França entra em “alerta máximo” e terá toque de recolher contra a Covid-19

O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta quarta-feira que Paris e outras grandes cidades do país terão que respeitar um toque de recolher para conter o ressurgimento da covid-19. A medida passa a valer a partir do sábado e ficará em vigor por quatro semanas.

Em discurso à nação, Macron afirmou que todas as cidades em “alerta máximo” para a covid-19 terão um toque de recolher, que começará às 21h e permanecerá até 6h. A medida afeta Paris, Lille, Lyon, Toulouse e outros municípios com altos índices de transmissão da doença. Quem desrespeitar as regras será multado em 135 euros.

“Estamos em um estágio em que precisamos reagir”, disse o presidente francês ao anunciar as novas medidas.

Macron descartou decretar um novo confinamento nacional, como o adotado durante a primeira onda de casos da doença, mas afirmou que a situação da epidemia no país é preocupante. Segundo ele, um “lockdown” seria desproporcional, assim como restringir as viagens dentro da França, que continuam permitidas.

Nesta quarta, a França declarou estado de emergência sanitária por causa do ressurgimento da covid-19, uma medida que dá ao governo mais poderes para impor restrições para conter a disseminação da doença.

“Tendo em vista sua propagação no território nacional, a epidemia de covid-19 constitui um desastre sanitário que põe em perigo, pela sua natureza e gravidade, a saúde da população. E justifica que o estado de emergência sanitária seja declarado de forma que possam ser tomadas medidas estritamente proporcionais aos riscos para saúde e adequada às circunstâncias de tempo e lugar”, diz a nota.

Nas últimas 24 horas, mais 22.591 novos casos da doença foram confirmados em todo país, segundo o Ministério da Saúde. Também nas últimas 24 horas, a França registrou um aumento no número de pessoas internadas em unidades de terapia intensiva (UTI). Segundo dados do governo, 1.633 dos cerca de 5 mil leitos de UTI do país estão atualmente ocupados. A situação é especialmente crítica em Paris.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais recentes

    Mais de 1 milhão de pessoas viajarão pelo país durante feriado de Finados

    O final de semana prolongado, em decorrência do Dia de Finados, na próxima segunda-feira (02 de novembro), deve movimentar mais de um milhão de...

    Canela (RS) ganha um Novotel em 2023

    A Accor acaba de anunciar que assinou mais um contrato, desta vez, com a CommandInvest - Incorporadora e Construtora, para a abertura de uma...

    Líderes hoteleiros debatem futuro do segmento e processo incerto da retomada

    Os dois dias da Edição Especial do Conotel que aconteceu de maneira híbrida, direto dos estúdios da Hoffmann, em São Paulo, reuniram cerca de...

    Turistas são presos em Noronha por falsificarem exames da Covid-19

    Na noite de quinta-feira (29), quatro turistas de Araguaína, no Tocantins, foram presos pela Polícia Civil em Fernando de Noronha por falsificarem exames da...

    Justiça Federal concede liminar que proíbe interrupção de viagens da Buser em SP e Rio

    A juíza Rosana Ferri, da 2ª Vara Cível Federal de São Paulo, acatou nesta quarta-feira (28) mandado de segurança protocolado pela empresa de fretamento...

    Aeroporto de Berlin-Brandenburg será inaugurado neste sábado (31)

    O aeroporto Berlin Brandenburg “Willy Brandt“ (IATA-Code BER) será inaugurado neste sábado (31). Como o hub de aviação mais moderno da Europa, o aeroporto...

    Relacionadas

    Open chat