Eventos da Prefeitura: separando o joio do trigo; o que é de responsabilidade da Sectur?

por EDUARDO MIELKE*

Quem já teve a experiência de trabalhar em uma SECTUR sabe que os eventos da Cidade são a “menina dos olhos” de muitos Prefeitos. Mas, também sabe que é um verdadeiro balcão de pedidos de ajuda para muitas iniciativas, que vêem e buscam na secretaria, uma possível fonte de recursos para viabilização de suas ideias. Boas ou não…

Mas, é preciso separar o joio do trigo, não é mesmo? Não dá para fazer tudo, ainda mais em épocas de vacas magérrimas. Logo, aqui vão algumas orientações de como tratar o tema tanto de forma institucional, operacional e, sobretudo, política. O objetivo aqui é otimizar a SECTUR organizando a bagunça….literalmente…

Ah! Seja bem vindo ao Blog de Capacitação gestão & Política de Turismo no Município, se esta é a sua primeira vez. Se já acessou outros textos, obrigado mais uma vez pela confiança. Se gostou, compartilhe e curta. Toda semana tem um novo texto!

Para facilitar vamos categorizar em dois grupos…

GRUPO DE EVENTOS DA PREFEITURA, COMO CARNAVAL, ANO NOVO…são aqueles populares,  controlados pelo Prefeito, cuja verba e o controle não necessariamente vem somente do turismo. Para estes, recomendo fortemente que você crie, dentro do guarda-chuva da Sec. de Governo, um NÚCLEO DE EVENTOS. Tal grupo demanda muita energia e por si só, já envolve diversas secretarias. A ideia é trazer politicamente mais da própria estrutura da Prefeitura, sem sacrificar o pouco pessoal disponível do Turismo. Na verdade otimizando naquilo que compete o turismo. Assim, as decisões saem mais rápidas, e a própria SECTUR terá mais tempo e foco para fazer o que é realmente o seu trabalho. Inclusive eventos menores como inaugurações da Creche, Eventos Culturais de todos os tipos, quermesses, Festa Agropecuária, apoio da Festa da Padroeira….devem ficar sob gestão do Núcleo. 

GRUPO DE EVENTOS COMERCIAIS ESTRATÉGICOS em termos de sustentação da Marca da Cidade e na linha do MICE. Estes devem ficar na alçada da SECTUR. Os resultados destes eventos devem ser pauta de COMTUR. Bem, por se tratarem de iniciativas privadas, tenha o cuidado de tratá-las como tal. Isso significa que se alguma demanda para “ajudar$” o  evento aparecer, imediatamente articule uma reunião ou com o C&VB da sua Cidade ou com a Associação Comercial ou entidade equivalente que tenha alguma representação do trade local.  A ideia fundamental aqui é não jogar sozinho. Aproveite que essas oportunidades estão batendo (literalmente) na sua porta e aproxime o pessoal do trade tanto institucionalmente, como também politicamente. Assim, o mercado local verá a SECTUR como parceiro, pois a secretaria estará dividindo responsabilidades e louros. E de quebra, você pode oferecer ao demandante algo mais valioso do que recurso. Você estará oferecendo a cidade…e o que ela tem de mais precioso: Sua cultura, atrativos e negócios. Ganha-ganha-ganha: Cooperar para Competir. Pense nisso. 

Política de Turismo no Município eficiente é deixar claro o papel de cada um com relação a cada um dos GRUPOS DE EVENTOS.

Dúvidas, esclarecimentos? Escreva. Curta a fanpage @politicadeturismo

Obrigado pela confiança.

Para quem não me conhece, meu nome é Eduardo Mielke. Meu trabalho é auxiliar Governos na busca por  processos cooperativos que resultem numa melhor articulação entre ele, Terceiro Setor e o Empresariado. O resultado e o que importa mesmo, é a geração de emprego e renda local. O resto é conversa fiada.

Palestras, Workshops e treinamentos? Escreva para emielke@kau.edu.sa

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Efeitos da pandemia: o fim dos blocos comerciais e início de acordos bilaterais

Por Carlo Barbieri*O mercado globalizado como o conhecemos hoje, já está em plena mudança devido à pandemia. Teremos um realinhamento na estrutura comercial do...

Pedidos de recuperação judicial aumentam depois da Covid-19

O último levantamento da Boa Vista, divulgado no início deste mês, registra alta em maio de 68,6% no número de pedidos de recuperação judicial...

Fronteiras terrestres entre Espanha, Portugal e França abrem em 22 de junho

MADRI (Reuters) - A Ministra da Indústria e do Turismo espanhola, Reyes Maroto, disse nesta quinta-feira que todas as restrições a cruzamentos nas fronteiras...

Donald Trump ameaça barrar voos de empresas aéreas chinesas

O governo Donald Trump ameaçou ontem impedir as companhias aéreas chinesas de voar de e para os EUA a partir do próximo dia 16,...

Será só daqui a 500 anos? – artigo de Jorge Salim*

O verbo 'Ser' indica estado permanente. E saindo do momento presente, o verbo poderá ser o futuro do presente, 'será'. Pois então vamos seguir o...

Hotéis Xcaret tem agora Diana Pomar em sua representação no Brasil

Com previsão de reativar suas operações na segunda-feira (15 de junho) com a reabertura do Parque Xcaret e Hotel Xcaret México, o grupo Xcaret...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias