado e registrou 127.775 mortes até agora, mais do que qualquer país europeu exceto a Grã-Bretanha.

“Você estava diante de nossos olhos. Você estava em nossos corações. A dor daqueles que sofreram. As dificuldades daqueles que ficaram de joelhos pela pandemia”, escreveu o veterano capitão Giorgio Chiellini no Twitter.

O time é conhecido simplesmente como Azzurri, a cor do azul profundo do céu que paira sobre a Itália durante todo o verão, unindo o país tanto quanto a paixão compartilhada pelo futebol.

- Advertisement -

“O futebol não é uma metáfora da vida, nem da política, mas a seleção sempre acaba se parecendo com a nação que representa. No mês passado, a seleção de Mancini nos lembrou que afinal ser italiano não é tão ruim”, disse o jornal Corriere della Sera. 

Uma banda de música desfilou pelas ruas da ilha de Lampedusa, no sul, os fãs remaram pelos canais de Veneza e uma procissão de carros buzinando passou pela mesma rua na cidade de Bergamo, onde no ano passado caminhões do exército fizeram fila para recolher os caixões de Vítimas de COVID.

Os aplausos chegaram de todos os lados, de políticos a padres, esperando que o sucesso no campo de futebol fosse uma mensagem mais ampla para um país que registrou sua pior recessão no ano passado desde a Segunda Guerra Mundial e agora está em busca de redenção.

“Por trás desta equipe está um país inteiro que nunca desiste, que nunca desiste, que sempre encontra uma nova energia para expressar coragem”, escreveu a associação de bispos católicos da Itália.

A federação de agricultores Coldiretti esperava que a economia recebesse um impulso semelhante ao de 2006, quando os azzurri venceram a Copa do Mundo. Na ocasião, as exportações aumentaram 10% no ano seguinte, enquanto 3,5% a mais de turistas visitaram o país com a marca nacional recebendo um impulso global, disse Coldiretti em comunicado.

“Se esta (vitória) permanecer uma bela memória em um momento sombrio ou se, em vez disso, se tornar um símbolo de renascimento, depende apenas de nós”, escreveu o Corriere della Sera.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Quer ir para a Irlanda? Escola oferece bolsas de estudo para celebrar a reabertura

    SEDA College está oferecendo descontos de 20% para brasileiros que querem estudar em Dublin, capital da Irlanda EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Os maus ventos parecem...

    Brasil é o 3º país que mais usa redes sociais no mundo (veja os infográficos!)

    O Brasil é o 3º país que mais usa redes sociais no mundo, com uma média de 3 horas e 42 minutos por dia....

    Roberto Bertino, CEO do grupo Nobile: “A hotelaria vive uma mutação”

    Fundador e presidente do grupo Nobile Hotels & Resorts, Roberto Bertino fala ao DIÁRIO sobre o início da sua jornada na hotelaria, aponta os...

    Embora remota, erupção de vulcão nas Ilhas Canárias, pode causar tsunami no Brasil

    O vulcão Cumbre Vieja, em La Palma - ilha que compõe o conjunto das Ilhas Canárias espanholas entrou em erupção na tarde deste domingo...

    Feira EBS 2021 confirma edição presencial e abre credenciamento

    Evento abre o calendário oficial do mercado de eventos corporativos com exposição, rodadas de negócio e congresso, nos dias 27 e 28 de outubro,...

    Sambaqui Catamarã é um dos atrativos de Barra do Cunhau, no Rio Grande do Norte

    Em Barra do Cunhau, Canguaretama, a cerca de 90km ao sul de Natal, o Catamarã Sambaqui desliza suavemente pelas águas tranquilas do Rio Cunhaú...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing