CAIXA e SEBRAE ampliam acesso ao crédito a MEI, micro e pequenas empresas

Expectativa da CAIXA é injetar R$ 7,5 bilhões em linhas de crédito facilitado para o setor

A Caixa Econômica e o Sebrae assinaram nesta segunda-feira (20) um convênio com objetivo de facilitar o acesso ao crédito das micro e pequenas empresas, bem como microempreendedores individuais (MEI). Durante uma transmissão online, da qual o DIÁRIO participou, os presidentes da Caixa Econômica Pedro Guimarães, o presidente do Sebrae, Carlos Melles e e do assessor especial do ministro da Economia, Guilherme Afif Domingos.

REDAÇÃO DO DIÁRIO

A parceria faz parte do conjunto de medidas que vêm sendo implementadas pela Caixa e o governo federal para reduzir o impacto provocado pela crise do coronavírus sobre os pequenos negócios no Brasil.

Segundo o presidente da Caixa as linhas de crédito já existiam, “vamos apenas acelerar um movimento que já existia. Trata-se de um reforço da estratégia e faz parte de minha gestão, nosso foco”, disse.

Longo prazo 

Para Pedro o momento é de sensatez e de pensamento matemático e trabalhar com previsibilidade. “Não adianta dar o crédito e depois tirar o crédito; é importante criar uma operação de longo prazo, pois a s relações devem ter previsibilidade. Realizar o créditoe reforçar uma relação de longo prazo. É assim que a Caixa mantem sua estratégia”, disse.

A parceria com o Sebrae tem o objetivo de apoiar o setor que vem sofrendo com a pandemia. “A CAIXA, enquanto banco público, tem a missão de dedicar atenção especial a este cliente que gera tantos empregos no país. Através da parceria, o banco disponibilizará melhores condições de taxas, prazo e carência, de forma a atender a demanda por crédito desse setor tão importante para a economia”.

“A expectativa da CAIXA é injetar R$ 7,5 bilhões em linhas de crédito facilitado para o setor”, acrescentou o presidente.

Linhas disponíveis

A parceria utiliza as linhas de crédito disponibilizadas pela CAIXA e as garantias complementares serão concedidas pelo Sebrae por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Segundo o vice-presidente de Varejo do banco, Celso Leonardo Barbosa, “os empresários poderão contar com uma verdadeira plataforma de crédito assistido, prazo de carência de até 12 (doze) meses para começar a pagar e prazos flexíveis para pagamento”.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Pesquisa aponta que 61% das pessoas manterão hábitos da quarentena

Evitar aglomerações, intensificar boas práticas de higiene e comer melhor são alguns dos comportamentos adquiridos e que devem continuar EDIÇÃO DO DIÁRIO  A pandemia de COVID-19...

Complexo de Visitantes da NASA retoma aos poucos suas atrações

NASA Kennedy Space Center Visitor Complex , em Orlando, na Flórida, começou sua expansão de atrações para os visitantes a partir da última segunda-feira...

Os 5 Ps do Marketing no processo de reposicionamento do negócio

*Por Lúcio Oliveira “Toda companhia quer uma, mas poucas a têm: uma estratégia convincente”. Parafraseando Chan Kim, um dos autores da obra “A estratégia do...

Ministério do Turismo abre credenciamento de novos bancos para o Fungetur

Edital pode ser consultado na página do Fundo. Atualmente, 17 instituições financeiras ofertam crédito para o setor turístico EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências A partir desta...

Empresária fala das habilidades necessárias para a pós pandemia

Da Redação - Que tudo está e será diferente após essa pandemia passar não restam mais dúvidas. Habilidade para se relacionar com o novo...

Bofete, um nome que se levanta no cenário do ecoturismo brasileiro

15 ANOS DIÁRIOS - Publicado em 23 de outubro de 2017 O Brasil não conhece o Brasil, diz a música. O brasileiro menos ainda Por...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias