Considerações sobre o Turismo no Rio de Janeiro

O principal problema do Rio é a falta de uma política específica de turismo com metas pré-estabelecidas de crescimento e, sobretudo,  com um conjunto de ações promocionais

por Bayard Do Coutto Boiteux (com edição do DT)*

 

O Rio de Janeiro é sem dúvida alguma uma vitrine da divulgação do Brasil no exterior. Embora novos portões de entrada tenham sido abertos em território nacional e que muitos turistas se dirijam diretamente a outras cidades, devemos confessar que noticias negativas da “Cidade Maravilhosa”, veiculadas nos principais países emissores vão trazer ainda mais problemas para o turismo brasileiro e o receptivo no Rio.

O principal problema do Rio é a falta de uma politica especifica de turismo com metas pré-estabelecidas de crescimento e, sobretudo,  com um conjunto de ações promocionais. Falta promoção e talvez os recursos gastos pelo Bispo Crivella em suas viagens internacionais pudessem ser melhor dimensionados e utilizados pela Riotur na venda do Rio. Com a concorrência cada vez maior de destinos que se vendem por belezas naturais e população hospitaleira, é necessário estar presente nos grandes eventos internacionais e com ações de famtours e com os correspondentes estrangeiros aqui no Rio.

Não adianta a organização positiva do Reveillon e do Carnaval  no Sambódromo, se a cidade vive um caos por causa da violência urbana, em áreas turísticas e a completa falta de estrutura dos blocos que foram crescendo, sem a devida atenção do Poder Público, para a implementação de apoio logístico. Além de incomodar os moradores das áreas onde desfilam, que ficam presos em suas casas, destroem parte da cidade….O período pós carnaval é um momento único para analisar o próximo, reduzindo blocos, os situando em áreas geográficas mais adequadas e sobretudo avaliando que carnavais fora de época, como pretendem no Rio, no entorno do Parque Olímpico não são a solução para a sazonalidade. Aliás, o calendário intempestivo criado não trouxe resultados até o presente momento.

O perfil do turista que nos visita vem mudando: estamos perdendo europeus e norte-americanos, que são qualitativos no sentido do gasto  médio, per capita e recebendo sul americanos que gastam bem menos….Na verdade, quem nos salvou no Carnaval foram os brasileiros, que ajudaram a ocupação hoteleira. O Turismo receptivo, com raras exceções, vive uma crise impar e a tendência é mais operadoras fecharem suas portas. O trade não tem se posicionado e exigido mudanças drásticas, o que é ruim para um desenvolvimento efetivo da atividade.

Na verdade, quem nos salvou no Carnaval foram os brasileiros, que ajudaram a ocupação hoteleira

Temos bons exemplos de planos de turismo aqui desenvolvidos como  o Plano Maravilha ou ainda a revisão do mesmo por Medina, quando secretário de Turismo do Rio. Talvez fosse o momento de criar um grande brainstorming com as lideranças, associações de moradores e faculdades ,tentando traçar um plano de trabalho. Vamos aproveitar a presença dos consulados aqui no Rio e tentar entender exemplos de sucesso, que tragam benchmarketing. Falta pensar o turismo de forma acadêmica com visão empresarial. Os cargos em comissão não podem continuar sendo preenchidos por cabos eleitorais ou, pior ainda, por simpatizantes religiosos.

Não podemos , de maneira nenhuma, deixar o Rio como está. Moramos aqui, trabalhamos aqui e temos um compromisso com o Turismo. Vamos exigir mudanças para nossa  sobrevivência e profissionais capacitados na condução dos rumos do Turismo. A intervenção federal não é positiva para a imagem institucional do Rio, mas tomara que traga resultados positivos para os moradores a curto prazo e permita uma revisão da segurança turística. Sugiro a criação de um Batalhão de policiamento turístico com maior contingente e atendendo a cidade como um todo e também o Estado, como foi originalmente criado. E que os processos de capacitação turística dos policiais sejam retomados com cursos de media duração  e incentivos reais.

Somos cariocas, amamos o Rio e ele é nossa razão de ser, apesar das incongruências geradas por uma gestão ineficaz… Vamos lutar sempre e buscar um consenso   para uma retomada urgente….

*Bayard Do Coutto Boiteux é vice-presidente executivo da Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ e presidente do Portal Consultoria em Turismo.(www.bayardboiteux.com.br)

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Bolsa qualificação beneficia turismo de Foz do Iguaçu e preserva 4,5 mil empregos

Foz do Iguaçu vem adotando diversas medidas para preservar empregos e amenizar o impacto social provocado pela pandemia no novo coronavírus (Covid-19). Uma delas...

Portugal recebe o Selo ‘Safe Travels’ do World Travel & Tourism Council

Este selo visa reconhecer destinos que cumprem protocolos de saúde e higiene alinhados com os Protocolos de Viagens Seguras emanados pelo WTTC, ajudando, sobretudo,...

Os  Embaixadores do Rio e a retomada do turismo fluminense

Bayard Do Coutto Boiteux*O Rio  de Janeiro com a pandemia causada pelo Covid-19 passa o pior momento de sua história turística nas últimas décadas....

Prefeito de São Sebastião oficializa Área de Proteção Ambiental Baleia Sahy

Nesta sexta-feira (5), o prefeito do município de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou o decreto que regulamenta o Plano de Manejo da Área de...

União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho

A União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho e começará a suspender as restrições a viagens fora do bloco...

Accor amplia programa Plant for the Planet agora para a Colômbia

Para reforçar seu objetivo com a preservação ambiental e preocupação com os insumos que utiliza em seus hotéis, a Accor anuncia no Dia Internacional...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias