Bourbon Atibaia Resort: retorno escalonado garante segurança a hóspedes e colaboradores

Quem chega ao Bourbon Atibaia Resort, no interior de São Paulo, tem a impressão que se aproxima de uma grande nave ancorada no alto de uma colina. Com a retomada das atividades e com os cuidados do hotel com seus protocolos de segurança, filmes de ficção científica vêm à mente, já que os hóspedes são recebidos por recepcionistas usando as máscaras tipo face shield.

Por Paulo Atzingen*


Reaberto ao público no início do mês de junho, após 75 dias com as portas fechadas, o resort segue todas as orientações do poder público e de seus órgãos competentes como o Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde (OMS) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As duas primeiras semanas  de retorno das atividades têm sido desafiadoras e de um grande aprendizado, explica o diretor regional da rede, José Ozanir.

Check’in com todos os protocolos exigidos (Crédito: DT)

“Após a elaboração do protocolo – desenvolvido por nós em parceria com a Hotel Consult – empreendemos treinamento intensivo para o nosso pessoal . Uma turma inicial de 80 colaboradores que será aos poucos acrescida, à medida que vamos nos adaptando ao novo normal”, informa Ozanir ao DIÁRIO.

Ozanir reforça que um vídeo de capacitação, que tem aproximadamente três horas, tem sido fundamental para criar um novo paradigma na cabeça dos colaboradores. “Esse vídeo de treinamento, que teve a participação de Marcelo Goeger, um epidemiologista que trabalha como coordenador no Hospital Albert Einstein, serviu para criar uma nova cultura de práticas e de relacionamento com o hóspede em tempos pós Covid-19”, acentua.

“No dia da abertura (5 de junho) estávamos com o nosso time todo pronto para receber os nossos primeiros 20 hóspedes. Naquele primeiro fim de semana chegamos a um pico de 100 pessoas no hotel”, quantifica o executivo.

Equipe de monitores Bourbon: devidamente paramentados (Crédito: Bourbon)

Escalonamento

Ozanir lembra que um decreto da prefeitura de Atibaia determina que todo empreendimento hoteleiro só poderá operar com até 30% de seus apartamentos. “Dos nossos 600 apartamentos, só poderemos trabalhar com 180. Estamos liberando os andares de forma alternada. No último fim de semana tivemos 16% de ocupação, garantindo toda a segurança necessária, tanto para o hóspede, quanto para o nosso funcionário”, afirma.

Motivação

Trabalhando com força mínima, mas com uma intensidade máxima, José Ozanir lembra que seus colaboradores retornaram muito motivados e comprometidos. “Posso dizer que quando tudo começou muitos aparentaram desânimo e até medo. E com alegria posso afirmar que conseguimos manter nosso quadro de funcionários intacto, sendo que ninguém foi demitido”, comemora Ozanir acrescentando que de um total de 590 funcionários – a grande maioria com salários garantidos pela MP 936 (pagamento proporcional) – , terá nesta semana 120 no front, trabalhando. “O retorno vai ser gradual, escalonada, de acordo com a demanda”, explica.

Cozinha Show: o hóspede pede e o prato é feito

Hóspede

Mesmo com 37 anos na hotelaria, José Ozanir adianta que tem se surpreendido com esses novos tempos pós- Covid-19. “Os hóspedes chegam meio apreensivos. Ainda no carro, têm sua temperatura medida. São recebidos por um funcionário que está todo paramentado. Ficam, no começo, surpresos, mas aos poucos, relaxam. Recebem um kit de álcool-gel e uma máscara, caso não tenham”.

O diretor completa que aos poucos o hóspede vai se soltando e compreendendo que os tempos são outros. “Na própria reserva, existe um link onde ele tem que ler e concordar com os protocolos de segurança sanitária e que terá que fazer a sua parte”, pondera.

Ozanir, durante a entrevista, por video-conferência

Buffet adaptado

Com mesas e cadeiras distantes umas das outras, com buffet adaptado e serviço personalizado, as famílias que se hospedam no Bourbon Resort Atibaia acabam relaxando com o tratamento vip em tempos de pandemia.

“Temos dois tipos de serviço na hora das refeições: a cozinha show, que permite o serviço personalizado e o hóspede não precisa tocar nos utensílios e nos pratos. O funcionário está com os alimentos expostos e o cliente escolhe. O funcionário monta o prato e entrega ao hóspede. O outro serviço são as porções individuais, saladas, sobremesas, todas fracionadas”, enumera.

Check’out.

Um outro detalhe na hospedagem segura é o check’out. O diretor explica que a saída do hotel agora se estendeu das 12 horas em diante. “Flexibilizamos o horário do check’out para evitar aglomeração. Ele avisa por telefone ou diretamente na recepção o horário que irá sair”.

Essa medida evita aquelas aglomerações tão comuns nos lobbies.

O check’out é com hora marcada para evitar as conhecidas aglomerações nos lobbies


Bourbon Atibaia Resort

EndereçoRod. Fernão Dias, Km 37,5 – Jardim Boa Vista, Atibaia – SP, 12954-904

—————————————————————————————————-
*Paulo Atzingn é jornalista
Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Theatro Municipal de São Paulo terá passeio virtual nesta quinta-feira (9)

Iniciativa da Secretaria Municipal de Turismo tem como foco promover atrativos turísticos e culturais durante a pandemia de coronavírus Agências municipais com EDIÇÃO DO DIÁRIO ------------------------------------------------------------------------------------------------- Toda...

Avianca Brasil pede falência

Por Marcelo Vianna* Após entrar em recuperação judicial em dezembro de 2018, a Avianca Brasil pediu falência na última sexta-feira (03.07) perante à 1ª Vara de...

OMS orienta que viajantes encarem pandemia de Covid-19 com seriedade

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu aos viajantes nesta terça-feira que usem máscaras em aviões e se mantenham informados, à...

7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação. Reuniões virtuais, lives, webinars e...

O golpe do motoboy e a responsabilidade dos bancos

O golpe do motoboy é uma fraude efetuada em que os golpistas se passam por funcionários do banco, e ligam para o cliente informando...

Celso Guelfi, CEO da Global Travel Assistance: “Temos mais futuro que passado”

De acordo com dados da recente pesquisa Criteo (NASDAQ: CRTO) - uma empresa global de tecnologia -  68% dos brasileiros estão ansiosos para viajar...

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias