André Sabá, do Hotel Gestão da Emoção: “temos hóspedes e não pacientes”

Não falamos muito de psiquiatria por aqui porque nosso foco são as psicoterapias (atendimento com psicólogos) e não o uso de medicamentos nos hospedados”

REDAÇÃO do DIÁRIO

Com um modelo desenvolvido pelo escritor, conferencista e psiquiatra Augusto Cury, o hotel Gestão da Emoção, localizado na região rural de Colina, interior de São Paulo, recebe um hóspede diferente dos que nos conhecemos tradicionalmente. Seus visitantes são pessoas especiais, dependentes de álcool e drogas e desejam mudar de vida voluntariamente.

O responsável pela reabilitação desses hóspedes é o psicólogo André Saba, que possui mais de 10 anos de experiência na área de tratamento à usuários de drogas químicas e álcool. “Fomos muito cuidadosos ao nomear este serviço. Preferimos, pelo tipo de estrutura e profissionais envolvidos, dar o nome de Hotel, ao invés de clínica”, afirma o médico.

O psicólogo atendeu o DIÁRIO e falou desse experimento que existe há 5 anos e localiza-se a 400 quilômetros de São Paulo. Acompanhe:

DIÁRIO –  Como surgiu a ideia de um hotel para dependentes psicotrópicos, (álcool e  drogas)? Como ele atua?

ANDRÉ SABA: Não falamos muito de psiquiatria por aqui porque nosso foco são as psicoterapias (atendimento com psicólogos) e não o uso de medicamentos nos hospedados. Colocamos o nome de hotel porque a palavra “clínica” assusta muito as pessoas, já que é comum vermos alguns usuários de drogas sendo internados involuntariamente em clínicas. Por outro lado, ao ser tratado como hóspede, o indivíduo se sente mais confortável. Não utilizamos o termo “paciente”.

Diário: O doutor Augusto Cury foi o mentor?

ANDRÉ SABA: A iniciativa vem da ideia do Augusto Cury. A frase  ‘Gestão da Emoção’ é até patenteada por ele. Sua ideia é a de trabalhar com os pensamentos, mente e o próprio controle do indivíduo. Todas essas vertentes serão usadas no tratamento das pessoas daqui, justamente por isso, nosso processo pretende não envolver o uso de remédios, a não ser, é claro, que o indivíduo necessite do uso.

Nós temos um material exclusivo desenvolvido pelo doutor Augusto Cury. Cada hóspede recebe uma apostila para poder estudar

DIÁRIO – Qual é a dinâmica utilizada?

ANDRÉ SABA: Nós temos um material exclusivo desenvolvido pelo doutor Augusto Cury. Cada hóspede recebe uma apostila para poder estudar.
Mostramos através do gerenciamento de emoções e pensamentos que é necessário retomar a independência de si, aprendendo a lidar com suas frustrações, pois o dependente de drogas tem muita dificuldade com esse tipo de situação.

DIÁRIO: Esse “resgate do eu acontece de que maneira?

ANDRÉ SABA: O resgate do eu parte da premissa de que a pessoa precisa recuperar o domínio da sua vida, coisa que o álcool e as drogas tiram de você. Portanto, ensinamos a ela como tirar o melhor de si em qualquer tipo de ocorrência, fazendo com que ela resgate esse eu, e que tem de melhor.

DIÁRIO: O doutor  Cury entrou como mentor e o senhor com a parte estrutural?

ANDRÉ SABA: Exatamente. Na realidade, esse hotel é o que ele gostaria de fazer. Ele já tem um trabalho no ramo da pesquisa com dependência química lançada há quatro anos – o livro Mente Livre, Emoção Saudável -, o qual ele abriu mão dos direitos autorais para ajudar a todas as comunidades terapêuticas do país. Com isso, sendo essa sua grande pesquisa, ele tinha o sonho de abrir uma clínica em uma cidade natal, Colina, na qual já residiu por mais de 20 anos. Dessa forma, ele cedeu sua casa de campo para a criação do hotel após se mudar.

Com relação à pergunta em específico, a metodologia é toda do Dr. Cury e a prática é toda minha. Juntamos nossas forças e essa parceria está dando certo há cinco anos.

DIÁRIO: O local foi adaptado de que forma? Quantos hóspedes vocês podem atender?

ANDRÉ SABA: A casa tem oito suítes, nas quais colocamos duas pessoas em cada uma. Apenas em numa dessas suítes nós colocamos três camas, pois a maioria dos quartos tem duas camas. A pessoa pode optar, com base financeira, se ela deseja ficar num quarto duplo ou sozinha. Temos tido muita procura nos últimos meses. Por conseguinte, vale ressaltar que é um hotel de alto padrão.

SERVIÇO:

www.hotelgestaodaemocao.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Thomas Dubaere, CEO da Accor Hotels na América do Sul: “Vemos uma luz no fim do túnel”

    Accor divulga balanço do primeiro ano de pandemia e revela as projeções para o futuro da hospitalidade na América do Sul   POR ZAQUEU RODRIGUES especial...

    Endurecimento da quarentena: quais as alternativas de empregadores e empregados?

    O aumento expressivo de casos de Covid-19 nos últimos dias está resultando novas medidas drásticas de endurecimento da quarentena, mas a vida de empregadores...

    Companhias aéreas queimam reservas e recuperação só deve ocorrer em 2022, segundo IATA

    Segundo a mais recente análise divulgada pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association), as companhias aéreas devem continuar com...

    Fenavinho lança documentário sobre produção do ‘Vinho da Corte’ (Assista!)

    O processo que leva à elaboração de vinhos de qualidade superior passa por uma série de etapas - por vezes, desconhecidas do público. Para...

    Roberto Silva, CEO da SanchatTour: “A Copa Airlines está salvando todo o Caribe”

    Roberto Silva tem praticado a resiliência. Seja na maneira que tem reorganizado sua operadora de turismo no centro de São Paulo, cortando gastos, investindo...

    Segundo motor do Boeing 777 explode. Veja lista de companhias aéreas que utilizam o modelo

    Dois incidentes de motor na United Airlines, ambos no B777, ambos em voos para o Havaí, nenhum acidente, mas... EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências internacionais Os...

    Relacionadas

    Open chat