Americanos vacinados já fazem reserva e voltam a viajar

Pessoas que foram “totalmente vacinadas” contra a covid-19 podem retomar as viagens sem se colocar em sério risco, desde que usem máscaras e tomem outras precauções, afirmou na última sexta-feira (2) o Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA. O anúncio marca uma moderação da CDC, que antes mantinha um postura geral contrária a viagens.

Agências Internacionais com EDIÇÃO DO DT


A mudança ocorre depois que novos estudos mostraram que as vacinas anticovid têm sido eficazes na redução do risco de infecções com ou sem sintomas nas condições do mundo real.

No mês passado o CDC relaxou algumas de suas diretrizes de segurança para indivíduos imunizados, mas manteve o alerta contra viagens desnecessárias. A diretora do CDC, Rochelle Walensky, implorou às pessoas que evitassem viagens não essenciais nas últimas semanas, citando aumentos no número de casos após períodos de férias quando houve um aumento nas viagens.

A postura do CDC não foi suficiente para conter o que as companhias aéreas descrevem como uma demanda reprimida por viagens. Os aeroportos estiveram movimentados durante o feriado de início da primavera, no fim de março nos EUA, com o volume de passageiros atingindo seus níveis mais altos em um ano.

Nas últimas semanas, segundo as companhias aéreas, a demanda por reservas crescia à medida que aumentava o ritmo das vacinações. Alguns executivos de companhias aéreas disseram que seus negócios domésticos de lazer estão praticamente de volta ao normal.

Walensky disse na sexta-feira que pessoas totalmente vacinadas não precisam fazer um teste covid-19 antes ou depois da viagem doméstica — e não precisam ficar em quarentena após o retorno. Os viajantes que foram totalmente vacinados também não precisam fazer o teste antes dos voos internacionais, a menos que isso seja exigido pelo destino, e eles não precisam mais ficar em quarentena quando retornarem aos EUA.

As pessoas ainda terão que apresentar teste negativo para covid-19 ou apresentar prova de recuperação de uma infecção recente antes de embarcar em qualquer voo internacional para os EUA. Esse requisito, estabelecido no início deste ano, se aplica a todos que voam para os EUA do exterior, incluindo aqueles que foram vacinados. Máscaras também são necessárias em quase todas os meios de transporte público, incluindo aviões, estando vacinado ou não.

 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial