Ministério Público impugna eleição de Sonia Chami no Rio Convention & Visitors Bureau

Em sua decisão de efeito imediato, o Promotor de Justiça José Marinho Paulo Junior bloqueou as movimentações financeiras nas contas do Rio CVB; em nota, entidade se posiciona sobre manifestação do MP

POR REDAÇÃO

O Ministério Público afastou Sonia Chami da presidência do Conselho Curador, na categoria de Hoteleiros, do Rio Convention & Visitors Bureau (CVB).

Em sua decisão no dia 8 de setembro, o Promotor de Justiça José Marinho Paulo Junior também determinou o bloqueio financeiro da entidade representativa. O descumprimento irá se consumar em grave irregularidade.

De acordo com o MP, Sonia Chami usou o cargo de presidente executiva do Rio CVB para legislar em causa própria ao convocar reunião do conselho curador para anular a eleição legítima de Michael Nagy para a função de Curador da categoria Turismo.

- Advertisement -

Na assembleia, Sonia se considerou representante da categoria hoteleira apesar de ter sido derrotada nas eleições. “Considerando-se “curadora”, ela se candidatou à presidência do Conselho Curador, cargo do qual também foi afastada pelo Ministério Público”, diz em nota a assessoria de comunicação Arteiras Comunicação.

O MP determinou nova eleição para a presidência e vice-presidência do Conselho Curador. O Rio CVB tem 15 dias, a contar do dia 8 de setembro, para convocar nova eleição.

O Rio Convention & Visitors Bureau diz que foi notificado pelo Ministério Público sobre a impugnação do processo eleitoral que elegeu o novo representante da categoria “Hoteleiros” para compor o Conselho Curador da Fundação no biênio 2021/2023.

“A Fundação destaca que o Conselho Curador é composto por diversas categorias da cadeia produtiva da indústria do turismo. Todas tiveram eleição no mesmo período, seguindo as mesmas regras. O Rio Convention Bureau mantem dialogo frequente com o MP desde a sua constituição, sempre em busca de aplicar as melhores práticas de governança e compliance”, afirma o Rio CVB em nota oficial.

A entidade afirma que “a manifestação do Ministério Público está sendo avaliada pela área jurídica e todas as providencias serão devidamente tomadas para que a entidade atinja o seu pleno desenvolvimento e melhor atue para o fomento do turismo da Cidade do Rio de Janeiro”.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Quer ir para a Irlanda? Escola oferece bolsas de estudo para celebrar a reabertura

    SEDA College está oferecendo descontos de 20% para brasileiros que querem estudar em Dublin, capital da Irlanda EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Os maus ventos parecem...

    Brasil é o 3º país que mais usa redes sociais no mundo (veja os infográficos!)

    O Brasil é o 3º país que mais usa redes sociais no mundo, com uma média de 3 horas e 42 minutos por dia....

    Roberto Bertino, CEO do grupo Nobile: “A hotelaria vive uma mutação”

    Fundador e presidente do grupo Nobile Hotels & Resorts, Roberto Bertino fala ao DIÁRIO sobre o início da sua jornada na hotelaria, aponta os...

    Embora remota, erupção de vulcão nas Ilhas Canárias, pode causar tsunami no Brasil

    O vulcão Cumbre Vieja, em La Palma - ilha que compõe o conjunto das Ilhas Canárias espanholas entrou em erupção na tarde deste domingo...

    Feira EBS 2021 confirma edição presencial e abre credenciamento

    Evento abre o calendário oficial do mercado de eventos corporativos com exposição, rodadas de negócio e congresso, nos dias 27 e 28 de outubro,...

    Sambaqui Catamarã é um dos atrativos de Barra do Cunhau, no Rio Grande do Norte

    Em Barra do Cunhau, Canguaretama, a cerca de 90km ao sul de Natal, o Catamarã Sambaqui desliza suavemente pelas águas tranquilas do Rio Cunhaú...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing